Natural

Mais uma vez o Imagine Dragons trás o melhor do Rock em “Natural”. O novo single foi lançado e terá sua primeira performance no dia 19, Quinta, no programa de TV ” Jimmy Kimmel Live”.

A faixa foi a escolha da ESPM como hino de 2018 pela temporada de Futebol Universitário e tem uma levada bem gostosinha e marcante, além de uma letra inspiradora e motivadora.

O vocalista Dan Reynolds reflete sobre a inspiração pra canção “Viver em mundo onde ‘cobra come cobra’ pode trazer o pior de vice, e às vezes, o melhor”.

Ainda sobre a composição, Dan conta “Seria mentira se eu dissesse que não me tornei cético sobre algumas coisas durante a última década de minha vida. No entretanto, acredito que quando você realmente aprende a se amar, os olhos que o julgam e as palavras maldosas passam a ter menus efeito”. Ele ainda completa “‘Natural’ é sobre se encontrar e se tornar capaz de se impor a qualquer adversidade que apareça no caminho”.

O tema está no disco “Evolve”, que em um ano já conquistou Platino Duplo e ficou por 55 semanas no Top 200 da Billboard, atualmente em décimo sétimo lugar. No Spotify o disco t cerca de 36 milhões de ouvintes por mês.

O Imagine Dragons está em turnê que passará pela América do Norte, depois pela Europa e por fim na América Latina incluindo o festival Lollapalooza no Brasil em Março do próximo ano.

Anúncios

Next To Me

Um curta-metragem de tirar o fôlego e muito emocionante. É assim “Next To Me”, o novo clipe do Imagine Dragons com um pouco mais de 11 minutos de duração.

Com direção de Mark Pellington (“Jeremy” de Pearl Jam e “One” do U2), somos apresentados a história de um homem que em um momento de desespero comete um homicídio e acaba no corredor da morte. Quem interpreta o personagem é o vocalista da banda Dan Reynolds.

O grupo tinha algumas opções para diretor e escolheu Mark pois segundo Dan, ele era “apenas o diretor” mais apaixonado que já tinha visto. Antes do roteiro final foram escritas 11 páginas com várias ideias.

Sobre atuar o vocalista conta “Mark realmente me empurrou para um espaço desconfortável e de muitas maneiras ele abriu meus olhos para um mundo completamente diferente”.

Dan Reynolds teve um desafio particular, que foi gravar em uma cela e sobre isso ele desabafa “As células eram minúsculas e eu sou extremamente claustrofóbico, porque eu estava trancado em uma pequena caixa, como uma brincadeira de um dos meus irmãos quando eu era pequeno, quando ele estava fazendo um truque de mágica e ele me manteve em uma caixa por muito tempo”

O vídeo gravado em Los Angeles e em Las Vegas nos faz refletir se alguém que comete algo terrível pode realmente ser perdoado no fim de sua vida.