Lindo, Leve e Pleno

A Banda Maneva lança o sensível “Lindo, Leve e Pleno”, que deixa nossa alma flutuar. Incrível!

A canção do novo EP “O Cabeça de Folha” ganhou um clipe em animação que mostra a descoberta do poder da música por uma criaturinha muito fofa, o Cabeça de Folha. A direção é de Tales de Polli.

O mais legal é que o video terá continuação, uma vez que o Maneva chega com um projeto inédito. O EP forma uma série de animação, onde cada uma das 6 canções é um episódio que mostra cada um, os sentimentos e vivências do personagem principal. Sensacional essa ideia.

“A ideia surgiu através de um grafite feito pelo artista André Mogle em uma das paredes do nosso estúdio. Me questionei muito sobre o desenho, já que era um personagem com folhas na cabeça. Nada nasce com folhas. Até chegar esse momento, as plantas passam por um processo de crescimento e evolução. Na vida da gente também é assim”, conta o vocalista Tales.

O projeto teve produção pela própria banda e direção de Tales de Polli, Mariana Rms e Otávio Tersi.

Vitão – Lançamento do Álbum “Ouro”

Texto e Fotos de André Rossanez

Nesta Quinta, dia 16, um dia antes do lançamento do álbum “Ouro”, Vitão recebeu a impressão e convidados para a coletiva de imprensa de lançamento pela Universal Music e um pocket show incrível.

O Portal Me Gusta teve o privilégio de participar deste evento em São Paulo no Layback Park e vai contar tudo que ele contou na coletiva e como foi a apresentação com as novas canções e alguns hits já conhecidos.

Coletiva de Imprensa

. Evolução da primeira música até hoje

“Acho que hoje eu sou muito mais convicto do que realmente eu sou musicalmente artisticamente. Hoje realmente sei que artista que eu sou. Na minha primeira música era uma parada, claro que era eu, talvez não tão convicto. Eu não tinha certeza exatamente do que eu realmente queria ser, da imagem que eu queria ter e o que eu queria passar exatamente para as pessoas. Hoje em dia eu tenho essa noção e ouvindo o disco já dá para ter essa convicção, de que já é uma parada mais madura, mais sólida. Adquiri isso com o tempo de estrada, com shows, passando pelas cidades, o tempo em estúdio e fui conhecendo muitos artistas. E isso traz uma bagagem pra gente, fazendo a gente se auto conhecer de uma forma que é importante e necessária para fazer um disco, tá ligado? Acho que é isso. Hoje eu tenho muito mais certeza do que realmente sou, como quero ser apresentado e que artista eu quero ser “.

– Escolha de repertório do disco “Ouro”

“Algumas músicas do disco são músicas que fiz anteriormente, não com a convicção de que iam pro disco e algumas foram já feitas pensadas pra irem pro disco, tá ligado? Tem músicas que eu fiz mais para o segundo semestre do ano passado, que foi a época mais que a gente tava realmente fechando o disco e com data de lançamento. Mais ou menos metade do disco, foram as músicas que foram para o estúdio na última semana e que a gente falou ‘tem que sair, se não fodeu’ e outras músicas como “Tratamento Perfeito”, que é a segunda do disco, o feat com o Hodari. Foi a música que a gente fez no Carnaval do ano passado. Ele me mandou uma guia com a voz dele e eu acabei escrevendo em cima. Era para ser uma parada dele, para o disco dele. Aí chorei para ele, pedi a música e ele me deu a música que pus no disco. Algumas coisas já foram pensadas pro disco e algumas outras foram pensadas depois”.

– Participações Especiais

“Eu decidi colocar nesse disco as pessoas mais próximas, minhas amigas. Pessoas muito especiais. Nesse disco só tem as participações que realmente não poderiam faltar”.

Day e Vitão no Pocket Show

“A Day é uma artista maravilhosa. Além de ser una artista incrível, é uma compositora incrível, uma cantora incrível e é muito minha amiga. A gente ficou muito amigo desde que a gente se conheceu e comecei a compor para ela e a gente compôs juntos, escrevi pro EP dela. Ela tá junto na composição de “Complicado”, que é o feat com Anitta. “Maturidade”, a música que ela tá junto, a gente escreveu junto no violão e foi depois que tivemos a ideia de colocar no disco”.

“O Hodari também é muito meu amigo e é meu tatuador também, ele que fez essa que é a do meu disco. Ele que desenhou o logo, fez a mão”.

Hodari e Vitão no Pocket Show

“O Luccas também é um cara que sempre fui muito fã e depois que conheci fiquei mais ainda. Ele é uma pessoa maravilhosa, uma pessoa que estendeu a mão para mim no começo de tudo, no começo da minha carreira quando eu tinha relevância zero, praticamente na música e ele já era um artista conhecido. A gente escreveu “Embrasa” que foi a segunda música que lancei. Ele me estendeu a mão e eu não tinha nome nenhum na cena musical brasileira. E ele acreditou independente de qualquer coisa. Foi muito especial para mim e ele é muito meu amigo. Tem o Gaab que também é uma pessoa maravilhosa, uma pessoa engraçada para caralho e que amo tá perto e que sempre fui também muito fã. Ele é um compositor incrível. Tem Anitta e Feid que estão nas músicas que já tinham sido lançadas. O Feid é super meu amigo e a Anitta também é maravilhosa e uma pessoa muito especial para mim. E o Rael é um artista que eu me inspirei quando comecei a compor e cantar. Ele era minha inspiração master, tá ligado? Durante uma época quando eu era mais novo, eu escrevi umas paradas e mostrava para as pessoas e elas falavam ‘tá igual ao Rael, muda isso aí’. E hoje no primeiro disco tenho a participação de um artista como ele, que além de eu ser muito fã, é um artista com muita relevância nacional que já fez muito pra nossa música e nossa arte. É uma honra ter cada uma dessas pessoas, é inexorável. E o melhor de tudo é que eles são muito meus amigos, são pessoas próximas que conheço e que acredito muito”.

– Dá tranquilidade ou mais nervoso, lançar um álbum depois de ser conhecido e não ao contrário?

“Acho que me dá mais tranquilidade, porque eu já meio que fiz uma introdução de quem sou eu. O ano passado foi meio um ano de introdução de quem eu sou, do que eu falo, qual o meu papo, o que quero trazer, qual o meu estilo, como me comporto, qual minha imagem e minha voz. O ano passado foi a apresentação pras pessoas de quem sou, de quem é o Vitão, o Vitor, seja lá como for. Acho que agora é um segundo momento talvez, um segundo degrau e dá tranquilidade, porque eu já adquiri o carinho de muita gente, tá ligado? De muito fã clube, muito fã, muita gente que me para na rua e diz que me ama e que chora. Sei que essas pessoas vão ouvir esse disco que é uma parada que fiz com muita verdade, e vão enxergar essa verdade. Acho que já me deixa mais tranquilo do que se eu tivesse começando do zero e com um disco logo de cara”.

– A Capa do álbum “Ouro”

“A história dessa capa é engraçada. No dia que a gente foi produzir a capa a foto era outra, o conceito era outro. Uma parada super iluminadora, tinha objetos de ouro atrás e uma caveira dourada, um monte de coisa assim. E eu não tava curtindo muito as fotos. Aí ele falou ‘pô tu tira a camiseta, vamos fazer umas fotos sem camisa’ e aí comecei a fazer e tinha uma luz de cada lado e eu ficava no meio sem camisa e ficava com clarão, assim. Aí em uma das fotos o refletor de um dos lados pifou e não acendeu, só a outra e eles nem tinham me mandado essa foto na primeira leva e eu falei ‘pô, manda aquela foto, que eu quero olhar ela’ e aí no que eles me mandaram, eu falei ‘é essa, o erro deu certo a a foto é essa’. Eu também não tinha gostado das outras e essa eu bati o olho e falei ‘é isso’. E também era a única foto com a mão no peito, uma parada de estar com a mão no coração, de ser uma parada de coração, de amor e de sentimento que mexe muito comigo pelo menos. Meu coração. Fez todo sentido eu estar com a mão no peito. E ter só essa luz de um lado e a outra ter falhado, acabou dando a foto perfeita”.

. Escolha do nome “Ouro”

“O nome “Ouro” tem algumas histórias. Uma delas é que a equipe inteira que trabalha comigo me chama de Gold, porque ia rolar um acampamento de composição, artistas e compositores da Universal (Music) do mundo inteiro mundo e em um dos jantares de confraternização que só tinha um gringo, Marcelo tem um dos meus empresários falava ‘because Vitão is my Gold’ E aí todo mundo deu risada e achou engraçado e a galera da Head Media, meu escritório, começou a me chamar assim na brincadeira e quando vi todo mundo tava me chamando assim. Ná época que a gente estava decidindo o nome do disco, tava todo mundo pensando e alguém falou ‘coloca Gold’. Faria até sentido, mas não tanto, porque é um nome em inglês e no disco trago ritmos brasileiros, trago a essência do Brasil a ideia do disco é realmente trazer o Brasil. Aí o Danilo, que é um dos produtores falou ‘vamos colocar Ouro, então’ e me acendeu uma luz e na hora decidi, não pensei mais em nenhum outro nome. Caiu perfeito. Depois vi que tinha que ser esse nome mesmo. Ouro é uma parada muito valiosa, muito brilhante e de muito valor, tudo que essse disco é para mim. É uma parada muito verdadeira e que fala de coisas que aconteceram na minha vida, uma parada muito brilhante e verdadeira como o ouro. E tem o sentido que depois que enxerguei, que é a parada do Ouro ser elemento do Sol, que é o elemento regente do meu signo de Leão, que é uma parada que tenho muita ligação”.

. Single “Um Pouco De Você” e o clipe

“É uma das músicas que eu fiz na semana de composição para o álbum mesmo. Acho que foi a primeira música que saiu nessa semana e logo de cara, eu tive certeza. A galera do escritório e da gravadora até tentou mudar uma época, porque essa talvez fosse a música errada e tiveram alguns impecilhos, mas eu fiquei firme nessa decisão e disse ‘essa, essa, essa’, porque acho que é a melhor música e e a que mais representa o disco musicalmente, que representa o que quero falar e o que quero mostrar com o disco. É a música perfeita para ser o primeiro single. A gravação do clipe foi super divertida. A gente foi para o Rio que é um lugar maravilhoso, um dos lugares que mais gosto do Brasil. Gosto do ambiente de lá, pelas pessoas, a natureza, o ar. É muito gostoso. A gente gravou com o Bernardo, que é no clipe o Vitinho. O Bernardo é um menino parecido comigo; moreninho, com cabelo cacheado compridão e eu conheci ele no Rio num show que ele apareceu igualzinho a mim. Eu tava com cabelo trançado e ele apareceu com o cabelo trançadinho e com um brinco igualzinho ao meu e com uma camisa abertona e falei ‘caramba você é igual a mim’ e ele começou a conversar comigo e me contou que era super meu fã e começou a aparecer em vários outros shows. Viramos amigos e ele começou a conhecer o pessoal da minha equipe e quando a gente começou a pensar na ideia do clipe, veio essa ideia de fazer o Vitão e o Vitinho e foi super divertido, super gostoso. E acho que o Rio é o lugar que mais representa o Brasil, pelo Cristo, Pão de Açúcar, as praias, o sol e é uma lugar que tem muita representatividade. A pessoa bate o olho e já sabe que é o Brasil”.

– Formato Físico de “Ouro”

“A quem fez a primeira leva agora de vinil do disco ‘Ouro’, mas que a gravadora fez só para influenciadores para o lançamento. Mas depois a gente vai fazer uma segunda leva para vender e que vai vender para todo mundo e vender em shows. A gente vai tentar reviver essa parada do disco de LP. Vamos fazer sim, para vender.

O Pocket Show

Após a imprensa conversar com Vitão, foi a hora de todos nós e convidados assistirmos ao pocket show com as principais canções do novo álbum e alguns hits anteriores.

Nem a chuva foi capaz desanimar o cantor e o seu público. Recebido com muito grito, Vitão abriu a apresentação com o primeiro single “Um Pouco De Você”, que já mostrou que é uma das faixas queridinhas da galera.

E é claro que os sucessos “Café” e e “Embrasa”, que marcaram a carreira do artista não poderiam ficar de fora dessa noite animada, mesmo não estando na track do disco. Não teve quem não cantasse com ele, como se não houvesse o amanhã.

A galera também foi ao delírio com a participação no pocket da mega talentosa Day, na faixa “Maturidade”. Podemos ver de perto como esta canção tem força e será um grande hit. Outra música que levantou a galera foi a canção “Saudade” que é simplesmente incrível.

Hodari também participou da apresentação com toda sua simpatia e seu talento na faixa “Tratamento Perfeito”. Foi muito bonito sentir exalar a cumplicidade e a amizade dos dois artistas. E todo mundo cantou junto com o single “Complicado” que originalmente foi gravado pelo cantor ao lado de Anitta. Foi lindo ver a troca de energia entre artistas e público.

Para finalizar, Vitão chamou ao palco o cantor Gaab te emprestou todo seu gogó para “Alô”, uma canção envolvente e com letra muito bem escrita. Não teve como não lembrar de Luccas Carlos, que gravou a faixa com os dois no álbum e que não pode estar na apresentação.

Uma das coisas mais legais do show do Vitão é a troca entre ele e todos que o estão assistindo. Sua Música une todo mundo e toca o coração de quem ouve, além de trazer muita alegria.

Vitão além de carismático, canta muito bem e o mais incrível é que ele consegue cantar versos bem rápidos sem perder o fôlego e afinação.

Nesse pocket show consegui constatar que o álbum “Ouro” será um grande sucesso e levará o nome do cantor muito mais além. Vitão simplesmente arrasa!

What A Man Gotta Do

Os Jonas Brothers chegam com tudo em “What A Man Gotta Do”, um single incrivelmente delicioso.

A nova canção ganhou um clipe dirigido por Joseph Kahn (o mesmo de “Toxic” de Britney Spears) e participação do ator ícone dos anos 1980, Matthew Modine. A produção se inspira no filme Grease e mostra os irmãos tocando em uma competição de dança.

O mais bacana é que no vídeo, cada um dos garotos tem sua própria esposa como par romântico. E é lindo ver cada casal e sentir o amor e a química entre eles.

Essa é a primeira canção do trio, após o ciclo de retorno da banda com o disco “Happiness Begins”.

Um Pouco De Você

Vitão lança o single “Um Pouco De Você”, uma das melhores faixas do novo álbum “Ouro”.

A canção ganhou um clipe muito bacana. A produção gravada no Rio de Janeiro mostra o cantor junto a sua versão mirim e também passeando pela praia e uma reunião entre amigos na laje com direito a uma linda crush.

Sobre o vídeo, Vitão revela “Pensamos em uma parada mais cenográfica, que pudesse impressionar”. O cantor falou também sobre a participação de Bernardo que aparece como ‘Vitinho’, “É uma troca entre a gente de experiências e vivências. Como se ele fosse eu criança e vice-versa”.

Lembrando que o novo álbum “Ouro” já está nas plataformas digitais e é um lançamento Universal Music.

Pearl Jam – Novo Álbum

A banda norte americana Pearl Jam irá lançar seu décimo primeiro álbum “Gigaton” e anuncia a data, para alegria dos fãs.

O novo trabalho em estúdio é um lançamento dos selos Monkeywrench Records e Republic Records com distribuição internacional pela Unuversal Music.

A data escolhida para lançamento foi dia 27 de Março de 2020, com a produção de Josh Evans com o grupo. “Gigaton” já está disponível para a pré-venda no site http://www.pearljam.com. Daqui algumas semanas sai o primeiro single “Dance Of The Clairvoyants”.

Sobre o novo disco, o guitarrista Mike McCready conta “Fazer esse álbum foi uma grande jornada. Foi obscuro emocionalmente e confuso por vezes, mas ao mesmo tempo foi uma trajetória emocionante e experimental para a redenção musical. A experiência de trabalhar com meus companheiros de banda em ‘Gigaton’ me proporcionou mais amor, consciência e conhecimento da importância das conexões humanas nesses momentos”.

A capa do novo projeto também foi divulgada e tem a foto “Ice Waterfall” do renomado fotógrafo, filmmaker e biólogo marinho canadense Paul Nicklen. Tirada em Svabald, Noruega, a imagem retrata a calota de gelo de Nordaustlandet, que se derrete em enormes quantidades de água.

Rare

Por André Rossanez

Após cinco anos sem lançar material inédito Selena Gomez lança “Rare”, seu terceiro álbum.

Com 13 músicas lançado pela Interscope Records e Universal Music, o disco é autobiográfico e foi feito após a cantora passar por momentos difíceis como fim de relacionamento, depressão e transplante de rim causado pelo Lúpus.

Selena explica a escolha do nome do álbum. “É uma mensagem bonita sobre meninas que não percebem que são raras. Não sinto que falam o suficiente que as meninas são raras”.

Sobre o novo trabalho, a artista reflete “Representa uma visão da minha jornada de cura e crescimento. É de longe o trabalho que mais me orgulha até hoje”.

Logo na primeira música já temos uma mostra de que esse é o disco mais maduro da carreira de Selena. “Rare” é uma faixa sobre sutosuficiência e seu arranjo trás uma batida bem marcada e empolgante. Um Pop bem sofisticado, digno de uma grande cantora.

A alegria toma conta do álbum com “Dance Again” que conta com elementos eletrônicos que dão empolgação. Batidas eletrônicas também não faltam em “People You Know”, uma musica agradável de ouvir e o mais bacana, seu arranho vai se moldando de acordo com os tons da voz de Selena Gomez.

Um grande acerto é o single “Look At Her Now”, que fala de forma bela sobre superação. Uma música bem chiclete e diferente das outras gravadas pela cantora até agora, onde ela usa diversos nuances de sua voz.

Uma das melhores músicas é “Lose You To Love Me”. destaque para a sua letra forte sobre decepções o que nos faz ficar mais fortes. essa balada com bastante piano já passou a marca de 700 milhões de streams nas plataformas digitais e quando foi lançada ficou em primeiro lugar do Top 100 da Billboard Americana.

Outro ponto forte é “Ring” uma faixa bem R&B e que nos remete aos cabarés. Sua melodia vai crescendo durante a canção e no ápice uma guitarra dá um toque todo especial. É muito bonito ouvir a voz de Gomez em um tom mais grave.

Uma escolha feliz é “Crowded Room” com a participação de 6LACK, outro R&B que no meio tem de forma harmônica o trap do rapper. Nela, Selena canta belos tons mais agudos com direito até a falsete.

“Fun” chega como uma das melhores do disco, com um quê de olderschool e bem gostosa de ouvir. E a melhor de todas, ao gosto de quem vos escreve é a deliciosa “Cut You Off”. Uma faixa solar e Pop com uma base no Blues e na Soul Music, com direito a modulações bem interessantes na voz da Selena.

Este realmente é o melhor álbum da carreira de Selena Gomez. De uma vez por todas, a artista deixou de lado resquícios de adolescente e mostrou maturidade e que está se tornando uma grande cantora.

Selena, enfim está preparada para representar a Música Pop mundial, firmando mais ainda seu nome e sua arte. Neste trabalho ela surpreendeu com um Pop nada clichê e mais sofisticado, que se mistura com R&B e elementos de música eletrônica.

Na sua estreia, o álbum alcançou o nº1 no iTunes em 70 países, como por exemplo, os Estados Unidos e o Brasil. E o mais extraordinário, nos EUA essa posição foi alcançada em apenas 18 minutos.

A Revista Rolling Stone fez uma análise certeira sobre o disco “Rare”. Segundo a publicação, “Os últimos anos da vida particular de Selena foram dolorosos e públicos. Com agravamento da luta contra o lúpus, um transplante de rim e permanecendo em centros de tratamento de saúde mental e rompimentos de alto nível. ‘Rare’ é chocante e lindamente otimista. Ela ‘dançar de novo’, festejando sua personalidade novamente iluminada e dizendo que está pronta para deixar o amor entrar”.

Morado

J Balvin se joga todo no Roxo em seu mais novo single “Morado”.

A música bem animada e viciante ganhou um clipe dirigido por Colin Tilley. Na produção, o cantor vive um Rei moderno que vive num castelo todo pomposo e com decoração com muito roxo nos detalhes. Em apenas uma hora o vídeo atingiu a marca de 500 mil visualizações no You Tube.

Foto: @orliarias

Este é o segundo tema do novo álbum do J Balvin chamado “Colores”. Podemos notar que cada música do projeto representa uma cor. A primeira foi Branco e agora Roxo. Qual será a próxima cor?

No novo trabalho, Balvin se inspirou em sua origem na cidade de Medellín, em sua história e na importância da cidade de Nova York para seu trabalho. Segundo ele, “Vejo a música como cores. Nesse novo álbum que estamos fazendo realmente queremos que as pessoas sintam as cores”.

Foto: @orliarias

A Revista Rolling Stone definiu o novo hit como “Uma obra de Reggaeton gótico, limitada por um sintetizador rastejante e uma premissa mais assustadora”.

Fotos: @orliarias

Vale lembrar que o colombiano foi o artista mais buscado em 2019 no Shazam no mundo e o quinto artista masculino mais buscado no Spotify mundial. A Revista Rolling Stones também, considerou seu disco “Vibras”, como um dos 100 melhores álbuns do ano.

Yummy

Justin Bieber chega com seu som que mistura Hipo Hop, R&B e Trap no.single “Yummy”.

A música ganhou um clipe dirigido por Bardia Zeinali, onde Bieber aparece todo trabalhado no rosa, causando em um jantar com figurões da alta sociedade.

A nova faixa, chegou chegando. Mal estreou e já alcançou o primeiro lugar do ranking de downloads do iTunes em 37 países. Isso tudo em apenas 12 horas.

A previsão de lançamento do novo álbum de Justin, pela Universal Music, é Março.

Em sua carreira, Justin Bieber acumulou mais de 50 bilhões de streams e mais de 60 milhões de vendas mundialmente. O seu último disco “Purpose”, venceu um Grammy em 2015 e vendeu mais de 21 milhões de cópias no mundo todo.

Me Beija (Acústico)

O duo OUTROEU lança o intimista vídeo da versão acústica do sucesso “Me Beija”.

O registro mostra Mike e Guto em estúdio interpretando a canção com muita sensibilidade e emoção. A direção é de Ygor de Oliveira e gravado no Santo Som Studios, em Campinas (SP).

O single faz parte do EP “Ensaio Acústico”. O projeto contém cinco canções acústicas autorais e uma versão do hit “Velha Infância” dos Tribalistas.

Mike conta um pouco sobre o conceito do EP. “Esse EP é sobre as coisas antes delas ficarem prontas. A gente quis registrar o as músicas do jeito mais natural que a gente toca. Do jeito que aprendemos em casa, antes de nos encontrarmos e termos um ensaio de verdade. Ou aquela super gravação com mil instrumentos super alinhados. Não que a gente não goste desse tipo de gravação (porque a gente ama!), mas pensamos numa proposta de ir sem ensaiar e fazer uma gravação ao vivo, com poucos elementos. Gravar um ensaio acústico”.

E Guto complementa, “Foi um desafio bem grande de achar um formato na hora. Mas, no final, ficamos felizes com o resultado. Fizemos com muito carinho e amamos gravar o cover de ‘Velha Infância’. Já queríamos muito ter um registro dessa versão, por termos criado um carinho gigante com a música. Desde que os Tribalistas a lançaram, a gente pira nessa música. A versão veio quando tocamos num encontro de amigos e a canção parece que encaixou com a gente. Amamos o jeito de falar as coisas e as palavras como são distribuídas na canção. Eles são a nossa referência de artistas e compositores. Por isso ficamos tão felizes de ter essa canção gravada no nosso EP”.

“Yummy” e Novidades

Justin Bieber lança “Yummy” o single prometido para este ano no Natal.

A nova música, que mostra o amadurecimento do jovem cantor e com uma pegada mais Hip Hop e R&B, já pode ser escutada nas plataformas digitais e teve sua lyric video divulgada no You Tube.

As novidades não param por aí. Além da canção (que ganha também clipe), Bieber anunciou dia nova turnê na América do Norte. Os shows começam no dia 14 de Maio em Seattle, nos Estados Unidos.

E não é só isso. Enquanto não chega o novo disco, o cantor lança também no dia 27 de Janeiro a série “Justin Bieber: Seasons” no You Tube Originals, que mostra a produção do novo disco de Justin, após quatro anos do lançamento de “Purpose”. A direção é de Michael D. Ratner e Joe Termini em alguns episódios.

“Quando estava começando, o YouTube foi a plataforma e a comunidade onde divulguei minha música, minhas experiências e os momentos especiais com os meus fãs. É maravilhoso poder dividir com o YouTube essa serie documental. Quero que meus fãs estejam comigo nesta viagem”, revela o artista.

Em sua carreira, Justin Bieber acumulou mais de 50 bilhões de streams e mais de 60 milhões de vendas mundialmente. O seu último disco “Purpose”, venceu um Grammy em 2015 e vendeu mais de 21 milhões de cópias no mundo todo.

En Tus Planes

Após quatro anos do último lançamento, David Bisbal lança o tão aguardado sétimo álbum “En Tus Planes” pela Universal Music.

Com 13 faixas, o novo trabalho foi produzido por grandes nomes da música latina como Luiz Salazar, Pablo Cebrian, Andy Clay, Álvaro Baqueiro, Andrés Torres e Mauricio Rengifo. Um disco que resgata as raízes de Bisbal, sem deixar de trazer novos ares.

Sobre seu novo trabalho, David conta “É um disco em que a Rumba tem um protagonismo especial, porque é o gênero que sempre curti desde o início da minha carreira. E tem também baladas e temas que talvez não sejam hits nas rádios, por serem menos convencionais ou generalistas. Porém gosto delas, porque têm maior elaboração nas melodias, nos acordes e nas letras”.

Ele ainda completa, “Acredito que sair da minha zona de conforto é muito enriquecedor porque me faz seguir aprendendo. ‘En Tus Planes’ é um disco que fiz entendendo as mensagens que meus seguidores me enviavam através das redes sociais e no que eles indicavam que queriam escutar”.

Para a abertura foi escolhida a faixa que dá título ao disco. “En Tus Planes” revive as origens do artista em uma Rumba, com toque de Flamenco e muita guitarra espanhola.

Misturando Música Pop e Latina “Si Tu La Quieres”, começa um pouco mais calma e depois surpreende tendo seu ritmo um pouco mais acelerado. A letra traz o conselho de um amigo ao outro, para que este sempre cultive o amor que sente pela amada.

E claro que o romantismo não podia ficar de fora deste CD com faixas como “Sabrás” que mostra toda a extensão vocal de Bisbal, que canta notas mais altas em sua mensagem de amor e como “La Necesidad”, uma das músicas mais emocionantes e que traz o cantor ao piano cantando sobre um amor avassalador.

O jovem Sebastián Yatra realizou o sonho de gravar com o experiente David em “A Partir De Hoy”, que Bisbal define muito bem como “Uma Rumba romântica que vai direto ao coração”. A produção foi a cargo da dupla Andrés Torres e Mauricio Rengifo, responsável pelo sucesso de “Despacito” (Luis Fonsi).

Outra cantora da nova geração também participa do álbum. Greeicy empresta sua voz e seu talento em “Perdón”, uma faixa gostosa de ouvir, ao estilo flamenco, com um belo pedido de perdão. “É minha Rumba Latina com aromas do Mediterrâneo e do Atlântico. Acredito que esta canção e seu videoclipe refletem muito bem como somos os latinos: românticos, despreocupados e um pouco safados”, diz David.

Para homenagear o México, um país que sempre apoiou o trabalho de David Bisbal, o artista convidou o também veterano Alejandro Fernández, seu amigo de longa data. Surgiu então “Abriré La Puerta”, uma declaração de amor bem clássica e bela.

Destaque para “Despues De Ti”, uma das canções mais lindas do disco e que fala sobre um amor transformador. É impossível não ficarmos tocados pelo conjunto de mensagem, voz de Bisbal usada com tons altos sem exageros e um lindo arranjo com instrumentos de corda (Violino, Violão Cello e Violão).

E a última parceria do disco é Juan Magán, que trouxe o seu Reggaeton pro envolvente single “Bésame”. Segundo David, “Quando Juan me mandou a ideia inicial da canção me pareceu fascinante e juntos fomos criando essa peça que mescla a essência latina com a Rumba. Para nós é de grande importância manter as nossas raízes, no momento em que a música latina, está em seu melhor momento a nível global“.

Não resta dúvidas, de que esse é um dos melhores álbuns da carreira de David Bisbal.

O artista e sua equipe conseguiram criar um trabalho, que resgatou com maestria as raízes deste cantor tão emblemático para a Espanha, trazendo toques de modernidade com a junção de diversos ritmos e participações especiais de primeira.

Inclusive foram ótimas as escolhas de quem cantaria com David neste novo projeto. Esses cantores trouxeram frescor ao som do astro latino e junto dele mostraram que a música não tem limites.

“Este álbum me permitiu unir forças com colegas talentosos e essa foi uma experiência muito enriquecedora. Sua musicalidade, experiência e generosidade foram surpreendentes”, revela Bisbal.

Um disco essencial para todo bom amante da Música Latina.

“En Tus Planes”

Um dia antes do lançamento do seu novo álbum, David Bisbal lança o single “En Tus Planes”, que dá nome ao projeto.

Com direção de Willy Rodríguez, o clipe da faixa mostra David com o terno azul da capa do disco novo, transitando por diversas paisagens para encontrar sua amada, através de uma porta amarela (também presente na capa).

Segundo o cantor, “Essa canção é uma Rumba bem na minha linha, mas também com algumas bases renovadas. É um tema muito orgânico, com instrumentos tocados na hora como a guitarra e os baixos”.

Davi falou sobre a sonoridade do novo álbum, “Se trata de um disco representa muito bem o que as pessoas querem escutar de mim nesse momento, levei muito em conta os pedidos do público para realizá-lo”.

Essa nova música mostra exatamente isso, que o artista revelou. Ela tem um toque de música flamenca com direito a castanholas e Bisbal usa sua voz de forma intensa. Esses dois elementos consagraram o artista no mercado latino e é bem isso que o público desejava neste novo trabalho, ver a essência do artista.

CDs Que Amamos : PCD

Em 1993, a coreógrafa Robin Antin criou uma trupe burlesca, que chamou a atenção de Rian Cair e Jimmy Lavine. Dois anos depois, esse grupo se transformou em conjunto musical e as integrantes foram escolhidas por audições.Assim nascia The Pussycat Dolls.

Foi em 2002, que a cantora Gwen Stefani após assistir as garotas se apresentarem e ter adorado, levou o presidente da Interscop Records para as conhecer. Depois disso, o sexteto feminino assinou com a gravadora.


Foi no dia 12 de Setembro de 2005, que o álbum de estreia do Pussycat Dolls foi lançado. “PCD” chegou explorando temas como o feminismo relacionamentos amorosos e sensualidade. O resultado foi 9 milhões de cópias vendidas no mundo inteiro, duas milhões apenas nos Estados Unidos.

O primeiro trabalho das garotas abre com “Don’t Cha”, uma canção sexy na medida certa e com muito empoderamento feminino que ganhou participação de Busta Rhymes e colocou todo mundo pra dançar. Simplesmente uma das faixas mais marcantes da primeira década dos anos 2000 na música mundial. Nos EUA, o sucesso foi tão grande que virou ringtone de celular e vendeu mais de um milhão de downloads.

O hit “Beep” contou com participação e produção de Will I Am, uma parceria que fez muito barulho ao juntar Pop e Hip Hop. A faixa se tornou uma das queridinhas dos fãs.




Não tenha quem nunca dançou e muito com “Wait A Minute”. Muito tocada nas rádios, uma das melhores do disco trás o gênio Timbaland como parceiro, uma música digna de verdadeiras divas pop. Divisões vocais muito bem dinâmicas das seis cantoras dão um toque todo especial.

O momento de maior emoção do disco, fica sem dúvida, com “Stickwitu”, que ficou na memória afetiva de tanta gente. Uma linda canção com modulações perfeitas que alcançou o Top 10 das paradas de sucesso de países como EUA, Brasil, Holanda, Austrália e Reino Unido.



E um dos maiores hits é “Buttons” com Snoop Dogg, que tem uma vibe toda especial com toques de rirmos árabe e uma sonoridade mais sofisticada. E muito empoderamento chega com “I Don’t Need A Man” que fala da mulher independente, batalhadora, com muita garra e que não abaixa a cabeça pra ninguém.

Destaque para “Hot Stuff” com toques de música eletrônica, para “Right Now” com uma sonoridade bem diferente que mistura batuques com blues e jazz, lembrando canções da Broadway, para a regravação de “Sway”, um clássico de 1954 (por Dean Martin) e para “Flirt” que trouxe as divisões mais iguais das seis vozes e que alguns anos depois ganhou uma versão em espanhol pela cantora Belinda, chamada “Noche Cool”.



Na época, o que chamou a atenção foi o diferencial do Pussycat Dolls, que é o fato de que, diferente de outros conjuntos femininos, há uma cantora principal que é acompanhada pelas demais nos vocais.

O disco de estreia de Pussycat Dolls trouxe a continuação da explosão dos anos 2000 de canções Pop com participações de artistas do Hip Hop. E muito bem produzido, ficou marcado pela harmonia perfeita entre as vozes de Nicole e as demais cantoras.

O grupo já mostrava para que veio, e começou a se consolidar como uma das maiores e melhores girlbands do planeta. Um dos discos mais emblemáticos da Música Pop Mundial.

“Seja Para Mim” e “Céu Da Sua Boca”

Di Ferrero se joga no Reggae ao lado do Maneva em duas belas canções “Seja Para Mim” e “Céu Da Sua Boca”.

As faixas fazem parte do novo projeto de Di, “Sinais Sessions” gravado no Morro da Urca, no Rio de Janeiro, onde o artista interpreta canções de maneira mais acústica ao vivo. Os dois vídeos já estão no ar.

Outros artistas também estão no projeto como Rashid, Vitor Kley e Vitão. Sobre cantar com os parceiros do musicais, o cantor revelou “Com o Maneva a ideia bateu no primeiro papo. E o Vitão eu vi nascer para a música. A ideia é trocar com os artistas. Cantamos uma minha, uma deles e o que mais a gente quiser. Pretendo fazer isso em vários lugares”.

Vitão em São Caetano

Texto e Fotos de André Rossanez

O Portal Me Gusta teve o privilégio de conferir o show do cantor Vitão em São Caetano do Sul no Senhor boteco neste Domingo (22).

O cantor subiu no palco do bar para cantar os seus maiores sucessos e algumas versões de outros artistas. O mais bacana do palco do local, é que ele é redondo, o que fez com que o artista pudesse interagir com todos os cantos da casa durante o show. E por ser localizado no centro, quem assisti pode ficar um pouco mais perto do artista, que consegue sentir toda a energia da galera.



Ao entrar no palco, Vitão foi recebido com muitos gritos e com um belo coro que o acompanhou com muita força enquanto ele cantava. Foi muito bonito ver o carinho dos fãs e como eles se conectam com o ídolo.

Ao cantar “Caderninho” e “Café”, todo mundo que estava ali cantou junto o cantor as duas canções com muita força do início ao fim. Realmente essas duas músicas de início de carreira, marcaram muito a vida de cada fã e continuam no coração de todos, que se identificam e muito com elas.

Outra música que todo fã adora é “Tá Foda”, a favorita de quem vos escreve e que de forma bem humorada fala sobre superar o fim de um relacionamento. Todo mundo sabia letra do começo ao fim e se empolgou com o tema.


O cantor mostrou toda sua afinação e emoção ao interpretar uma bela versão de “Dona de Mim” da cantora Iza e “Complicado”, que originalmente o cantor gravou com Anitta. incrível como essas duas músicas tocam o coração da gente.

Um momento muito esperado foi quando Vitão interpretou a música “Céu Azul”, consagrada pela banda Charlie Brown Jr. Uma música que combina muito com o repertório e com a vibe do cantor e que a plateia cantou junto do início ao fim. Foi emocionante.

Destaque também para as canções “Te Liguei” e Edredom” que também marcaram a carreira de Vitão e o seu público e para o cover de “Onda Diferente” de Anitta e Ludmila, que fez todo mundo dançar.

Para finalizar a noite com chave de ouro, Vitão convidou para dividir o palco com ele, um dos melhores cantores da música brasileira atual, Luccas Carlos. Primeiro cantaram “Nada Fácil” que foi acompanhada em coro por quem estava alí. Depois veio o hit “Embrasa”, que foi a primeira parceria entre eles e responsável por mostrar pela primeira vez como eles combinam artisticamente.

Conseguimos ver que além de grandes amigos, eles são cúmplices e que musicalmente se completam. A química entre os dois realmente transborda.

Vitão simplesmente é um cantor incrível e impecável. Ele sabe cantar como ninguém e com uma afinação perfeita. Além disso é um artista que sente muita emoção ao cantar e consegue transmitir isso para o público.

Muitas de suas canções tem frases cantadas ou faladas com rapidez. E o mais legal é que Vitão não perde nem a afinação e nem o fôlego nesses momentos. E ele também toca muito bem guitarra.

Uma noite em que não teve como não se emocionar com Vitão. Durante muitos momentos ele se emocionou ao ver todo mundo cantando suas canções. É muito gostoso ver a conexão que Vitão tem com seu público. Isso acontece não só porque ele é um grande artista, também por ele ser um cara sensível, carismático e acessível a todos.

Um show imperdível!

Matéria dedicada à amiga Taty que amo e assistiu ao show comigo