Qué Pena

A parceria mais aguardada dos últimos anos na música latina, finalmente é realidade. J Balvin e Maluma lançam juntos o single “Qué Pena”.

A música ganhou um clipe incrível com direção de Colin Tilley. Na produção, Balvin e Maluma se encontram em um cassino e fazem a festa ao lado de belas garotas. Destaque para um imitando o outro assim que começa o clipe.

Sobre essa e as outras parcerias que fez, Maluma revela “Apenas coisas boas estão acontecendo na minha vida”. E ele completa, “Eu venho trabalhando duro pra realizar os meus sonhos”.

Antes de anunciar a parceria, em 2018, J Balvin disse “Se Maluma e eu pudermos nos apoiar para iniciar um movimento e inspirar outros, faremos isso”. E é muito especial que isso que ele tinha dito, possa ter se tornado real. É mais uma prova de que a união faz a força.

O mais bacana desse dueto é que o som ficou a cara dos dois e traz o Reggaeton bem próximo ao do começo da carreira dos dois. Para quem admira o trabalho de ambos, é uma emoção muito grande ver esse encontro.

No vídeo é muito bacana ver eles brincando em algumas cenas com a rivalidade que a mídia e fãs diziam que eles tinham.

Esse não é apenas um momento importante para a música latina. Mais do que isso, é algo que vem para reafirmar a importância de as pessoas se juntarem, por aquilo que têm em comum, para ter mais voz e fazerem a diferença no mundo. Uma bela lição de J Balvin e Maluma.

No Se Me Quita

Vivemos um momento em que precisamos de leveza, alegria e amor. E é isso que Maluma e Ricky Martin trazem com “No Se Me Quita”.

Dirigido pelo aclamado Nuno Gomes e gravado em Miami, o clipe do novo single mostra os cantores se divertindo em uma linda praia. Ricky acaba ajudando sem querer, Maluma a chamar a atenção de uma gata com muito humor.

Essa é a segunda vez que os dois artistas gravaram juntos. A primeira foi na canção “Vente Pa’ Cá“, que chegou a atingir mais de 1,5 bilhão de visualizações no You Tube. Os dois dizem que juntos formam “uma parceria que nunca falha”. E realmente é verdade.

Madame X

Em 2017, Madonna resolveu se mudar para Portugal para tentar investir na carreira do filho David como jogador de futebol. Com o tempo ela foi conhecendo os artistas, pintores e músicos que moravam no país ou eram visitantes.

Além dos portugueses, a cantora conheceu muitos brasileiros, latinos e africanos. Assim, ela pode ter contato com muitas influências musicais bem diversas.

Essas sonoridades diferentes inspiraram a diva pop e podemos nos deliciar com essa mistura de sons ao ouvir “Madame X”, o novo álbum de Madonna.

Capa da versão deluxe de “Madame X”

O décimo quarto disco da Rainha do Pop, foi produzido pela própria cantora junto com Mirwais. Eles também contaram com as participações de Jeff Bharker, Pharrell Williams, Diplo, Billboard, Mike Dean e Jason Evgan na produção de algumas faixas.

A música que abre o álbum, é o primeiro single “Medellín”com participação de Maluma. A canção que já conquistou o mundo todo misturar o Pop com Reggaeton e a nossa diva se apropria da latinidade deste ritmo com maestria e dando total destaque ao companheiro de música.

Maluma e Madonna

Temos também o single “Dark Ballet” que é muito impactante e tem uma sonoridade bem elaborada e experimental ao falar sobre o mundo que tanto oprime e tenta dizer o que é normal. Tem até pedaço da música clássica de Tchaikovsky.

Madonna também conseguiu trazer uma sonoridade única para a faixa “God Control”. A música fala sobre a humanidade estar se perdendo e que já é hora de acordar. a gente vai colocar farinha aqui aí começamos a música bem Gospel e de repente ela se transforma em uma música eletrônica que nos faz querer ir para pista. E depois volta para o coral Gospel que se junta aos elementos eletrônicos.

E quem poderia imaginar Madonna cantando Reggae? É isso que acontece na faixa “Future” com participação de Quavo que nos inspira a aprender com o passado.

Madonna e Quavo

A cultura africana também está presente no álbum em “Batuka”. O arranjo conta com o batuque e o cântico religioso das africanas. A faixa tem o filho de Madonna, David Banda como um dos compositores.

A cantora, que sempre lutou pela igualdade, se põe no lugar de todas as pessoas vítimas de opressão e preconceito em “Killers Who Are Partying” e ela até canta Fado. em Portugal também é homenageado na música “Crazy”, onde além do inglês nossa rainha canta em português (o de lá).

Destaque também para a música “Crave”, com participação de Swae Lee. Um Hip Hop envolvente que traz um toque todo especial ao disco.

Sem dúvida um dos grandes pontos altos deste novo disco é a presença de Anitta. Elas gravaram uma nova versão para a música, de mesmo nome, gravada pela cantora Blaya, uma recifense que foi morar em Portugal aos 16 anos. A brasileira colocou Madonna para cantar funk e ainda ensinou a companheira a cantar quase a música toda em português. E posso dizer que adorei o desempenho da diva pop. Para quem não fala nossa língua, ela mandou muito bem.

Anitta e Madonna

E para a surpresa de muitos, Maluma participou de uma segunda música. O colombiano e Madonna se jogaram em um Reggaeton daqueles chamado “Bitch I’m Loca”. Mais uma das melhores faixas do disco.

E por que será que o álbum se chama “Madame X”? A própria Madonna explica “Madame X é uma agente secreta. Viajando ao redor do mundo. Trocando de identidades. Lutando por liberdade. Trazendo luz à lugares escuros. Ela é uma dançarina. Uma mestre. Uma chefe de estado. Uma dona de casa. Uma equestre. Uma prisioneira. Uma estudante. Uma mãe. Uma filha. Uma professora. Uma freira. Uma cantora. Uma santa. Uma prostituta. O espiã na casa do amor. Eu sou Madame X”.

A rainha também revela qual mensagem quero passar para o seu público com o disco. “Elas têm o direito de expressar seus pensamentos, de serem livres, de serem quem são, de serem orgulhosas de quem são, de sonhar o que algumas pessoas diriam que é um sonho impossível. E a importância da comunidade, da amizade, da família, de ser conectado com outros humanos”.

Neste novo trabalho, Madonna mostra mais uma vez, que é a artista pop mais completa e mais ousada do mundo. Um disco digno de uma rainha.

É muito legal ver a cantora, aos 60 anos, se reinventando e inspirando as pessoas a serem elas mesmas e a buscarem os seus direitos, sem deixar de andar com a cabeça erguida.

Muitos críticos musicais dizem que este é o melhor álbum da cantora desde o clássico “Confessions On A Dance Floor” de 2005. E afirmo, que realmente isso é verdade.

Além de ser um dos melhores álbuns da carreira de Madonna, não resta dúvida que é também um dos melhores discos de Música Pop dos últimos anos. Um álbum que nos impacta e nos arrepia em vários momentos, além de ser inspirador.

“Madame X” é um lançamento da Universal Music com versão standart com 13 canções e uma versão deluxe com duas a mais.

Capa da versão standart de “Madame X”

Lo Que Era, Lo Que Soy, Lo Que Seré

Agora é a vez de Maluma lançar o documentário sobre sua vida e carreira. E você já pode conferir “Lo Que Era, Lo Que Soy, Lo Que Seré”.

O filme já está disponível no You Tube no canal do artista E você ainda pode escolher a opção de legenda em português ou inglês.

A produção vai mostrar imagens da carreira de Maluma, trechos exclusivos de shows e depoimentos de amigos, familiares e do próprio cantor. A direção é do mega talentoso Jessy Terrero.

Sobre o documentário, Maluma conta “Achei que seria importante que as pessoas soubessem o que eu passei desde que comecei a minha carreira. Eu queria que elas vissem minha família, entrassem na minha casa e soubessem de onde eu venho”.

Ele ainda completa, “Eu quero mudar a mentalidade de muitos jovens e mostrar que realizar o sonho é possível”.

Ao apresentar a produção Maluma falou um pouco sobre si mesmo “O sonho deste jovem foi encher concertos e deixar uma marca no mundo. Eu via um futuro no futebol, mas desde pequenino a música me encantava. Ter que esconder esse sofrimento foi muito difícil. Sacrifiquei tudo, meus amigos, minha família, foi o preço que tive que pagar para me tornar o que sou hoje em dia”.

Você vai se surpreender ao assistir este documentário, que em português se chama “O Que Eu Era, O Que Sou, O Que Serei”. Esse título resume muito bem o que veremos nesta produção. Uma grande oportunidade de conhecer melhor Juan Luis Londoño Arias, nosso querido Maluma.

Ahora

A espera de 3 anos finalmente acabou. O Reik lança o sexto álbum de sua carreira, “Ahora” inovando seu som sem perder a essência.

Autoral, o novo projeto vem com diversas colaborações nas composições. O disco lançado pela Sony Music conta com a produção de grandes nomes da música latina como Marcos Ramírez, Rude Boyz, Wisin, Andreas Castro, Danny Ocean, Sky, entre outros.

Neste novo trabalho, o Reik renovou a sonoridade de suas canções, se jogando pra valer no Reggaeton. Eles revelam que decidiram fazer essa inovação, porém falando dos temas que o o grupo sempre explorou, já que se mudassem isso perderiam a essência e não fariam de uma forma bacana.

Sobre cantar Reggaeton, o trio conta “Percorrer a música urbana foi um risco para nós. Não sabíamos se as pessoas iriam curtir isso ou não, mas estamos em uma posição muito privilegiada, e a nossa meta agora é fazer coisas interessantes e experimentar. Não cair naquilo que muitos artistas caem, principalmente os latinos, que é encontrar uma fórmula e a repetir até cansar”.

Para abrir o disco, temos “Me Niego’ um grande sucesso que chegou na parada de vários países, até do Marrocos. Com esse primeiro single, o Reik entrou no Reggaeton da maneira mais triunfal possível, juntando a eles uma das maiores lendas do gênero, Wisin e um dos principais nomes da nova safra, Ozuna.

Aliás, participações especiais é o que não falta. O colombiano Maluma emprestou todo seu talento em “Amigos Con Derechos” para falar daquela amizade colorida. Já Wisin y Yandel, a dupla de Reggaeton mais famosa do mundo, ajudam a contar a história de um pé na bunda que veio após diversas mancadas no mega hit “Duele”.

Destaque para “Aleluya” com participação de Manuel Turizo e para “Maldita Despedida”, que prometem ser dois grandes amores dos fãs. Com uma linha mais melódica, as duas faixas receberam um Reggaeton mais envolto de sentimentos e emoções.

Se alguém achou que o Reik iria apenas gravar Reggaeton, se enganou. Fugindo um pouco desse gênero, o grupo também se jogou no Pop que o consagrou.

“Ráptame” é a música mais Pop do disco (a favorita de quem vos escreve) e com uma roupagem moderna, é uma declaração intensa de amor, que pede até o rápido rapto pela pessoa amada. Bem sedutora “Brújulas” mostra um homem apaixonado, que é diferente dos demais e sabe tratar a quem se ama.

E não tem como não se emocionar com “Aunque No Deba”. Nessa faixa com participação de um dos maiores nomes da música latina, Tommy Torres, o Reik resgata a música romântica que tanto os impulsionou. Sem dúvida, uma das letras mais bonitas da história do grupo.

O Reik realmente está de parabéns. Conseguiram fazer Reggaeton com muita qualidade e sem perder a sua essência. Suas músicas e letras tem o mesmo espírito e a mesma vibe que o trio sempre teve. Eles apenas renovaram seu som.

Eles acertaram em cheio também ao rechearem o disco com duas músicas, onde mantiveram o seu Pop e uma faixa bem romântica.

Mais uma vez, o Reik mostrou porque é o grupo pop mexicano mais bem sucedido dos últimos tempos e de tanto prestígio.

Inclusive eles são os artistas mexicanos com a maior quantidade de ouvintes mensais no Spotify e ao todo ultrapassaram 5,6 bilhões de reproduções na plataforma.

11 PM

Além de novo CD, Maluma lança seu novo clipe para a faixa “11 PM” bem colorido e divertido.

Com direção de Nuno Gomes, a produção mostra uma garota de família abastada com o noivo riquinho com quem não é feliz e que a trata mal. Por outro lado ela se envolve com um cara (Maluma) mais simples, mas que faz muito bem a ela, a trata bem e a diverte.

O vídeo veio para comemorar o novo álbum “11:11“, lançado no mesmo dia pela Sony Music.

Sobre o significado de 12:11, o cantor explica “é um sinal direto de nossos guias, anjos e mestres para estabelecer um momento de conexão, sincronicidade e consciência com nós mesmos, com o todo. É um despertar, uma porta para meditar, para ouvir nossa intuição, para olhar para o nosso interior, para parar e sentir as energias sutis do universo, é um chamado da nossa essência, um lembrete do nosso verdadeiro propósito. na terra, é um chamado para confiar”.

11:11

A espera por fim acabou. Já está entre nós “11:11”, o novo álbum do Maluma. O Me Gusta tinha já escutado o CD e agora posso contar tudo deste trabalho que sem dúvida é um dos melhores da carreira do colombiano mais amado do Brasil.

Lançado pela Sony Music, o disco tem 16 faixas e foi produzido por diversos produtores craques do mundo da música. Entre eles Tainy, Madmusic, Edgar Barrera “Edge”, Tezzel e Ilya Salmanzadeh.

O cantor explica a escolha do título do novo trabalho, “11:11 é um sinal direto de nossos guias, anjos e maestros para estabelecer um momento de conexão, sincronicidade e consciência com nós mesmos, com o todo. É um chamado para despertar, é uma porta para meditar, escutar nossa intuição, olhar em nosso interior, tempo para pararmos e sentirmos as energias sutis do universo. É um chamado de nossa essência, um lembrete de nosso verdadeiro propósito na terra”.

Capa de “11:11”

Abrindo o disco temos “11 PM”, um Reggaeton mais lento e compassado que fala sobre a mulher se valorizar e não dar corda ora aquele cara que a deu valor.

O primeiro single “HP” é todo dedicação às mulheres e fala da garota independente que cansou de tanto cara idiota e que os põe em seus lugares. Um tempinho depois de Maluma colaborar com o amigo, Ricky Martin o presenteia com sua participação em “No Se Me Quita” sobre aquela conexão imediata, sem explicação, que você sente num beijo, num toque e que depois a pessoa não sai da sua cabeça.

Três grandes nomes do Reggaeton atual também estão no álbum do Colombiano. Ozuna participa em “Dispuesto” em clima de sedução, Nicky Jam empresta o seu talento para falar daquela mulher que se ama muito e que é inesquecível em “No Puedo Olvidarte” e a dupla Zion e Lennox aparecem em “Extrañandote” para falar do desejo de quê amada retorne, não importa quanto tempo demore.

O romantismo aparece em “Dinero Tiene Cualquiera”, que vem com a voz de Maluma mais suave e com guitarra latina para lembrar que amor é muito mais importante que qualquer coisa material que se possa desfrutar.

Uma música é surpreendente. “Soltera” logo de cara começam com um pouco de música indiana e logo a gente pensa em Madonna. E é exatamente ela quem divide a faixa com Maluma. Aquela música que te faz querer dançar e muito. Uma das melhores do CD. Muito orgulho de nosso “Maluma Baby”.

Maluma se joga na Salsa e mostra que tem personalidade e que sabe muito bem navegar neste ritmo em “Te Quiero”. Uma grata surpresa de tirar o fôlego.

Para completar as colaborações do disco temos a amada “Instinto Natural” com Sech, “Tu Vecina” que com Ty Dolla Sign mistura Reggaeton, Hip Hop e salsa com merengue, “La Flaca” que com Chencho Corleone trás um pouco mais de Hip Hop e “Puesto Pa’Ti” junto à Farina para te animar.

Finalizando o álbum com chave de ouro, “Déjale Saber” onde um homem pede que a amada dê o recado ao ex, dizendo que ela está bem mais feliz agora na nova relação, sem maltrata e com a vida andando melhor.

Contracapa com a Tracklist de “11:11”

Maluma conseguiu em seu novo trabalho discográfico trazer inovações à sua música, lembrar a sua essência musical de início de carreira em algumas faixas, modernizar o Reggaeton e escalar um time de primeira para cantar com ele. Isso faz de “11:11”, um dos melhores discos de sua jornada musical.

Podemos dizer que este álbum conversa e muito com o título “11:11” e seu significado. O CD consegue conectar Maluma com seu eu artístico e pessoal, mostrar a importância da intuição e emanar energia positiva ao universo.

Mais um mega acerto de Maluma, que mostra de uma vez por todas que seu talento e sua versatilidade vieram para ficar e voarem mundo afora.

Hola Señorita

O rapper congolês Gims e o colombiano Maluma unem suas forças no bilíngue “Hola Señorita”.

A canção que mistura francês com espanhol, ganhou um clipe dirigido por Said C Naciri. As gravações aconteceram no Marrocos na cidade de Marrakech e o vídeo mostra os cantores rodeados de mulheres como em um harém.

O mais bacana é que as gravações tiveram apoio do ministério de comunicação e cultura do Marrocos. Isso possibilitou que as cenas fossem gravadas em pontos importantes da cidade.

Vale muito a pena conferir este hit e seu vídeo. Maluma pôde ampliar o seu público e agregar na carreira de Gims pela América Latina. A parceria resultou uma música alegre e contagiante que vai conquistar o mundo todo.

Ocean

Pela Universal Music, o segundo álbum de Karol G já está entre nós. “Ocean” vai te conquistar com suas canções cheias de amor, atitude e sensualidade.

O mais bacana é que parte de toda venda do álbum e de downloads será revertida para a limpeza dos oceanos. “É nosso trabalho fazer a diferença e deixar o mundo um lugar melhor”, como a própria loira diz.

E porque Karol escolheu “Ocean” como título do novo trabalho? É simples e ela mesma explica. “Um ano atrás eu estava na Espanha, em Tenerife, olhando o oceano. Eu estava pensando no paralelo entre o oceano, a vida e a música”.

Capa de “Ocean”

Ela ainda completa “O oceano é algo que dá vida e também leva embora, pode ser calmo ou tempestuoso. Nós sabemos muito pouco sobre o oceano e a vida é assim também. Nós conhecemos pessoas, mas não sabemos realmente o que elas estão passando por dentro”.

A produção do disco foi feita por grandes nomes como Sky Rompiendo, Chris Jeday, Mambo Kingz, Andy Clay, Rayito e Anuel AA. A cantora revela “Eu trabalhei com diferentes produtores de todos os gêneros, tentando criar diferentes estilos de música, de urbanas a eletrônicas a baladas”.

“Ocean”, que dá nome ao álbum é a primeira faixa que de cara trás muito romantismo. Uma linda declaração de amor, à aquele que te fortalece, te soma na vida. A música é acompanhada por sons de praia e mar.

Um dos mais recentes sucessos de Karol é “Punto G”. Sem dúvida uma das melhores músicas. Um Reggaeton que brinca com a letra G, usada não só para falar da referência sexual do tal ponto G, mas também com o G do nome artístico da artista.

Vice já imaginou ouvir Karol cantando Reggae? Pois é. No disco temos um Reggae de primeira com a participação mais que especial de Damian Marley, um dos filho de Bob Marley. “Love With A Quality”, é uma música animada, acompanhada de batidas eletrônicas inseridas ao Reggae.

Pra quem não sabe, o namorado de Karol G é Anuel Aa. E ele que também é um dos produtores, não podia deixar de cantar com ela. E não em uma, mas em duas canções. O single “Culpables” fala do famoso chumbo trocado após uma traição com uma levada mais Hip Hop. Já “Dices Que Te Vas” é romântica e uma das mais belas te inspira a não desistir do amor.

Anuel Aa e Karol G

Após decepções amorosas o nosso coração fica mais duro, não é verdade? Através desse conceito,”Sin Corazón” trás muita identificação aos fãs. Os fãs também são empoderados pela sensualidade do grande sucesso “Pineapple”, que nos deixa com mais auto estima.

O nosso Brasil também está presente no álbum de Karol G. Somos muito bem representados pela dupla Simone e Simaria. As coleguinhas se juntaram à artista em “La Vida Continuó”. A canção fala sobre seguir a vida após uma decepção amorosa que nos fortalece e nos deixa mais espertos. Destaque para adaptação dos trechos em português que ficaram impecáveis.

Este trabalho também traz um dos maiores sucessos mundiais de 2018,”Mi Cama”. Tocada nos quatro cantos do planeta, a faixa fala da mulher independente que manda na sua vida em todos os setores e também em sua cama. O sucesso foi tão grande que ganhou um Remix com a participação de J Balvin e Nicky Jam, também inclusa neste CD.

Mas dois grandes nomes do Reggaeton participam do disco. Yandel empresta seu talento para “La Ocasión Perfecta”que com uma pegada eletrônica fala das oportunidades que temos para nos apaixonar ainda mais pelo outro. E o talentoso Maluma, mostra a sua bela voz na romântica “Créeme” sobre reconquista. É muito bacana como a voz dele e a de Karol G ficaram harmoniosas juntas.

Maluma e Karol G

O novo álbum termina com chave de ouro. Daney Suárez faz uma participação no Rap inspirador, “Aprendí”. É muito importante valorizar os todos os aprendizados que a vida nos traz. Assim podemos refletir sobre tudo e nos tornarmos mais fortes e mais capazes de realizar nossos sonhos e metas.

Realmente, “Ocean” é o melhor disco de Karol G. Suas 16 músicas tem a capacidade de nos envolver, nos alegrar e ensinar que independente das pedras no caminho, podemos tudo o que quisermos e que o amor vence tudo.

Essas sensações e identificação que temos ao ouvir o disco são possíveis graças ao que a própria artista contou. “Eu coloquei minha alma e coração nas letras. Elas são baseadas na minha vida”. Ela ainda completa “Basicamente, quem escutar o meu álbum, não vai escutar Karol G. Escutaram Carolina, a pessoa”.

A vibe e as temáticas desse trabalho discográfico são resumidas pela própria cantora que se chama Carolina Giraldo Navarro. “Karol G é alguém que sempre vai cantar sem filtros sobre amor, mágoa, sexualidade, sensualidade, festa”.

“Ocean” é um daqueles álbuns que podemos escutar muitas e muitas vezes, mas não enjoa e queremos ouvir mais, de novo.

Com este disco, Karol G mostrou que veio para ficar e conquistar ainda mais todo o mundo, com sua música envolvente e todo seu talento e sensibilidade.

Madonna e Maluma – Billboard Music Awards

Nesta Quarta, dia primeiro de Maio aconteceu a primeira apresentação ao vivo do single “Medellín”. Madonna e Maluma mostraram que juntos têm muito fogo pra incendiar o mundo com sua música.

E que performance incrível! Eles vieram triunfais. Conseguimos ter acesso a diversas faces de Madonna através de hologramas incríveis, com muita sincronia. Até chuva o holograma trouxe. Isso tudo em conjunto com os bailarinos e o cenário formaram uma apresentação sem igual.

E que química incrível entre esses dois aconteceu. Muito à vontade no palco, os dois mostraram que se entendem no olhar e que estavam curtindo muito estarem juntos naquele momento.

Madonna se mostrou mais do que a dona do pedaço, uma artista e uma mulher muito generosa e calorosa quando está dividindo o palco com alguém. Fora o vigor dela aos 60 anos. Uma verdadeira Rainha do Pop.

Maluma por sua vez, mostrou de uma vez por todas o motivo de seu sucesso. Além do talento e afinação que todos sabemos que ele tem, o colombiano mostrou que não domina apenas o Reggaeton, domina também o Pop. Mostrou que é um artista multifacetado, algo já visto em sua versão Salsa do sucesso “Felices Los 4”.

A resposta do público durante a apresentação foi outro ponto alto. Todo mundo vibrou, trazendo ainda mais força à apresentação de Madonna e Maluma.

Sem dúvida, Maluma e Madonna formaram um das melhores duplas que já podemos ver na história da Música Pop Mundial. Não é à toa que gravaram três músicas juntos. Duas para o disco dela e uma para o disco dele.

Essa parceria vem também, para brindar o sucesso da música latina e de seus artistas no mundo todo, que se deve à riqueza da cultura latina, à entrega que os artistas latinos tem e ao lado “caliente” de todo bom latino.

Vem Aí “11:11”

Finalmente já temos a data do lançamento de “11:11” o novo álbum do colombiano Maluma. E está pertinho de acontecer.

Poderemos conferir todas as novas canções, no dia 17 de Maio e o disco já está em pré-venda. Nele teremos mais uma parceria do cantor com Madonna na faixa “Soltera”.

Capa de “11:11”

O cantor explica o título do novo trabalho, “11:11 é um sinal direto de nossos guias, anjos e maestros para estabelecer um momento de conexão, sincronicidade e consciência com nós mesmos, com o todo. É um chamado para despertar, é uma porta para meditar, escutar nossa intuição, olhar em nosso interior, tempo para pararmos e sentirmos as energias sutis do universo. É um chamado de nossa essência, um lembrete de nosso verdadeiro propósito na terra”.

Além de Madonna, participam do disco de Maluma artistas queridos como Ricky Martin, Ozuna, Nicky Jam, Zion, Lennox, entre outros.

Track List de 11:11

Lembrando que o primeiro single foi a canção “HP”, que já é um grande sucesso.

Agora nos resta esperar só mais um pouco, para descobrirmos o que Maluma preparou para todos nós. E á temos certeza que será algo muito bacana.

Medellín

Já está no ar o tão aguardado clipe de “Medellín”, a parceria de Madonna e Maluma. E o resultado ficou de incrível e surpreendente.

Com direção da dupla espanhola Diana Kunst e Mau Morgó, a produção com estética inspirada em artistas surrealistas como Frida Kahlo, mostra os cantores como um casal que se casa em grande estilo.

No começo do vídeo, Madonna aparece em uma igreja fazendo uma oração onde em dado momento diz “eu nunca serei o que a sociedade espera que eu seja”. Depois ela aparece com maluma em cenas para lá de calientes com direito até de cenas referentes ao mundo do sadomasoquismo.

Vale ressaltar que no clipe a rainha do Pop, vive sua personagem Madame X, que dá nome inclusive ao novo álbum. Sobre a personagem ela conta “Madame X é uma agente secreta viajando ao redor do mundo. Mudando de identidade. Trazendo luz para lugares obscuros. Madame X é uma dançarina. Uma professora. Uma chefe de Estado. Uma prisioneira. Uma estudante. Uma mãe. Uma criança. Uma freira. Uma cantora. Uma santa. Uma prostituta. E uma espiã na casa do amor”.

Destaque para o vestido de noiva usado pela cantora, que lembra muito o vestido do vídeo de “Like A Virgin” e que acompanha um chapéu country, o que lembra a sua fase do álbum “Music”.

É muito bacana ver como Madonna realmente não deixa de estar antenada nas tendências musicais do mundo. além de antenada ela sabe como ninguém por em prática de forma impecável. E foi isso que ela e maluma fizeram nesse hit, que mistura o pop com a música urbana latina.

Uma estreia triunfal deste novo trabalho. O álbum “Madame X” será lançado em Junho pela Universal Music.

La Respuesta

Becky G e seu amigo Maluma unem suas vozes na animada e envolvente “La Respuesta”.

O novo single ganhou um belo clipe dirigido pelo renomado Daniel Duran e com uma estética inspirada na década de 1950, mostra uma comunidade onde são as mulheres ‘que mandam’.

Sobre a música que segundo a cantora é “tudo sobre libertar-se de estereótipos”. Segundo Becky G, “A música tem uma mensagem poderosa e também é muito divertida. Espero que ‘La Respuesta’ sirva para empoderar mulheres jovens e fazer com que todos cantem e dancem“.

Mais uma parceria entre os dois que promete ser sucesso no mundo todo. Becky G já participou de uma canção de Maluma, a versão remix de “Mala Mia” junto a Anitta.

Medellín

Se você sonha alto, continue. Você pode realizar. É isso que aconteceu com o Maluma. Seu sonho é agora realidade. Ele gravou com Madonna e de quebra, está no primeiro single escolhido para o novo álbum da Rainha do Pop.

A música chama “Medellín”, uma referência a cidade onde o cantor nasceu. Temos uma mistura de inglês com espanhol, e também do Pop com o Reggaeton. Destaque para o espanhol da Madonna, muito bem pronunciado.

Nas redes sociais Maluma comemorou a estreia do single. “Isso me parece incrível. Eu continuo sem acreditar, mas sim, é uma realidade!”

A faixa faz parte de “Madame X”, o novo e décimo quarto álbum da diva Madonna. O clipe será lançado no dia 24 de Abril, com transmissão pela MTV.

E para alegria e surpresa e todos os fãs do Maluma, no disco tem mais uma música com participação dele chamada “Bitch I’m Loca”.

Madonna também contou sobre a escolha do nome do novo disco, através de uma personagem. “Decidi chamar meu álbum de ‘Madame X’. Uma agente secreta viajando ao redor do mundo, trocando sua identidade, lutando por liberdade, trazendo luz a lugares sombrios. Ela é uma professora de dança, uma chefe de estado, uma governanta, uma prisioneira, uma estudante, uma freira, uma cantora de cabaret, uma santa e uma prostituta”.

HP

Maluma vem com tudo em “HP” uma de suas melhores músicas que acaba de ser lançada.

O clipe gravado em Miami na área de Wynwood, com direção de Nuno Gomes é todo colorido e mostra Maluma e sua galera se divertindo muito pela cidade. Um convite para sair, dançar e se divertir.

Sobre a inspiração para nova música, o artista contou para Rolling Stone, “Eu tenho amigas na Colômbia, de onde eu sou, E essas garotas estavam dizendo que estavam cansadas de idiotas, cansadas desses caras que não as respeitam e que os colocam no lugar em que merecem”.

Alguns dias antes do lançamento em uma live em suas redes sociais, Maluma disse que a música é “para todos os HPs que estão nas ruas e fazem com que as mulheres não acreditam no amor. Vai dedicado às mulheres”.

É muito bacana a iniciativa de Maluma sendo um homem, buscar fazer um hino para as mulheres empoderadas e lembrar a todos os homens que devem respeitar e valorizar cada mulher.