Think About Us

O Little Mix finalmente lançou o clipe de “Think About Us” com Tudo Dolls Sign.

Com direção de Bradle e Pablo, as meninas arrasam com sensualidade cenários com elementos da natureza. Além disso aparecem cantando em um cenário branco sendo assistidas por algumas pessoas e também ao lado do companheiro de música.

A revista Rolling Stone exaltou a música, “Uma crescente, forte balada dançante; o grupo questiona seu parceiro está tão envolvido no relacionamento como elas estão. O verso de Ty Dolla Sign, oferece um pouco de resposta no final da faixa, quando ele canta sobre como ele está igualmente consumido pela insegurança”.

Think About Us

O Little Mix traz mais um grande sucesso, “Think About Us”. Desta vez acompanhadas por Ty Dolla Sign.

O segundo single do álbum “LM5”, ganhou uma nova versão com o rapper. A faixa até recebeu um lyric video que faz um mix de imagens das integrantes com imagens da natureza.

Sobre a música, a revista Rolling Stone escreveu, “Uma crescente, forte balada dançante; o grupo questiona seu parceiro está tão envolvido no relacionamento como elas estão. O verso de Ty Dolla Sign, oferece um pouco de resposta no final da faixa, quando ele canta sobre como ele está igualmente consumido pela insegurança”.

Strip

Vista-se de você mesmo. Se dispa de qualquer insegurança. Essa é a mensagem que little Mix e a rapper Sharaya J em “Strip”.

Com muito empoderamento, o novo clipe dirigido por Rankin, é uma obra prima e arrisco a dizer que é o melhor feito por uma girl band até hoje.

Na produção em preto e branco, vemos diversas mulheres com diferentes idades e diferentes biotipos, que só aceitam da maneira que são e se divertem muito junto ao grupo e à rapper.

As meninas do Little Mix como forma de protesto, aparecem nuas com palavras que assombram muitas mulheres como “sexy demais”, “gorda”, “foi”, “insignificante” e “não é boa o suficiente”. Um pedido de basta aos padrões impostos e de basta à valorização deles.

Sobre o vídeo que fala de aceitação com o corpo e deixar aflorar sua beleza, o grupo em suas redes sociais declarou, “Esse vídeo é tão especial para nós. Pelas mulheres incríveis com quem trabalhamos, até a mensagem por trás da música”.

Um trecho da música resume bem o espírito do novo vídeo e da canção. “Tire toda maquiagem, pois amo o que está por baixo”.

More Than Words

Sem aviso o Little Mix lança o clipe de “More Than Words” junto a cantora Kamille.

O poético clipe com direção de Rankin foi gravado todo em preto e branco. Com uso de chroma key (tela verde), enquanto vemos as garotas cantando, muitas cores e projeções com imagens que vão de flores até chuva, aparecem andamento da canção.

O novo single fala sobre coisas muito importantes na vida de qualquer pessoa como amizade verdadeira e o amor. Também nos lembra que sempre terá aquela pessoa que nos apoiará em todos os momentos.

Woman Like Me

O primeiro single do novo disco do Little Mix foi lançado. E você vais amar muito o clipe de “Woman Like Me”. Ainda mais com a participação de Nicki Minaj.

Com direção de Marc Klasfeld, a produção pra lá de caprichada se passa em um casarão antigo, onde as quatro garotas com suas roupas se época, rejeitam os padrões já impostos às mulheres.

Elas não aceitam só fazer aulas de etiqueta e arrumar a casa. Elas mostram que vão fazer exatamente o que querem.

O clipe a música avisam que as mulheres podem ser quem elas quiserem e ser e que os homens vão ter que as aceitar com todos seus defeitos e qualidades e aceitar que elas sejam quem elas são na essência e suas escolhas.

A integrante Jade conta que há sete anos elas revelam em entrevistas, o desejo de gravar com Nicki Minaj e que agora que se tornou realidade, as vezes até parece não ser verdade.

E Nicki faz toda a diferença na canção. Com ela há mais força para falar a favor da igualdade de direitos entre homens e mulheres, devido a sua grande influência por tanto tempo.

O novo disco do Little Mix será lançado no dia 16 de Novembro.

1 Milhão de Cópias

As meninas do Little Mix estão com tudo e não estão prosas. Elas conseguiram um grande feito que poucas girlbands conseguem em relação à venda de discos no mundo todo.

O disco ‘Get Weird’ conquistou a marca de 1 Milhão de cópias vendidas no mundo e de forma pura, ou seja, apenas CD em formato físico. Isso mesmo, muitos discos sem contar as vendas em lojas de Streaming como o ITunes e o Google Play.

Este feito, por incrível que pareça não era conquistado por um grupo pop feminino ocidental desde 2006. A última vez que isso ocorreu foi com o disco ‘Greatest Hits’ do grupo Girls Aloud, que chegou a 1 Milhão e 200 mil cópias.

‘Get Weird’ é o terceiro disco da carreira das garotas e foi lançado em 2015 com muitos hits como ‘Black Magic’, ‘Love Me Like You’, ‘Secret Love’ e ‘Hair’. Somando as vendas físicas com o serviço de Streaming, sua venda está em 1 Milhão e 900 mil cópias. Além disso o mais recente álbum delas, ‘Glory Days’ está bem perto de chegar a mesma marca em vendas puras. Tudo isso é prova de que cada vez mais o Little Mix mostra que veio para ficar e que nasceu para ser fenômeno com seu Pop de qualidade e seu talento.

get weird
Capa do disco ‘Get Weird’ de 2015

Reggaeton Lento (Remix)

Nosso coração se enche de orgulho ao ver o novo clipe do Little Mix com a participação do CNCO. É lindo ver o grupo latino mais incrível dos últimos tempos conquistando o mundo através de “Reggaeton Lento”.

O vídeo com direção de Marc Klasfeld mostra as meninas do Little Mix sensualizando para os CNCO, em uma boate muito animada e cheia de gente que acompanha todo esse jogo de sedução.

A gravação aconteceu em Miami no final de Agosto e o clipe promete ser fenômeno de popularidade e visualizações nos quatro cantos do planeta.

O CNCO sem dúvida vai se tornar uma febre mundial ao nível do Menudo e do RBD e até quem torce o nariz para o Pop Latino e para o Reggaeton vai, ao menos, reconhecer o talento dos meninos. Talento coroado pelo Little Mix.

Little Mix

Em 2011 quatro cantoras Perrie Edwards, Jade Thirlwall, Leigh-Anne Pinnock e Jesy Nelson chamaram atenção ao cantarem na oitava temporada do programa “The X Factor’ britânico e após não se classificarem como solistas foram chamadas pela jurada Kelly Rowland (Destiny’s Child) à se unirem como grupo. Elas aceitaram e então surgiu o ‘Rhythmix’. Ao longo da competição, as meninas mudaram de nome para ‘Little Mix’. Em Dezembro a girlband se tornou a vencedora da competição e assinaram contrato com a Sony Music.

Em Agosto de 2012 foi lançado para delírio dos fãs o primeiro single, ‘Wings’, que estreou já como o mais executado das paradas inglesas. Também foi lançado um livro com a biografia do grupo pop e suas integrantes, chamado ‘Ready To Fly’ (Prontas Para Voar). Em alguns foi lançado ’DNA’, o primeiro álbum que foi o terceiro mais vendido na Escócia e também no Reino Unido. O fenômeno foi tanto que elas bateram o recorde das Spice Girls e o álbum de estréia ficou por cinco semanas entre os mais vendidos, se tornando o álbum pop de estréia de um grupo feminino por mais tempo nas paradas de sucesso.

Em 2013 o segundo disco ‘Salute’ chegou às lojas com uma pitada de R&B e com mais faixas compostas por elas. O sucesso foi tanto que chegou a ser o 19º mais vendido do Japão e 3º no Reino Unido. Em 2015 elas contaram que para preparar o terceiro disco descartaram muitas músicas até encontrar as que realmente queriam. Lançaram o primeiro single do CD, ‘Black Magic’ que ficou por três semanas seguidas em primeiro lugar de vendas na Inglaterra, algo que só o grupo ‘Sugababes’ havia conseguido para um grupo pop feminino. Em novembro o terceiro álbum ‘Get Weird’ foi lançado e este trabalho se tornou o segundo álbum feminino mais vendido da Inglaterra, perdendo para a cantora Adele. No mesmo ano a turnê do grupo foi a mais lucrativa do Reino Unido

Prova de que o grupo se mantinha como um fenômeno, em 2016 foi lançada mais uma biografia do Little Mix chamada ‘Our World’ (Nosso Mundo), junto com a fragrância ‘Wishmaker’. O quarto material discográfico ‘Glory Days’ foi lançado em Novembro e ficou por cinco semanas em primeiro lugar no Reino Unido, sendo o primeiro disco de uma girlband a ficar mais de 13 dias em primeiro lugar, deixando para trás o grupo ‘Destiny’s Child’. Atualmente o grupo continua divulgando o disco e fazendo turnês. Elas acabam de lançar em parceria com o grupo latino CNCO a versão remix da faixa ‘Reggaeton Lento,’ pela primeira vez cantando em espanhol.

little mix
Da esquerda para a direita – Perrie Edwards, Leigh-Anne Pinnock, Jade Thirlwall, Jesy Nelson e Leigh-Anne Pinnock – Little Mix

O Little Mix sem dúvidas é um dos maiores fenômenos da cultura pop mundial em venda e popularidade, sendo as quatro integrantes consideradas algumas das pessoas mais influentes do Reino Unido. Atuantes desde 2011 já receberam inúmeros prêmios como o ‘EMA’ da MTV, o ‘Teen Choice Awarda e o ‘Glamour Awards, além de venderem milhões de cópias no mundo todo e sempre estarem entre os artistas mais ouvidos em seu país de origem e em diversos outros como Japão, Brasil, Estados Unidos, México e Austrália.

Reggaeton Lento – ft Little Mix

Mais do que nunca o CNCO está pronto para conquistar o mundo com seu Reggaeton misturado com o Pop. Após o vídeo da faixa ‘Reggaeton Lento‘ (dirigido por Mike Ho) ter passado da marca de 1 bilhão de visualizações, eles lançam a versão turbinada da música com o grupo pop Little Mix, que pela primeira vez canta em espanhol. A nova roupagem, com versos em inglês, já está nas plataformas digitais

Sendo um fenômeno pop, ‘Glory Days’, o primeiro álbum das meninas do Little Mix passou cinco semanas no top das paradas, algo inédito para um grupo feminino. Esse feito as fizeram ter um álbum pop feminino por mais tempo em primeiro lugar desde a estreia das Spice Girls em 1997. O Little Mix foi formado na versão inglesa de ‘The X Factor’.

Já o CNCO foi formado na primeira edição do reality show La Banda e seus shows na maioria, tiveram as vendas esgotadas por toda América Latina e já venceu prêmios como ‘Latin Billboard Awards’, ‘AMA’s’ e  ‘iHeart Radio Award,’. O álbum de estreia, “Primera Cita”, chegou ao primeiro lugar da parada latina da Billboard, se tornando o álbum latino mais vendido nos Estados Unidos e em Porto Rico.