Tanto

Os mexicanos do Jesse y Joy unem seus talentos a um dos porto-riquenhos mais queridos do mundo, Luis Fonsi na balada romântica “Tanto”.

O clipe da música que fala sobre quanto se pode amar a alguém já está no ar. A produção mostra uma bailarina, que através de seus movimentos de ballet, expressa os sentimentos intensos da canção. A dança é intercalada com cenas dos cantores juntos, interpretando o tema.

Joy revela uma curiosidade sobre a canção “Não era para essa música ser uma colaboração; na verdade, ela já estava terminada. E foi a gravadora que seria incrível se pudéssemos gravar com alguém e, casualmente, estivemos em contato com Luis Fonsi, que imediatamente disse sim”.

O novo single faz parte do novo álbum dos irmãos Jesse y Joy, que será lançado em breve pela Warner Music.

16

Kurt e Luis Fonsi trazem emoção e encanto com “16”. Você vai se apaixonar e ver a vida com outros olhos.

O single ganhou um dos clipes mais belos que já vi. Um homem trabalha muito e esquece de viver as coisas boas da vida e de cuidar de si. Ao encontrar uma foto de quando tinha 16 anos, lembra de como vivia livre e feliz e começa a rever a vida atual.

Segundo Kurt, “16 pretende fazer uma pausa na rotina para analisar se o que sonhávamos quando jovens é o que somos hoje em dia”. E realmente essa música nos faz pensar nisso e também a lembrar que as melhores coisas da vida estão no mais simples.

Sobre seu convidado especial, o cantor revela “Compartilhar essa canção com Luis Fonsi faz muito sentido a minha carreira já que o admiro há muitos anos e eu cantava suas canções justo quando tinha 16 anos. Ter essa colaboração nessa canção é um sonho que virou realidade”.

Já Fonsi conta animado “Gosto de ser rodeado de gente que faz música com sensibilidade e paixão. Kurt é um cantor e compositor que tem muito o que dizer e estou feliz em poder colaborar com ele”.

Realmente essa música é linda e uma lição de vida inspiradora.

Pa’Lante

Representando o Brasil mais uma vez, a poderosa Anitta se junta à Alex Sensation e Luis Fonsi na super contagiante “Pa’Lante”.

A música alto astral e que nos inspira a seguir sempre adiante, ganhou o clipe todo colorido onde os três cantam e se divertem, com direito até a festa na piscina. As gravações aconteceram em Miami.

Alex agradece os companheiros e o diretor do clipe, “De verdade, nos divertimos muito no set de ‘Pa’lante’. Obrigado, Anitta e Luis Fonsi. Muito obrigado, Daniel Duran, por esse vídeo tão lindo. Mal posso esperar para que todos vocês assistam”.

Sobre a música, Fonsi conta “É uma música divertida. Tem uma letra bem positiva. Cada canção tem uma história e essa é uma música de festa, pra se divertir, mas ela tem uma mensagem boa por trás e pude adicionar meu toque especial”.

Ele ainda completa, “Mas o que me empolgou mais foi poder trabalhar com Anitta. Nos encontramos muitas vezes e falamos sobre fazer algo juntos. Finalmente aconteceu. Eu achei que essa música era perfeita e ela fez um trabalho ótimo. A energia dela é incrível”.

Realmente é uma música muito bacana e o melhor, traz uma mensagem para lá de positivo. Anitta cada vez domina mais o espanhol e isso junto à energia de Alex e Fonsi, tornam esse, um grande hit.

Date La Vuelta

Luis Fonsi sabe mesmo fazer um hit. Ele acaba de lançar “Date La Vuelta” junto a dois dos maiores nomes da música latina atual, Sebastián Yatra e Nicky Jam.

O clipe dirigido por Carlos Pérez, tem clara inspiração no filme ‘Mad Max” e mostra uma festa em pleno deserto que começa de dia e vai até a noite.

Sobre a canção fonsi conta ” Escrevi essa canção junto a André Torres e Maurício Rengifo, dois grandes compositores e produtores com os quais trabalhei nos últimos dois anos, em temas como “Despacito”, “Échame La Culpa”, “Calypso” e “Imposible”, e tínhamos o desejo fazer algo alegre, com uma letra fácil de cantar, que tivesse seu toque romântico, mas também ritmico. Por isso me acompanham estes dois grandes, Nicky e Sebastián, porque sempre souberam mesclar ambas coisas”.

Ele completa “Sempre fui fã do Nicky porque usa muita melodia dentro do seu flow urbano e os dois têm uma voz espetacular. Yatra, para mim, representa o que é o novo pop, porque mistura vários gêneros de uma vez, sem abandonar o romantismo. É a química perfeita para levar uma mensagem positiva, de alegria para o público latino”.

Nicky Jam comemora a parceria “me sinto muito bem com esta parceria, e respeito Fonsi faz muitos anos, para min é único e uma das melhores vozes na música latina e Yatra, é alguém que sempre quis trabalhar desde o começo. Assim estou muito contente de poder trabalhar com os dois numa canção alegre, que transmite boas vibrações e se faz querer dançar e aproveitar”.

Já Yatra revela “Ainda não posso acreditar que estou aqui. A verdade é que é um sonho e significa muito no meu coração, porque são dois artistas que podem ir além tanto em melodias e canções, como em suas letras. Estar ao lado deles é o máximo”.Não resta dúvida de que este será mais um grande sucesso de Luis Fonsi que vai conquistar o mundo inteiro, que vai fazer todos dançarem muito, mais uma vez”.

Não resta dúvida de que mais uma vez Luis Fonsi trouxe mais um grande sucesso, que vai conquistar o mundo inteiro e fazer todo mundo dançar muitas e muitas vezes.

VIDA

Sem dúvidas “Despacito” é o maior fenômeno da música latina dos últimos anos. O resultado, mais de 5,9 bilhões de visualizações no You Tube e a maior quantidade de visualizações da história mundial. Um feito e tanto de Luis Fonsi com participação de Daddy Yankee.

Depois veio outro fenômeno, “Échame La Culpa” com Demi Lovato. Finalmente o nono álbum de Luis Fonsi com estas duas canções e outros sucessos já está entre nós desde 2 de Fevereiro de 2019.

Capa

E sobre este disco com quinze faixas e produção dos renomados Maurício Rengifo e Andrés Torres, que vamos falar.


Devido aos primeiros singles serem bem agitados, as pessoas pensavam que neste trabalho lançado pela Universal Music, Fonsi abandonaria suas baladas e romantismo. O cantor então declarou na época “muitas pessoas pensam que eu me afastei desse lado romântico, e eu sempre dizia ‘eu não vou a lugar nenhum’. Eu ainda sou um cantor romântico. Eu ainda falo essa linguagem romântica, mas ao mesmo tempo gosto de fazer as duas coisas. Não gosto de ser limitado”.

Ele ainda completou “eu quero ser capaz de dançar, fazer as pessoas se alegrarem e às vezes, cantar uma balada com muita letra, muita emoção”. E esse álbum reflete tudo isso que ele contou. Ele é bem equilibrado em termos de músicas agitadas e baladas típicas deste cantor sensacional.

Luis Fonsi com Daddy Yankee

Na mesma linha de “Despacito” e “Échame La Culpa”, outros dois singles colocaram o mundo inteiro para dançar. Foram “Calypso” com participação de Stefflon Don e “Impossible”com a colaboração de um dos maiores expoentes do Reggaeton atual, Ozuna.

Ao mesmo tempo romântico e dançante temos também o hit “Sola” que mistura o Pop com o R&B, numa mistura única e muito bacana, gostosa. Destaque também para “Más Fuerte Que Yo”, uma música forte e cheia de personalidade sobre não conseguir se afastar de quem se ama.

Luis Fonsi e Demi Lovato

Foi muito gostoso ouvir “Apaga La Luz”, uma canção alto astral, cheia de vida que fala sobre aproveitar a vida ao máximo. A ouvir me fez lembrar do show de Fonsi no Brasil em Maio de 2018. Na ocasião ele cantou esta música, para mostrar antes de lançar o álbum, como um presente aos fãs. Um lindo momento.

Ozuna e Luis Fonsi

Trazendo a origem romântica de Luis Fonsi com muita emoção temos duas lindas faixas. A oração por um amor verdadeiro “Le Pido Al Cielo” e a visceral e intensa “Dime Que No Te Iras”. Também destaco “Tanto Para Nada” com uma batidinha leve e bem marcada, compassada, falando sobre desilusão após muita dedicação ao amor.

Não tem coisa mais bonita do que amor de pai por um filho. E esse amor foi transformado em canção. “Ahí Estas Tu” foi escrita para Rocco, quando ele ainda estava na barriga da esposa de Fonsi. Além da linda declaração de amor, a faixa tem o arranjo que começa com um “violãozinho delícia”e no final ouvimos um belo arranjo de cordas para fechar com chave de ouro. Emocionante, de arrepiar.

Também está presente no álbum os remixes de “Calypso” e de “Despacito”. O primeiro com participação de Karol G, Andrés Torres e Maurício Rengifo e a segunda com participação de Daddy Yankee e Justin Bieber. Vale lembrar que no refrão, Justin canta em espanhol, o que foi um pedido dele mesmo. E a pronúncia ficou muito boa. Também temos a versão em inglês de “Sola”.

Luis Fonsi explica porque o álbum se chama “Vida”: “Essas músicas vem de lugares muito honestos e reais. Muitos tem haver comigo, muitos não. Mas senti que minha vida está aí, em cada música”. O título também foi escolhido pois para ele o álbum é uma espécie de raio-x de sua vida e pois quando ele começou a gravá-lo, sua esposa estava grávida. Para ele, o amor como o pai e a empolgação com a gravidez refletiram muito em suas músicas e em sua comunicação.

Luis Fonsi e Stefflon Don

Esse é o álbum mais pop de Fonsi, que soube muito bem dosar com perfeição as músicas mais animadas com as baladas, que sabe fazer como ninguém.

Sem dúvida um dos melhores álbuns da carreira de Luis Fonsi. O artista conseguiu reinventar seu trabalho e sua arte, sem deixar de lado as suas raízes. A espera pelo novo disco foi grande, mas valeu muito a pena. Um disco que o fã não pode deixar de ter em sua coleção.

Já no lançamento do CD, Luis Fonsi recebeu o certificado de disco de diamante duplo nos Estados Unidos, pela venda de 1,3 milhões de cópias no país.

Aqui no Brasil a versão física do álbum será lançada em breve.

Com o certificado de disco de diamante duplo EUA

Sola

Voltando às raízes românticas Luis Fonsi lança “Sola”após sucessos dançantes e Reggaeton.

Gravado em Medellín na Colômbia, o clipe conta com a participação da atriz colombiana Laura Tábon que faz para romântico com Fonsi. eles duvidam um casal que se conhecem em um bar, enquanto ele canta.

Foto: Omar Cruz

Luis Felipe definiu novo single, “A música é uma balada romântica e traz influências do R&B e do Pop Latino, com uma pegada moderna e minimalista na produção”.

Responsáveis pelo sucesso “Despacito”, Maurício Reginfo e Andrés Torres são os produtores de “Sola”, além de terem a composto junto à Luis Fonsi. A canção também ganhou uma versão em inglês.

O novo álbum de Luis Fonsi, “Vida” será lançado no dia 01 de Fevereiro pela Universal Music.

Per Le Strade Una Canzone

Itália e Porto Rico juntos, mostrando a alegria dos dois países com o single de Eros Ramazzotti com Luis Fonsi. “Per Le Strade Una Canzone” é a cara do verão e vai te conquistar em cheio.

O clipe foi gravado em Miami na Flórida e contou com a direção de Marc Klasfeld. Na produção, cada um em seu carro, os cantores pegam na estrada convidados para uma festa.

Um tetalhe muito bacana, é que entre os convidados estão o casal protagonista do clipe de “Vita Cê N’è”. Tem maneira mais legal de comemorar um casamento?

A música foi composta pelo próprio Ramazzotti junto à Federica Abbate, Cino e Cheope. As partes em espanhol foram feitas por Ignacio Mano Guillen. O clipe também ganhou uma versão da música inteira em espanhol, “Por Las Calles Las Canciones”.

Sobre o novo sucesso, Eros conta “É uma canção que nasceu para ser single. Quando escrevi Já pensei nisso”. Ele ainda completa, “Da maneira como ela ficou, não poderia ser cantada por outro artista. Eu pensei logo no Luis Fonsi, porque eu o conheci dois anos antes, em Verona, e foi logo me chamando de ‘maestro’. Foi tudo muito fácil para convencê-lo, mesmo antes de ouvir a música. Quando ouviu ele gostou e eu realmente espero que seja a música do verão deste disco”.

O dueto está no disco mais recente de Eros Ramazzotti, “Vita Cê N’è” pela Universal Music. O álbum também tem uma versão inteira em espanhol chamada “Hay Vida”.

Imposible

Os dois portoriquenhos mais amados do momento, Luis fonsi e Ozuna se unem em “Imposible”.

O novo clipe foi dirigido por Carlos Peres também responsável pelo fenômeno “Despacito”. As gravações aconteceram em Setembro em Miami em uma estação antiga de trem.

A música foi composta pelo próprio Fonsi que escreveu a letra pensando em Ozuna, porque considera que o artista tem o balanço perfeito entre o urbano e o melódico, já que esta música precisava de muito sentimento, apesar de ser um Reggaeton.

A faixa é dedicada à todas as mulheres, e Luis revela “É um desabafo do ponto de vista do homem para uma mulher, relatando esse momento de quando se dá conta que ninguém como ele poderá a amar. De vez em quando, nós homens, temos que ser honestos, despir o que sentimos. É bonito poder colocar um pouco de ritmo e sabor a uma canção romântica”.

O novo single faz parte do novo álbum de Luis fonsi ainda sem data de lançamento pela Universal Music ainda para 2018.

Calypso

Luis Fonsi promete mais um fenômeno em sua carreira. Em apenas 24 horas, “Calypso” o novo vídeo do artista com participação da cantora Stefflon Don, já tem 12 milhões de visualizações no You Tube.

O super clipe foi gravado em Porto Rico na Palomito Island e conta com a direção de Carlos Pérez também responsável por seu vídeo fenômeno, o antecessor “Despacito”.

Além das belas paisagens do local, o clipe mostra toda a alegria contagiante do povo local que contagia a todos.

Sobre o novo single que mistura Reggaeton com ritmos jamaicanos, ritmos caribenhos e Rap, Fonsi conta “Eu realmente queria lançar essa música pela maneira como ela me faz sentir toda vez que é a ouço. Para mim, Calypso é diversão, cores vibrações caribenhas e atmosfera de praia. Em suma, algo que te inspira a ter um grande momento”.

O cantor completa “Tem o ritmo fresco, como a ilha e brinca com três idiomas; espanhol, inglês e até um pouco de francês. Na hora da gravação, eu queria trazer uma voz feminina para dar aquele toque especial e Stefflon Don fez o trabalho com perfeição, porque ela tem o sotaque britânico, e ao mesmo tempo, o sabor jamaicano e o resultado é incrível. Ela é extremamente talentosa e uma grande artista”.

Stefflon empolgada reflete sobre sua participação “Esta música é fogo! Uma vez que você ouve, ela não para de tocar em sua cabeça e vai tocar novamente e novamente, sem parar. É uma honra para mim que Fonsi tenga me convidado para participar. Eu sinto que será um grande sucesso”.

5 Bilhões!

Dia 04 de Abril de 2018 foi um dia histórico tanto para Luis Fonsi e Daddy Yankee quanto para a Música Latina.

O vídeo do mega sucesso “Despacito”, após um ano e três meses do lançamento da canção, conseguiu alcançar a marca de 5 Bilhões de visualizações no You Tube.

Foi a primeira vez no mundo, que o clipe de uma música chegou a esta quantidade de views. Feito maravilhoso para uma música em espanhol, que mais do que nunca vem conquistando o mundo.

A produção foi gravada em Porto Rico no bairro La Perla de Old San Juan, passando pelo bar local La Factoria com participação da Miss Universo 2006 Zuleika Rivera. A direção foi por conta de Carlos Perez.

“Despacito” chegou a ser primeiro lugar nas paradas de sucesso de países como Estados Unidos, Canadá, Austrália, França e Suíça.

Para comemorar Luis Fonsi postou em seu Instagram um vídeo comemorativo dos cinco milhões de views.

Luis Fonsi – Coletiva de Imprensa

De manhã no Hotel Hilton em São Paulo aconteceu a coletiva de imprensa de Luis Fonsi e o Portal Me Gusta teve a honra de participar.

Apesar de não falar em português, o cantor que se apresentará no Brasil em Maio, quase não usou a ajuda da tradutora e se mostrou muito empolgado em estar em nosso país e seus olhos brilharam a todo momento, mostrando sua paixão pela música.

No final, ainda rolou uma palinha do maior hit de 2017, “Despacito”. Você vai saber tudo que Fonsi nos contou durante a coletiva.

Foto: Divulgação

Despacito

Um pequeno trecho de “Despacito” tinha sido criado e o cantor mostrou ao violão à co-autora Erika Ender. Ele deu a ideia de fazerem uma canção em torno da palavra ‘despacito’ (‘devagar’), eis que surgiu a música. Eles sentiram que a faixa pedia um dueto e então foi chamado Daddy Yankee, que topou e a música foi concluída e tomou forma.

O porto riquenho sentia que seria um grande sucesso, porém não com a proporção que tomou, se tornando um hit mundial. Ele nunca imaginou que através de uma faixa poderia chegar a tantos países, como por exemplo a Rússia, onde foi uma das mais executadas. Nem sequer sonhou que o clipe passaria os 5 bilhões de visualizações, se tornando o de maior visualização no You Tube e nem que empataria com Mariah Carey como a mais executada pela Billboard em solo americano em semanas consecutivas.

Justin Bieber

Um questionamento foi a polêmica em torno de Justin Bieber, que não aceitou se apresentar ao vivo cantando em espanhol. Luis Fonsi esclareceu que por não saber cantar o idioma, o jovem preferiu não se arriscar. Uma coisa é você treinar e gravar, outra é conseguir depois cantar sem erros.

O próprio cantor lembrou que gravou em português, mas que se tentasse cantar no palco não daria certo e ele faria feio. Também contou que tinha feito uma letra inteira em inglês para “Despacito” para gravar com Bieber, que preferiu cantar em espanhol e fez este pedido que foi atendido.

Coletiva – Fotos: André Rossanez

Demi Lovato

A letra de “Échame La Culpa” de uma maneira divertida, fala sobre quando alguém vai terminar um relacionamento e usa como desculpa “não é com você, sim comigo” ao não saber o que dizer.

Uma canção que serve tanto para homens como para mulheres e Luis sentia que uma voz feminina junto à dele faria toda diferença por dar voz à mulher. Foi então feito o convite e Demi Lovato o surpreendeu e aceitou.

O cantor contou que Demi foi muito bem ao gravar em espanhol e aprendeu rápido, tendo que ser corrigida por uma vez e que foi bem receptiva em gravar no idioma. Era esperado que o single fosse sucesso, mas não imaginou que também chegaria a casa dos bilhões de visualizações e seria como “Despacito”.

Reggaeton

Questionado sobre se o Reggaeton foi responsável por levar a Música Latina ao mundo todo com a proporção de hoje, Fonsi concluiu que o gênero influencia cada vez mais a Música Pop que antes era mais simples e agora tem todo um gingado similar ao Reggaeton.

Reafirmou que sim, o Reggaeton é muito importante para o prestígio das músicas latinas no mundo e que também o ritmo influenciou em seu trabalho, que antes era mais romântico e o ajudou a chegar tão longe.

União Entre Artistas

Outra coisa muito bacana foi quando o artista contou que os cantores latinos como ele, Daddy Yankee, Maluma, Nicky Jam e J Balvin são bem unidos. Cada vez mais há parcerias e um sempre chama o outro pra falar de música e para se ajudarem.

Fonsi inclusive lembrou que ele mesmo divulgou o quanto pode o single “Equis” de J Balvin com Nicky Jam e que ele também foi bem divulgado por outros artistas. Não existe concorrência e sim ajuda e a vontade de compartilhar o sucesso e fazer música juntos.

Coletiva – Fotos: André Rossanez

Brasil

Claro que Luis Fonsi não podia deixar de falar sobre os shows e o sucesso no Brasil. Para ele é um momento muito especial, onde as pessoas daqui o vão conhecer melhor e ver tudo que ele pode oferecer no palco. É como se fosse começar do zero mais uma vez, o que dá um certo frio na barriga.

No show podemos esperar grandes sucessos como “Despacito”, “Aqui Estoy Yo” e “No Me Doy Por Vencido” e quem sabe até mesmo alguma surpresa.

Perguntaram se o cantor que conhece o trabalho de Ivete Sangalo e Anitta, poderia gravar com alguma delas. A resposta foi muito positiva. O cantor pretende gravar com alguém do Brasil que poderia ser tanto uma cantora, como um cantor. Que há várias possibilidades, uma vez que em nosso país tem muitos talentos.

Fonsi ainda contou que quer aprender melhor nossa língua e afirmou que Ivete Sangalo já é uma musa no mundo e que Anitta é muito talentosa e vem conseguindo chegar à vários países e que terá ainda mais sucesso.

Com Luis Fonsi após a coletiva

1 Ano de Despacito e Grammy

1 Ano De “Despacito”

Nós que acompanhamos a Música Latina sabemos o quão, muitas vezes é difícil, que ela chegue ao mundo todo e se torne tão popular e com tanta força, como aconteceu com “Despacito” de Luis Fonsi junto à Daddy Yankee.

Em 13 de Janeiro tivemos o aniversário de 1 ano do lançamento desse single, que inclusive ganhou uma bela arte da Universal Music. Nesses 12 meses foram inúmeras as vezes que a canção foi executada nas rádios de diversos países além de ficar na cabeça das pessoas independente delas gostarem ou não do que ouviam.

A popularidade de “Despacito” foi tanta que atualmente já são um pouco mais de 4 bilhões e 767 Milhões de visualizações no You Tube, sendo o vídeo mais executado da história da plataforma.

Arte da Universal Music para o 1 Ano de “Despacito”

Foram ao todo 8 versões além da original, todas com Fonsi participando. A primeira de todas foi a colaboração de Justin Bieber cantando sua parte em inglês. Tivemos também o Remix feito por Major Lazer e MOSKA e outras sem Daddy Yankee.

Sem Daddy foram: a Versão Salsa (com Victor Manuelle e Victor M. Ruiz), Versão Pop (com Mauricio Rengefo e Andrés Torres), a Versão em Português (com Israel Novaes), a Versão Banda com ritmo regional (junto à La Bandononona Clave Nueva de Max Peroza) e por último a nova roupagem com JJ Lin e seus trechos em Mandarim.

Grammy Awards

Fechando o ciclo de fenômeno com chave de ouro e muito prestígio, no dia 29 de janeiro Luis fonsi e Daddy Yankee se apresentaram na cerimônia da premiação do Grammy cantando “Despacito”. Apresentação com direito a muita dança foi completamente animada e levantou toda a plateia.

Os ver no Grammy é algo incrível, ainda mais se tratando de artistas latinos. Sabemos o quanto é difícil um Latino se apresentar no palco ainda mais cantando em espanhol, na versão original da premiação, sendo que existe o específico Latin Grammy.

Fazendo uma análise dos dois artistas no palco vemos em seus olhos a sensação de realização e como os dois têm uma bela cumplicidade. Sabe aquele olhar de “não acredito que eu estou aqui” e aquela cara de criança deslumbrada com o que vê? Foi justamente isso que as expressões de Luiz e Yankee passaram para nós.

A emoção deles no palco, garanto, fez com que eu me sentisse bem emocionado ao assistir. Além disso, particularmente, faz quase 13 anos que acompanho o trabalho de Luis Fonsi e aquele momento me deixou muito realizado e orgulhoso como admirador dele, como amante da música latina e claro, como um latino que sou. Não se esqueçam gente, o brasileiro também é latino.

Luis Fonsi e Daddy Yankee no Grammy – Fotos: Divulgação

A versão com Justin Bieber foi indicada para algumas categorias, mas infelizmente em nenhuma Luis levou o prêmio para casa. Mas só de ser indicado já foi uma tremenda vitória.

Nos resta agora ver o que mais Luis Fonsi irá trazer para a gente e como será seu novo disco que saíra em 2018 ainda sem data definida.

Em menor escala, temos que lembrar que “Échame La Culpa”, o novo hit do cantor com Demi Lovato, também vem se tornando um fenômeno em números e popularidade. Algo que logo o Me Gusta mostrará em alguma matéria.

Viva Luis Fonsi! Viva Despacito! Viva a Música Latina!

Despacito – Nova Versão

Se você achou que o fenômeno de “Despacito” tinha parado, você se enganou.

Luis Fonsi continua conquistando o mundo com seu sucesso e agora lança uma nova versão junto a JJ Lin, de uma maneira que imagino que você não tenha cogitado. Pois é, uma versão que mistura o Espanhol com o Mandarim.

Isso mesmo “Despacito” chegou à China e o mais bacana é que em alguns trechos Fonsi também canta em mandarim e seu parceiro em espanhol. A música foi produzida pela dupla The Swaggernautz (Tot Tang e Jovany Barreto) junto à Harry Chang, que também foram responsáveis pelos vocais ao fundo.

A faixa ficou pronta em Junho, porém seu lançamento foi guardado após os desastres naturais que atingiram, nos meses seguintes, várias partes do mundo.

Segundo JJ Lin “A música derruba quaisquer barreiras de forma mais agradável. Vejo esta colaboração, como uma ponte cultural”.

E ele está certo. Uma ponte que quebra as barreiras das línguas e junta culturas. Um poder que a música tem e que faz esquecermos as diferenças por um bem maior, o amor e a união.

Échame La Culpa

Pop e Reggaeton, assim é o primeiro single de Luis Fonsi após o fenômeno “Despacito”. Junto à Demi Lovato, o cantor lança mais uma promessa de sucesso com clipe e tudo.

No vídeo de “Échame La Culpa” vemos os dois cantores se preparando separadamente para uma noite pra lá de animada. E depois, claro, os dois se juntam e curtem muito em ritmo de festa e alegria.


No dia de seu lançamento, o single novo já fechou o dia em terceiro lugar em vendas do iTunes a nível mundial e também alcançou o primeiro lugar no iTunes de 19 países como Brasil, Colômbia, Equador, México e Espanha. No Spotify foram cerca de 139 mil acessos em 24 horas.

Resta alguma dúvida que teremos um novo fenômeno?

Lembrando que ontem aconteceu o Grammy Latino, a maior premiação da música latina e a canção de ouro “Despacito” venceu em quatro categorias (Melhor Música do Ano, Melhor Gravação, Melhor Vídeo Em Versão Curta e Melhor Fusão na parceria com Justin Bieber).

4 Bilhões

‘Despacito’ de Luis Fonsi e Daddy Yankee acaba de bater a quantidade de 4 Bilhões de exibições no You Tube, depois de ser o vídeo que demorou menos tempo para alcançar 2 Bilhões de visualizações, de ser o de maior quantidade de views da história, de se tornar a música com mais estreamings da história e ficar doze semanas no topo da lista da Billboard americana.

O vídeo mais assistido da história do You Tube foi dirigido por Carlos Perez em Porto Rico em Dezembro do ano passado. O single produzido por Andrés Torres e Maurício Rengifo também ganhou uma versão com Justin Bieber e uma em português com o cantor Israel Novaes.

Luis Fonsi pela primeira vez se arriscou no Reggaeton e resultou em todo esse fenômeno. Sem dúvidas é um dos maiores cantores da história da música latina e em breve lançará seu próximo álbum pela Universal Music.