Invisível

Capital Inicial, uma das maiores bandas de Rock do Brasil, vai te conquistar ainda mais com “Invisível”.

O novo single ganhou um vídeo inspirado na obra de Tim Burton (filme “Noiva Cadáver”) e referência de artistas como Amy Winehouse, Michael Jackson e Elvis Presley.

Na animação caveiras, se juntam em uma festa com muito Rock’n Roll. Com direção de Ferreristico, o vídeo foi feito com a técnica de stop motion, na qual são tiradas fotos quadro a quadro, que juntas formam uma animação. Os bonecos utilizados foram confeccionados com arame e massa de modelar.

O vocalista Dinho Ouro Preto contou um pouco sobre a concepção do clipe, “A capa do nosso disco ‘Sonora’, lançado em Dezembro, e um dos clipes (‘A Tempestade’) do álbum foi feito pelo João Gabriel Jack. Através dele conheci o Ferraristico que dirigiu com a colaboração do Jack. Eu e Ferreristico, temos em comum uma paixão por Tim Burton, além de vários outros ilustradores. Nós dois, desde o início estávamos sintonizados na mesma frequência, O resultado é surpreendente”.

Na produção em forma de curta metragem, foram introduzidas várias imagens de catástrofes naturais guerras e pessoas usando o celular.

Foto: Fernando Hiro

Dinho revela, “Incluímos as catástrofes que acontecem, desde a primeira guerra mundial, até a catástrofe atual do uso do celular. O que temos visto ultimamente é, as pessoas cada vez mais conectadas a um aparelho e menos conectadas com a vida que acontece em volta delas. Então praticamente elas estão mortas e não perceberam. Essa foi uma crítica que quisermos colocar”.

Além de ser um dos clipes mais legais da carreira do Capital Inicial, essa música é muito atual e nos convida a viver a vida mais intensamente e aproveitando cada momento. Também nos convida a não tornar invisíveis os acontecimentos e as pessoas a nossa volta.

Anúncios

Bad Liar

Mais uma vez representando o Rock de qualidade, o Imagine Dragons lança “Bad Liar”.

Para o single foi gravado um clipe com direção de Ryan Reschenfeld, gravado em Los Angeles na Green Valley High School.

Na produção a bailarina Autumn Miller, coreografada por Marissa Osato, manifesta as emoções do fim de um relacionamento.

O vocalista da banda Dan Reynolds compôs a letra junto com sua esposa. Eles estavam em crise nos relacionamento pensando em se separarem. uma das maneiras de tentar mudar isso foi colocando os sentimentos no papel através de uma música.

Dan revela “Enquanto escrevi amor sabia mas do que se tratava mas também não falávamos sobre o que se tratava”. os dois se separaram mas depois de um tempo reataram o casamento.

De Verdade

O Fresno acaba de lançar “De Verdade”, o terceiro single do próximo disco da banda.

A nova música que traz um tom de melancolia e reflexão, ganhou um clipe com direção de Mário Camelo junto ao vocalista Lucas Silveira, gravado em São Paulo próximo ao metrô Sumaré. O cantor aparece na rua vazia cantando em forma de desabafo. Drones foram usados para as imagens aéreas.

Emocionante, a canção mostra bem como será o próximo álbum do Fresno. Para a Rolling Stone, o cantor Lucas Silveira falou sobre o novo trabalho, ainda sem data para lançamento.

“A gente quer explorar as facetas da tristeza. Seja tristeza com seu país, com a sua vida amorosa, uma tristeza que você não sabe explicar. O disco está tomando essa narrativa”

Lucas completa “A gente percebe que hoje em dia, a tristeza é pintada com um verniz mais bonitinho, o lance da sofrência, da sad music, do trap, que era algo que a gente fazia. Decidimos trazer isso de volta. É um disco que tem coisas cavalonas e coisa que a gente nunca fez, mais leve”.

Nando Reis em Ilha Bela

Curtir música de qualidade e que te traz lembranças de momentos muito bons, é uma delícia, não? Então, que tal conferir de perto show de Nando Reis em Ilha Bela?

O show “Nando Reis – Voz e Violão” marcará presença em uma das cidades praianas mais queridas de São Paulo. No Sábado, dia 26 de Janeiro às 21 horas, no Centro Cultural Baia Dos Vermelhos. Imperdível!

No no repertório grandes sucessos e clássicos em novas versões. Todas elas em voz e violão para mostrar as canções exatamente como foram concebidas.

Foto: Bruno Trindade

Você vai se emocionar e cantar hits como “All Star”, “O Segundo Sol”, “Diariamente”, “Relicário” e “Luz Dos Olhos”.

O show leva o nome do disco lançado em 2015, “Voz e Violão, no Recreio – Volume 1”. O álbum foi produzido por Nando Reis e mixado por Jack Endino em Seattle, nos Estados unidos.

Você não pode perder esta oportunidade única!

Foto: Bruno Trindade

O Show

Quando: 26 de Janeiro de 2019 às 21h

Onde: Avenida Governador Mário Covas Júnior, 11474 – Urubum, Ilha Bela/SP

Ingressos: de R$ 90,00 à R$ 200,00 – http://www.alphatickets.xom.br/bilheteria

Nando Reis em Campos do Jordão

Curtir música de qualidade e que te traz lembranças de momentos muito bons, é uma delícia, não? Então, que tal conferir de perto show de Nando Reis em Campos do Jordão?

O show “Nando Reis – Voz e Violão” marcará presença em uma das cidades mais gostosas e românticas do interior de São Paulo. Na sexta-feira, dia 25 de Janeiro às 21 horas, no Auditório Cláudio Santoro. Imperdível!

Foto: Bruno Trindade

No no repertório grandes sucessos e clássicos em novas versões. Todas elas em voz e violão para mostrar as canções exatamente como foram concebidas.

Você vai se emocionar e cantar hits como “All Star”, “O Segundo Sol”, “Diariamente”, “Relicário” e “Luz Dos Olhos”.

O show leva o nome do disco lançado em 2015, “Voz e Violão, no Recreio – Volume 1”. O álbum foi produzido por Nando Reis e mixado por Jack Endino em Seattle, nos Estados unidos.

Você não pode perder esta oportunidade única!

Foto: Carol Siqueira

O Show

Quando: 25 de Janeiro de 2019 às 21h

Onde: Avenida Doutor Luís Antônio Anobas Martins, 1800 – Alto Boa Vista, Campos do Jordão/SP

Ingressos: de R$ 90,00 à R$ 200,00 – http://www.alphatickets.xom.br/bilheteria

Land Of The Free

Se posicionar politicamente é importante e o The Killers soube fazer muito bem isso em “Land Of The Free”.

Eles foram buscar um dos maiores cineastas para dirigir o seu clipe em forma de documentário. O diretor Spike Lee aceitou o desafio e em Novembro do ano passado, foi com a sua equipe gravar imagens na fronteira entre Estados unidos e México e mostrar o drama dos imigrantes.

Foi a maneira da banda para protestar contra a política de Donald Trump e seus exageros. E foi feito com maestria. O vocalista Brandon Flowers, tem um exemplo de vida. sua avó teve que fugir da Lituânia para se livrar da opressão da União Soviética.

Brendow fala um pouco sobre a situação dos imigrantes e também refugiados. “Nós desonramos os nossos valores, nossos ancestrais e nossa herança quando jogamos bomba em nossos irmãos e irmãs buscando por asilo. Eu vejo a minha família nos olhos vulneráveis dessas pessoas, afinal não faz muito tempo que a minha avó e sua família migrou da Lituânia para a América. Eles preferiram deixar tudo que conheciam para trás, para vir para América, trabalhando duramente em perigosas minas de carvão, do que enfrentar a tirania em seu próprio país”.

Universo Paralelo

Capital Inicial, uma das maiores bandas do Brasil acaba de lançar “Universo Paralelo”, com participação de Lucas Silveira (do Fresno).

Dirigido por Douglas Mendes o clipe mistura imagens distorcidas e difusas com momentos da banda e de Lucas.

Sobre o trabalho com o diretor, Dinho Ouro Preto, vocalista, conta “Ele parecia a pessoa certa, porque a música tem essa questão meio abstrata, tem uma pegada grunge, introspectiva. Eu tinha visto o trabalho do Doug pelo Lucas. E eram umas coisas absolutamente lisérgicas, parecia algo surreal. Havia um quê de etério. Pedi para que ele reproduzir se isso no vídeo da canção. Ele parecia o nome perfeito. O convidei e ele topou na hora. Acho que esse é o clima que o vídeo passa”.

A música é uma das 11 faixas de “Sonora”, o novo disco da banda. Pela primeira vez, o Capital Inicial terá todas as músicas de um disco, transformadas em clipe.

Sobre o disco, em nota à imprensa, a assessoria da banda define “trata-se de um trabalho feito de forma colaborativa e orgânica, em que a banda consegue se equilibrar entre manter-se fiel a sua personalidade, e ao mesmo tempo, apresentar novas sonoridades”.

“Universo Paralelo” é uma composição de Dinho Ouro Preto com Lucas Silveira.

No Hay Mal Que Dure

A banda latina Zoé lança “No Hay Mal Que Dure”, o terceiro single do seu novo álbum “Aztlán” pela Universal Music.

A faixa que tem um ar bastante alternativo, ganhou um clipe com direção de León Larregui.

Gravada na cidade do México, a produção estrelada pelos atores Paulina Davila e Michelle Chicuvet, mostra dois atores que cansados do estresse do dia a dia, buscam criar um mundo só para eles.

Com certeza, Zoé é uma das melhores e maiores banda latinas da atualidade. Seu som é bem particular e conceitual, trazendo uma linguagem única e cheia de sensações e emoções.

Só Eu Sei

Capital Inicial traz uma mensagem de incentivo e esperança para seguir em frente não importa qual for a dificuldade com “Só Eu Sei”.

O clipe com direção de Bruno Fioravanti, foi gravado em Alto do Paraíso na Chapada dos Veadeiros. Participa da produção o ator Rainer Cadete que anda pela paisagem natural do local para se reencontrar e se inspirar em seguir em frente.

Foi utilizado um painel de LED com 12mX16m, onde foram projetadas imagens de céu e mar, que contrastam com a paisagem campestre. Drones captaram imagens aéreas que dão a noção da imensidão do local.

Rainer Cadete e Dinho Ouro Preto

O novo single está em “Sonora”, o décimo álbum da banda com previsão de lançamento ainda para 2018. A letra foi escrita por Dinho Ouro Preto Alvin L e Thiago Castanho. A produção é de Lucas Silveira.

Clareia

Já imaginou ver duas grandes bandas como Francisco ElHombre e Scalene juntas? Pois não precisa mais ficar na imaginação, já é um fato concreto.

“Clareia” fala da dificuldade de entender o mundo confuso em que vivemos e ganhou um clipe incrível com direção de Stéfano Loscalzo.

Foto: Beatriz Péron

Na produção vemos uma partida divertida de futebol de sabão feita para resolver desavenças entre amigos queridos. Participam o cantor Sandro (como juiz) e os integrantes das bandas Plutão Já Foi Planeta e Gor From Alaska.

Tomás da scalene resume a vibe da nova música “Clareia coloca música como ponto de conexão e Um dos fatores capazes de acalentar a alma diante dos tempos nebulosos. E lançar uma faixa exaltando a alegria de se fazer e viver de música, em momentos como este, a torna ainda mais importante e emocionante”.

O roteiro do vídeo foi escrito por Lucas (Scalene) e Mateo (Francisco El Hombre) que revela “Quando colocamos adultos em situações de crianças, parece que todo mundo volta a ser criança. Como aconteceu nesse jogo de futebol de sabão”. Ele ainda completa “Tem um monte de gente se atacando, dividida em dois lados. A música pode unir a gente”.

Uma das parcerias mais bacanas do rock nacional mais conquistar você em cheio. Um som que fusiona as almas das duas bandas, resultado em uma sonoridade única e marcante.

Hoje Sou Trovão Parte 2

Com participação de Caetano Veloso, a faixa “Hoje Sou Trovão” do Fresno acaba de ganhar uma segunda versão com versos do rapper Rashid.

O rock eletrônico que mistura MPB recebeu um toque de Recolher, nesta parte dois que deu um ar mais moderno.

O clipe com direção de Rafael Rocha conta com a participação do ator Ícaro Silva, que com o corpo todo pintado faz uma performance que representa o caos interno de cada um.

A canção faz parte da trilogia intitulada Galena, que teve como primeira parte a faixa “Convicção”.

Te Conecta

Renovando sua sonoridade misturando o Rock com Reggae e Dub, Pitty lança “Me Conecta”.

O clipe traz uma estética toda retrô e foi gravado em São Paulo na linda Casa Amarela com direção de Cisco Vasques.

Além da banda de Pitty participam da produção Emily Barreto, Tássia Reis, Carolina Borrego, Ju Rangel e Claudinha Rosa.

Pitty escreveu a canção em um momento de reflexão pessoal sobre a busca de um lugar de conexão consigo mesma.

Sobre o vídeo, o diretor conta “Acho a Pitty uma artista de muita presença e personalidade. Assistir aos clipes dela e vi que ela já trabalhou com várias estéticas. Segui a ideia de fazer algo simples e com muita classe, pensando numa fotografia elegante. Queríamos mostrar as coisas como são, um lado bem humano.

Cisco completa “Para o cenário veio a ideia de uma casa que ligasse Havana ao Brasil com tons quentes, como vermelho. E sempre tendo a música como protagonista”.

Uma das rockeiras mais queridas do Brasil está preparando seu novo disco e seguindo com a turnê “Matriz”, com um show onde ela desejou ter o público mais pra perto, em um clima mais intimista.