Ni Una Más

Pastora Soler, um dos maiores nomes da música espanhola, lança o clipe de “Ni Una Más”.

A nova produção mostra a cantora em meio à uma banda formada apenas por mulheres e também sozinha usando um vestido vermelho e até mandando sinais de fumaça. Junto com o seu olhar, esta fumaça expressa o sentimento de liberdade e a mensagem da canção.

O novo single fala contra violência à mulher e sobre a necessidade de mudança e recomeçar do zero.

Composta pela também cantora Vega e produzida por Pablo Cebrián, a música faz parte do disco “La Calma” lançado em Setembro de 2017 pela Warner Music e que conquistou o primeiro lugar de vendas na Espanha no mês de estreia.

Pastora Soler

O Me Gusta vai falar de uma cantora latina de muito sucesso e voz marcante. Com o nome artístico de Pastora Soler, Pilar Sánchez Luque nasceu na Espanha em 28 de Setembro de 1978 e começou a carreira aos oito anos de idade cantando versões e música flamenca. Aos oito começou a se dedicar a aulas de canto e depois de formada entrou para uma companhia por onde atuou pela cidade de Andalucía.

Em 1986 foi lançado seu primeiro trabalho independente chamado ‘Gracias Madre’ com canções em homenagem as mães e que a fez se apresentar em diversos lugares. Em 1993 assinou contrato com a gravadora Polygram após ser ouvida cantando junto à Irmandade da Virgem da Macarena de Sevilha. No ano seguinte após conhecer o produtor musical Luis Sanz, adotou o nome artístico de Pastora Soler e com ele lançou seu primeiro disco ‘Nuestras Coplas’.

Com uma pitada mais moderna e deixando de lado as versões e o Flamenco do trabalho anterior, foi lançado mais um disco (‘El Mundo Que Soné’) com participações de grandes nomes da música latina como Manuel Alejandro e Eros Ramazzotti, sendo o último pela Polygram. As participações deram a ela notoriedade pela américa latina, o que a levou a estourar de verdade com o terceiro CD, ‘Fuente De Luna’ em 1999 pela EMI Music com uma pitada de música árabe em algumas faixas. Seu primeiro sucesso grande sucesso ‘Dámelo Ya’, surgiu nessa época e conseguiu o primeiro lugar nas paradas da Espanha e na Turquia por  onde ficou durante oito semanas seguidas. Na Espanha o disco vendeu 120 mil cópias.

Em 2001 chegou o sucesso internacional através do álbum ‘Corazón Congelado’ que a deu hits como ‘En Mi Soledad’, ‘Ven A Mi’ e ‘Corazón Congelado’ e vendeu 200 mil cópias na Espanha. Após ser considerada uma das melhores vozes da Espanha, Pastora lançou mais um disco em 2002 chamado ‘Deseo’, onde resolveu inovar e incluir elementos eletrônicos, deixando as canções mais pop, além de toques árabes em algumas faixas. em vendas atingiu em seu país 80 mil cópias. No ano seguinte participou junto a outras cantoras como Malú, Marta Sánchez e Marilia Andrés do DVD ‘Ellas & Magia’ com canções de filmes da Disney, cantando a faixa ‘Mi Reflejo’ de Mulan (originalmente gravado por Christina Aguilera). Para celebrar o sucesso em 2004 foi a vez do lançamento do disco ‘Grandes Éxitos’ (o último pela EMI). Depois participou da gravação de um DVD e CD onde artistas latinos cantavam versões em espanhol de músicas brasileiras em homenagem aos nossos artistas.

Pastora-Soler

2005 foi um ano de renovação para Pastora Soler. Após sair de sua antiga gravadora, a cantora assinou com a Warner Music e além disso ganhou um programa de TV chamado ‘Gente de Primavera’. Um novo disco homônimo foi lançado já de cara em 18º lugar em vendas na Espanha.

2007 e 2009 foram anos de sucesso com os lançamentos dos discos ‘Toda Mi Verdad’ e ‘Bendita Locura’, respectivamente. Neste tempo também a cantora ganhou diversos prêmios e fez sucesso muito grande no Egito. ‘Bendita Locura’ ficou entre os 8 discos mais vendido de 2009 na Espanha. 2010 comemorando os 15 anos de carreira lançou o disco ’15 Años’ com direito participações de Malú, Miguel Poveda e Manuel Carrasco, além de DVD. Além disso teve um segundo programa de TV (‘Mi Primer Olé’).

Em 2011 mais sucesso veio com o disco ‘Una Mujer Como Yo’ que ficou entre os 3 mais vendidos da Espanha, além do dueto ‘Bandera Blanca’ com David Bustamante (com o qual a pessoa que vos escreve conheceu a cantora). Em 2013 foi o ano de mais um programa de TV, o ‘El Número 1’ e do disco ‘Conóceme’. Após passar mal em alguns shows, Pastora Soler resolveu dar uma pausa em sua carreira no fim de 2014 para tratar da saúde.

Agora em 2017, a talentosa cantora e apresentadora retomou sua carreira no início do ano, com o single ‘La Tormenta’. O novo álbum ‘La Calma’ foi lançado em Agosto e ela segue fazendo a divulgação de seu novo material discográfico pela Warner Music. O nome do disco é resumido por ela “Y despues de La Tormenta siempre llega La Calma” (‘E depois da tormenta sempre chega a calma”) e resume a superação da artista e a volta por cima que ela deu após ficar doente e ter de parar com o que mais ama fazer, cantar.

Sem duvidas, Pastora Soler é uma das maiores cantoras da história da música da Espanha e inspira muitas e muitas artistas com seu talento, sua voz e suas canções que marcam cada pessoa que as ouve. Posso dar uma dica? Ouça a discografia delas nas plataformas digitais e se apaixone.