Ano X

Preparado para ver Luan Santana de uma maneira que você nunca viu antes? Exatamente isso que irá acontecer na nova turnê do cantor.

Em comemoração aos 10 anos de carreira do sertanejo, “Ano X” tem como concepção a valorização de um passado que nos conduz até o presente, podendo levar a um futuro promissor.

Foto: Patrícia Stavis

A estreia do novo show acontecerá em São Paulo no Citibank Hall nos dias 31 de Março e 1º de Abril. Cheio de alta tecnologia no cenário, no figurino e também na iluminação, o espetáculo usa projeção gráfica para estampar traços e ilustrações em uma máscara produzida especialmente para o rosto que pode ser o seu, o de Luan e de quem a sua imaginação quiser.

Além de visitarmos os sucessos antigos e os mais recentes do cantor, veremos o passado e o futuro se encontrarem, como por exemplo, elementos da Roma antiga que se misturaram com ícones futuristas.

Foto: Patrícia Stavis

A nova turnê promete ser uma das melhores feitas por Luan Santana, que explorará elementos nunca antes explorados, assim deixando o público de queixo caído e ainda mais apaixonado pelo trabalho de um dos artistas mais queridos do Brasil.

Anúncios

Luan 1977

Na Quinta,m dia 14 em São Pedro, teve um show fechado de Luan Santana da turnê ‘1977‘ no ‘Thermas Water Park‘ para o lançamento do empreendimento imobiliário ‘Thermas São Pedro Park Resort’ e o Me Gusta teve a honra de acompanhar grudado no palco a apresentação e depois participar da Coletiva De Imprensa. Você vai ficar por dentro de tudo que rolou.

Abrindo com o mega hit ‘Eu, Você, O Mar E Ela’, Luan começou seu show de costas para a plateia durante a introdução e ao se virar e começar a cantar levou todos à loucura e a plateia toda cantou e muito cada frase da canção com muita empolgação. Dai em diante a noite foi toda animada e cheia de música boa nas quase duas horas de show.

Muito bacana a receptividade do público durante sucessos do disco ‘1977’ em homenagem às mulheres. As animadas ‘Fantasma’ e ‘Acordando O Prédio’ foram algumas das que mais levantaram a galera, tomando o lugar de muita energia boa. E o que dizer da emoção de todos ao ouvirmos a linda ‘Mesmo Sem Estar’? Eita música que toca nos corações apaixonados e também nos que sofrem de amor!

Fotos de Pedro Fraille e as de Luan ao violão e a primeira de André Rossanez

Um show a parte são os dois backing vocals de Luan, que durante a troca de figurino do cantor conquistaram a todos com suas lindas e potentes vozes com os sucessos ‘KO’ de Pabllo Vittar, ‘Despacito’ de Luis Fonsi e ‘Você Partiu Meu Coração’ de Nego do Borel. Muito ruim eu não saber os nomes deles (se alguém souber, só me dizer nos comentários). Depois fomos surpreendidos por Luan Santana em sua versão roqueiro, relembrando os sucessos do Queen ‘We Will Rock You e ‘We Are The Champions’. Incrível como sua voz combinou e muito com estas músicas icônicas do rock mundial e como o cantor tem a vibe de roqueiro, algo que pega muitos de surpresa.

Claro que os antigos êxitos do sertanejo não podiam ficar de fora. ‘Escreve Aí’ se firmou junto a ‘Chuva De Arroz’ como algumas das queridinhas dos fãs. A conexão que Luan e seu público formam durante estas canções é algo de arrepiar e que sentimos no ar. Emoção pura também foi o momento de o artista cantar ‘Amar Não É Pecado’ sentado e com voz e piano fez todo mundo formar um lindo coro que ecoou pelo espaço que se encheu de amor. Para animar ainda mais ‘Sogrão Caprichou’ foi também relembrada e agitou muito, mais uma vez trazendo um belo coro.

Após o artista dizer que nota o sorriso no rosto de cada fã e que isso o contagia, os dois novos singles de Luan Santana ‘Acertou A Mão‘ e ‘Check In‘ mostraram a que vieram. Todo mundo já conhecia as letras e acompanhou o ídolo, cantando as canções inteiras, sem errar e levando muita alegria e emoção ao cantor. Foi lindo demais. Para terminar com chave de ouro, o hit ‘Tudo O Que Você Quiser’, uma de minhas favoritas e também dos fãs, mostrou de uma vez por todas como o público dele é fiel e o adora.

Fotos de Pedro Fraille e as duas primeiras de André Rossanez

Foi muito bom ver Luan Santana no palco e como ele é solto, animado, carismático e afinado.  Maturidade artística, vocal e como homem é o que percebi nele e surpreendeu muito. Ver como houve uma evolução grande do começo da carreira para agora e como Luan está mais seguro é algo lindo e inspirador, que faz com que cada fã se torne ainda mais admirador do trabalho deste artista que nasceu para brilhar.

Após o show tivemos acesso à Coletiva de Imprensa, onde soubemos um pouco mais do momento atual da carreira de Luan e seu futuro profissional. Ele nos contou que a recepção do público com os singles tem sido muito positiva, o que o deixa muito feliz e quando eu perguntei quais foram as inspirações para estas canções, Luan me contou que ‘Acertou A Mão’ é uma faixa mais romântica inspirada no amor e que ‘Check In’ tem inspiração na música latina e feita de maneira descontraída, onde ele buscou sair da zona de conforto e inovar em seu som pensando nos fãs. Segundo ele, tudo o que ele faz é pensando nos fãs e para os fãs.

Sobre gravar os clipes com a atriz Rosmeri Marval na Colômbia, Luan contou que a moça além de talentosa é muito dedicada e animada. Ela tinha muita disposição para gravar e enquanto todos estavam super cansados após horas de gravação, ela estava ainda com muito ânimo pronta para gravar e que isso contagiava a todos. Sobre carreira internacional, Luan disse que ela vai começar em breve e que junto a sua equipe, já está se preparando para isso e que está acontecendo tudo de forma natural, com calma.

Fotos de Pedro Fraille

Outro sucesso que foi lançado neste dia foi ‘Contatinho’, a música de Nego do Borel com participação de Luan e sobre a parceria ele disse que sempre curtiu o trabalho de Nego e que foi uma honra poder gravar juntos esta música tão animada e engraçada, marca registrada do funkeiro. Para 2018, Luan Santana promete novidades e surpresas, as quais ainda não pode contar.

Antes do lançamento do single ‘Check In’ fãs foram levados de avião pela Gol Linhas Aéreas em conjunto com o Thermas Water Park, a assistirem em primeira mão ao clipe e em cinco aeroportos tiveram totens oficiais na área de check in para fãs se inscreverem e a primeira cidade a completar o número de inscritos, levaram seus felizardos a uma sessão de cinema para ver o clipe no Rio de Janeiro, juntinhos à Luan. No caso, venceu Belo Horizonte.

Fotos: André Rossanez

Sobre a parceria com a Gol e o Thermas Water Park, Luan contou que foi um privilégio e que estas empresas apoiaram muito esta nova fase da carreira e que a parceria ainda vai continuar em 2018 com outras ações.

Fotos do Therma Water Park por André Rossanez

 

 

 

 

 

Nx Zero – Saidera Tour

Ontem, dia 10 em São Paulo no Audio Club aconteceu o show da Turnê ‘Saidera’ do Nx Zero. Esta também foi uma despedida da banda que anunciou hiato em Junho. O Portal Me Gusta teve a honra de acompanhar tudinho de perto e vai contar para você como foi.

Com um cenário simples, porém incrível, ao fundo do palco vemos o símbolo usado no último álbum da banda, ‘Norte’, que durante a apresentação mudava de cor, variando de branco, azul, verde, laranja e vermelho e junto a jogos de luzes. Tudo isso deu um efeito visual incrível e agradável de assistir.

Logo ao entrarem no palco, já notávamos a empolgação dos meninos e o público veio abaixo com muita euforia, já de cara cantando muito o sucesso ‘Meu Bem’ junto a eles. A partir daí, muitos outros hits levantaram a plateia até o fim do show.

Destaque para os momentos em que o Nx cantou a icônica ‘Razões E Emoções’ que foi acompanhada ao coro, a motivadora ‘Nessa Cidade’ que nos inspira a seguir sempre em frente, o hit ‘Ligação’ sobre decepção amorosa, ‘Hoje O Céu Abriu’ que com sua vibe alto astral contagiou e encheu o lugar todo de muita energia boa e ‘Não É Normal’ que é uma das queridinhas dos fãs.

Em um momento mágico, os fãs começaram a gritar o nome de uma das músicas mais incríveis da banda, ‘Incompleta’. E mesmo não fazendo parte da lista de canções da noite, Di e seus amigos fizeram a vontade de todos com muito carinho e amor. Também não ficaram de fora duas das canções mais belas do grupo. ‘Mais Além’ que encheu todos de emoção, levando muitos fãs à lágrimas e ‘Cedo Ou Tarde’, que trás memória afetiva à muitas pessoas (como eu mesmo) e que de certa forma acalenta a quem a escuta com sua linda mensagem de amor e motivação para seguir de cabeça erguida diante de qualquer obstáculo.

Outras músicas que percebi que foram algumas das mais bem recebidas pelos fãs foram ‘Só Rezo’ que com muita energia fez o povo cantar como se não houvesse amanhã e ‘Inimigo Invisível’ que nos faz querer evoluir a cada erro, a cada decepção. E no fim, foi relembrada pelo grupo o mega sucesso ‘Além De Mim’, música que os fez estourar no Brasil e se tornarem conhecidos do grande público. Com certeza foi o momento mais mágico de toda a noite. Eu, bem como todos os fãs naquele momento nos conectamos muito aos cinco rapazes. Sentimos muita energia boa sendo trocada entre ídolos e admiradores e percebemos o quanto somos importantes na vida de cada integrante. Realmente somos como eles dizes, a ‘Família Nx’.

No fim do show o vocalista Di Ferrero nos lembrou da importância de sermos nós mesmos e que não deixemos que ninguém nos diga que não somos capazes de conseguirmos o que desejamos. Em nome do Nx também agradeceu o carinho de todos os fãs que os acompanham e que, segundo ele, conhecem a verdadeira essência do Nx Zero.

É muito lindo ver ao vivo a cumplicidade e o carinho entre os cinco garotos durante a apresentação. Eles mostram que mais do que amigos, são irmãos de coração. Claro, nos faz ficar um pouco tristes saber que por tempo indeterminado não os veremos mais juntos no palco e nem ouviremos canções novas, porém ficamos com a certeza que a trajetória deles como banda não acaba por aqui, recomeçará em breve e que tudo até agora valeu muito a pena. Mas a alegria de os ver e poder interagir com eles, supera qualquer tristeza.

Nx Zero teve muito sucesso, conseguido com muito trabalho e amor à música e não há dúvida que cada um dos cinco irão colher muitos furtos positivos com o trabalho que farão sozinhos a partir de agora. O show foi inesquecível e mostrou como os fãs são apaixonados por eles e como realmente, sentimos que muita energia positiva e amor é emanado do palco para o público e vice versa. Uma das relações ídolos e fãs mais bonitas e comoventes que já vi.

E claro, assim que eles estiverem prontos para retornar aos braços da Família Nx, receberemos com muito carinho e respeito Di, Gee, Caco, Dani e Fi de braços bem abertos.

instanx
Foto: Instagram do Nx Zero

 

 

 

 

Romântico Demais

No último dia 6, Zezé Di Camargo e Luciano gravaram a campanha de Natal das Lojas Marabraz e o cenário escolhido foi a casa do Zezinho em Itapecerica da Serra, São Paulo.

Na ocasião, eles fizeram a alegria da criançada brincando e montando a árvore de natal, além de distribuírem autógrafos. Tudo foi registrado e logo todos poderão conferir na TV durante os comerciais. Mais do que um dia de gravação de uma campanha, foi um dia de solidariedade e de amor ao próximo.


Na Casa Do Zezinho – Fotos de João Wecker

E no dia 10 (Domingo), Zezé Di Camargo e Luciano trazem à São Paulo o show “Romântico Demais” em comemoração aos 26 anos de sucesso da dupla (que começou com o hit ‘É O Amor’).

O show terá painéis de LED que irão mostrar imagens e cenários ao fundo do palco e que se juntará à jogos de luzes,  contando “uma viagem ao tempo” na carreira dos irmãos.

A apresentação acontecerá na casa “Coração Sertanejo” com cenografia de Rogério Falcão. O público irá se emocionar e cantar ao som dos grandes sucessos que representam cada época da dupla. No repertório, músicas como “É O Amor”, “A Ferro e Fogo”, “Mentes Tão Bem”, “Você Vai Ver”, “No Dia Em Que Saí De Casa” e “Flores Em Vida”.

Foto: Divulgação

Segundo Luciano, “Teremos aquelas canções que não necessariamente foram trabalhadas nas rádios, de 1991 pra cá, mas que o público gosta e sempre cantou e pediu nos shows. Agora, atendemos os pedidos”.

Uma grande oportunidade para você ver Zezé Di Camargo e Luciano bem de perto e relembrar todas as músicas que com certeza marcaram a vida de todos nós.

Detonautas No Rio

Pessoal do Rio de Janeiro, estão prontos para curtir rock da melhor qualidade? Dezembro é o mês de Detonautas Roque Clube no Rio, para levar aos seus fãs o seu rock de primeira.

A estreia da nova turnê do Detonautas acontecerá no dia 9 de dezembro no palco do Imperador e comemora os 20 anos da Banda e o novo disco ‘VI’.

Além dos novos sucessos ‘Nossos Segredos’, ‘Por Onde Você Anda’ e ‘Dias Assim’ (que contará com a participação de Leoni), o grupo cantará seus maiores hits como ‘O Dia Que Não Terminou’, ‘Olhos Certos, ‘Outro Lugar’ e ‘Você Me Faz Tão Bem’.

Uma bela e única oportunidade para os moradores do Rio de Janeiro e os seus visitantes curtiren um Rock da maior qualidade que o só Detonautas Roque Clube sabe fazer.

Foto: Divulgação

O Detonautas Roque Clube é formado por Renato Rocha na guitarra, Fábio Brasil na Bateria, DJ Cléston na Percussão e Programações, Phil na Guitarra,  André Macca no Baixo e vocalista Tico Santa Cruz.

O Show

. Endereço: Rua Dias da Cruz  170 – Méier

. Horário: 21h

. Abertura da Casa: 20h

. Ingressos: R$ 50,00 (meia a R$ 25,00)

. Classificação: 16 anos

. Capacidade: 1060 pessoas

. Vendas: Bilheteria do Imperator, no site ingressorapido.com e postos de venda do Ingresso Rápido

Informações no telefone (21) 25973897

Me Gusta Entrevista – Saulo

Hoje à noite em São Paulo no Tom Brasil, o cantor Saulo vai se apresentar e ontem foi dia dele fazer uma apresentação exclusiva para fãs no Estanplaza Hotel. Depois o Me Gusta teve o privilégio de entrevistar o cantor para falar da Turnê “O Azul e o Sol”.

Muito simpático e gente como a gente, o carismático Saulo foi ao encontro de seus fãs e se sentou ao chão com eles para conversarem um pouco antes do show. Só depois é que ele foi se preparar para retornar e animar a todos com suas músicas.

Em um clima mais intimista, porém nem um pouco menos animado o show começou a voz e violão no palco improvisado. Saulo disse que era estranho tocar sem outros instrumentos mas que somente com violão era muito importante para aproximar ainda mais todo seu público a ele e para um local mais intimista e menor.

O cantou apresentou principalmente músicas do mais recente disco (‘O Azul e o Sol’) que trouxeram um clima de animação e amor no ar. A plateia se contagiou e cantou muito com Saulo ao som de ” Sol Em Festa”, Deixa Lá”, a empolgante “Terra Nossa”, a incrível “Ancestral” que resgata a cultura afro e a Bahia, “De Repente Mente”, “Mó” e “A Gente Leve”.

E claro, também cantou seus maiores hits como ” O Mundo Estava Em Guerra”, “Preta”, ” Singela Bruta” e “Rua 15” que quem vos escreve adora tanto. Foi lindo ver ele cantando as músicas que seu público pedia ali na hora e o ver dedicando canções a vários de seus fãs.

E claro não faltaram as faixas da época do artista no vocal da Banda Eva. Todos cantamos e muito junto a ele as saudosas “Só Eu E Você”, Diz Que Vai Voltar”, ” Toda Linda”, ” Não Precisa Mudar” e “Nosso Amor É Lindo”.

É lindo ver um artista como Saulo no palco. Além de cantar muito e com afinação impecável, ele tem muito carisma e consegue passar todo amor que sente pela música e por seus fãs. É bárbaro ver a proximidade que ele tem ao seu público, sempre sendo carinhoso, gentil e inclusive sabendo o nome de variosxde seus admiradores.

Confira na íntegra a entrevista que o Me Gusta fez com ele. Garanto que você vai adorar…

A Entrevista Exclusiva

Me Gusta: O que podemos esperar de sua turnê?

Saulo: “Leveza e muita percussão alta que eu gosto muito. Mas é um show de amor à palavra, sabe? Esse disco é um álbum de texto, livro de música. São textos que viraram canções. Então todo o show é através de palavras. Tem um negócio de um silêncio visual, a gente não tem led, não tem projeção. É de luz, sombra e espelho. Eu acho que as pessoas vão se divertir muito porque é um show de música da Bahia, de Axé Music, então tem aquela coisa de ‘tá chegando o Carnaval, Fevereiro’. Tem a lembrança de cantar aquelas canções do Carnaval. É uma festa, um show de quase 4 horas de duração”

Me Gusta: Como foi o processo de escolher as faixas do disco ‘O Azul E O Sol’ que estariam no show? E as outras?

Saulo: “É difícil. O processo é assim. A gente reproduz o disco no show. Só que com o tempo senti a necessidade de enxertar coisas dos outros discos e aí é muito complicado. Fui através do texto. Por exemplo, se eu falo de encontro aqui eu pego alguma coisa que fala de encontro. Se estou falando de Alegria, pego alguma conexão. Então eu tentei fazer isso. Aí vem ‘Lugar de Alegria’, ‘Singela Bruta’ e ‘Encontro Marcado’ que são canções de outros discos que estão no repertório”

Me Gusta: Como.você vê sua relação com seus fãs?

Saulo: “Desmistificada. Não existe aquele cara do palco grandão, artista importante. ‘Foda-se isso’. A gente tá compartilhando um sentimento bom que a música trás. A gente tá tentando mudar o mundo com isso. A gente tá fazendo uma espécie de exércitozinho assim, sabe? Tem o líder? Tem. Alguém que tem uma voz que vai falar por todo mundo. Pode ser eu? Pode. Mas eu não me sinto diferente de ninguém. Eu me sinto comunicador de algo muito maior que é a música”

Me Gusta: Como você vê o Axé e a música brasileira atuais?

Saulo: “O Axé, acho que a gente tá produzindo muito, mas o Sistema Axé Music tá meio sei lá. Tem muita coisa, são 30 anos de Axé Music, acho que já deu muita coisa. Mas lá em Salvador, na Bahia se produz muito o tempo inteiro. A questão é que se reduz o Axé á música de Carnaval, mas a música da Bahia está acontecendo muito grandiosamente. ‘Bahiana System’, ‘ÀttoxxÁ’, tem várias coisas acontecendo. E eu tô fazendo Axé, insistindo no que eu gosto, é minha formação. Algumas pessoas dizem que até meu repertório é de alguma maneira um pouco velho, soa um pouco antigo porque tem um pouco dos anos 80 e anos 90. Mas essa é a música que eu gosto de fazer. E a música brasileira atual, acho que é mais americana do que brasileira. A gente tá reproduzindo muita coisa gringa. A gente tem tanta riqueza aqui. A gente tem Elba Ramalho, Gal Costa, Maria Bethânia. E a gente imita Beyoncé, Rihanna. Viva a música brasileira!”

Me Gusta: Como se dá o seu processo de composição?

Saulo: “Eu gosto muito de escrever textos. Por exemplo eu vou subir agora pro quarto, talvez eu até escreva um texto. Eu gosto de exercitar isto. Tenho muitos parceiros. E ultimamente as coisas estão surgindo a partir dos textos. 80% desse repertório do disco são textos que viraram canções.  Mas o processo de composição acontece a qualquer momento, já fiz canção em silêncio profundo, mas já fiz canção em um quarto cheio de gente. Acho que compor é captar, é você estar atento o tempo inteiro para captar coisas que não são nossas. Alguém detém esse poder da música. A gente só tá aqui captando e sendo comunicador”

Me Gusta: O que poderia adiantar de seus planos para 2018?

Saulo: “Rapaz, eu quero compor muito. Pra mim, eu compondo, a vida tá boa. Se o show da turnê correr, estiver ensaiado, bonitinho a gente vai fazer mais uns sete lugares daqui pra frente. Se ele correr bonitinho, estiver afiado talvés eu faça um DVD desse trabalho, desse show que é tão bonito. Só vou fazer DVD se tiver bem bonito, afiado. Porque é muito difícil. Um show só vai ficando bom no quarto ou quinto. A estreia foi em Aracaju, foi tensa, a gente tentando acertar as coisas. Mas tem um pré planejamento para um DVD”

Me Gusta: Após tanto tempo de carreira quais sonhos gostaria de alcançar?

Saulo: “Já alcancei prêmios bem bonitos. Já dividi o palco com meus ídolos Guiguio, Pierre Onassis. Tem também os compositores com quem eu aprendi a escrever. Tenho a parceria com Ivete e Maria (Gadú) que é uma delícia e a gente adora fazer. Não sei, talvés cantar com o Djavan. Gosto tanto de Djavan. A gente já se encontrou em algumas situações, mas a gente nunca cantou junto. Esse é um sonho bonito e que pode ser real. Mas o meu maior sonho é ver meus filhos legais, com cabeças boas e eu continuar com cabeça boa para compor”

Me Gusta: O que você diria para os artistas que estão começando sua carreira?

Saulo: “Que sejam verdadeiros. Podem lhe ofertar o mundo, mas não venda sua alma, seja verdadeiro. Não se parametre pelo outro. Tenho tatuado na minha mão ‘Siga’. Siga, não olhe para o lado, faça o seu, crie o seu. Tenham cuidado. Existe uma coisa chamada responsabilidade artística, que é muito importante. Antes de ser artista veja o que é isso, porque você vai falar para um monte de gente, então se capacite primeiro. E arrisque. Arrisque. Porque a arte é se arriscar sem medo”.

Eu com Saulo após a entrevista

Entrevista e texto: André Rossanez