CDs Que Amamos : Celestial

4 de Outubro é o Dia Mundial Do RBD e o Me Gusta não poderia deixar de comemorar a data e celebrar o grupo pop latino mais famoso do mundo. Vamos relembrar um disco incrível que todo fã adora, o ‘Celestial’ de 2006.

Lançado pela EMI Music, o terceiro disco em estúdio do grupo foi gravado em Nova Iorque, Los Angeles e na Cidade do México com produção de Carlos Lara e Armando Ávila, fieis escudeiros do grupo. Também foi gravada uma versão do disco em Português (“Celestial – Versão Brasil”), assim como os dois anteriores.

celestial

O primeiro single ‘Ser O Parecer’ foi muito popular em todo país em que tocou e chegou a ficar entre os primeiros lugares da Billboard americana e teve um clipe inteiramente gravado em São Paulo durante a passagem deles por aqui para a turnê ‘Generación RBD’, com direito a animações em computação gráfica. Também fizeram muito sucesso, se tornando algumas das mais populares canções do RBD, a envolvente ‘Celestial’ e a dançante ‘Bésame Sin Miedo’ (com clipe rodado na Romênia). Inclusive esta última é uma versão em espanhol do êxito ‘Kiss Me Like You Mean It’ da cantora Sara Paxton.

Destaque também para a romântica ‘Algún Día’ que com um solo de Anahí, chega aos corações apaixonados e aos feridos como um acalando às cicatrizes. A popularidade da canção a fez entrar na lista de músicas da ‘Celestial Tour’. Até as faixas que não foram tocadas nas rádios e shows são incríveis e com certeza algumas das melhores do RBD. São as faixas ‘Aburrida Y Sola’, ‘Me Cansé’ e ‘Tu Dulce Voz’ (versão em espanhol de ‘Little Voice’ da Hilary Duff e que fez sucesso na série Hanna Montana).

Celestial Verão Brasil

Uma música que adoro muito é ‘Es Por Amor’. Ela tem uma letra muito bela que fala sobre mudar o mundo e também conseguir tudo que almeja e ser feliz, através do Amor. Pessoalmente é uma faixa que sempre quis ver sendo interpretada nos palcos pelo RBD, mas infelizmente isso não aconteceu. Para fechar este disco incrível nos emocionamos e muito com ‘Quisiera Ser’ que fala aos perdidamente apaixonados e que tem uma versão em inglês pelo próprio grupo chamada ‘I Wanna Be The Rain’ (no disco ‘Rebels’).

No ano seguinte o disco ganhou uma edição especial, a ‘Celestial – Fan Edition’ com a inclusão da música ‘The Family’ que foi abertura da série da Televisa ‘RBD La Familia’ e de alguns remixes, além de um DVD com bastidores, clipes e karaokê.

celestial fe

O disco foi um enorme sucesso de popularidade e de crítica e chegou a ficar em primeiro lugar entre os discos latinos mais populares pela Billboard americana e em segundo lugar de vendas físicas do México e da Espanha. No Brasil, foi o terceiro disco mais vendido de 2007. No mundo todo ‘Celestial’ vendeu mais de 8 Milhões de cópias, sendo um dos mais vendidos da carreira do RBD. O disco venceu os Prêmios Billboard Latino nas categorias ‘Melhor Álbum Pop Latino em Grupo ou Dueto’ e “Melhor Álbum de Artista do Ano’ e também os Prêmios Orgullosamente Latinos como ‘Disco Latino do Ano’. A turnê do disco ganhou até DVD (‘Hecho En España’).

Sem dúvidas “Celestial’ é um clássico do RBD e um dos melhores e mais bem produzidos discos que o grupo lançou. Seu repertório é muito bem escolhido e cheio de atitude com elementos do bom e velho Pop e da música latina. Lançado no auge do grupo, ‘Celestial’ é inesquecível e muito aclamado pelos fãs que nunca deixam de amar o RBD e suas canções. Uma época que foi tão boa e que estará para sempre em nossos corações e ouvidos.

Dedico a matéria à minha prima Lígia, que ouviu e muito este CD comigo e que me acompanhou no show do RBD em 2006.

celestial shoot

Anúncios

CDs Que Amamos : Empezar Desde Cero

E neste Dia Mundial do RBD, o Me Gusta vai falar de um CD do sexteto, que amamos e muito, muito mesmo . Estamos falando do álbum ‘Empezar Desde Cero’, o mais maduro de toda a discografia do grupo mexicano.

Lançado em 2007 com produção dos conceituados Carlos Lara e Armando Ávila e lançado pela EMI, é um disco incrível e muito bem produzido. Com músicas que mostram todo o amadurecimento vocal de todos os integrantes e de escolha de repertório do RBD. Um fato interessante é que neste trabalho há seis faixas, nas quais em cada uma delas, um dos seis canta sozinho ou acompanhado dos demais apenas no refrão. Maite Perroni canta sozinha, exceto no refrão na faixa ‘Empezar Desde Cero’ que abre o disco e fala em recomeçar apesar dos sofrimentos e dificuldade, usando as provações como um impulso para seguir, inclusive após o fim de uma relação.

Anahí canta sozinha a música ‘No Digas Nada’ falando de uma desilusão amorosa que deixou marcas e que a pessoa amada que pisou na bola quer voltar. Dulce Maria teve a incumbência de cantar uma das canções mais lindas de todo o disco, ‘El Mundo Detrás’, na qual conta sobre um amor que transformou a vida para melhor, mas que ficou pra trás. Em ‘A La Orilla’ cantando sobre um amor desesperado em que parece estar tudo bem em certos momentos e na cama, mas que depois parece ser uma ilusão, temos Christian Chávez.

Sendo um dos compositores, Christopher Von Uckermann canta sozinho ‘Sueles Volver’ com uma pegada um pouco mais puxada para o Rock e que nos trás identificação, pois quem nunca sentiu falta da pessoa amada que está longe? Até Alfonso Herrera se arriscou como um dos compositores de ‘Si No Estás Aqui’, a qual canta sozinho outra canção que fala em distância da pessoa que se ama.

edc

Os seis integrantes cantam todos juntos nas outras faixas do disco. Destaque para melhor e mais lindaa canção de todo o álbum. ‘Inalcanzable’ é daquelas músicas que mexem com nossa alma, nossa emoção. Sobre um amor que por mais que um esteja longe um do outro, que seja um inalcançável ao outro, é verdadeiro e ninguém e nem nada consegue por fim, mesmo que um não saiba como o outro o ama e como essa distância o afeta.

Também sobre um amor em que um não consegue ficar sem a pessoa amada é ‘Hoy Que Te Ve Vas’. Indo para o lado mais sexy e inclusive falando abertamente sobre sexo (algo que antes não havia aparecido no trabalho do RBD), temos ‘Extraña Sensación’ em que fala em se encontrar alguém quando menos se espera e no lugar menos provável e que após isso se tornar algo arrebatador, cheio de amor e de desejo. E não podemos esquecer da dançante ‘Fui La Niña’ que um dia inocente se apaixonou e que agora já madura não cai mais nas armadilhas do amor com facilidade.

Sem dúvidas, como dito anteriormente este é o álbum mais maduro do RBD. Além disto é também o melhor da discografia como um todo, não só por ter tido músicas de muito sucesso, mas também por ter sido o melhor em termos de produção e de arranjo das músicas. E claro, por ter as letras mais bem escritas e maduras durante a existência do conjunto. O RBD é o maior fenômeno pop latino dos últimos anos após os Menudos e ainda não apareceu nenhum que tire destes dois o título dos maiores grupos pop latinos da história da música. Mesmo após oito anos do anúncio do fim do RBD, os fãs continuam amando o sexteto e ouvindo e reverenciando suas canções, deixando o grupo eterno, mesmo sem existir mais. E sempre o termo RBD aparece pela internet nas redes sociais através de comentários e de # e os próprios ex-integrantes sempre lembram com carinho do grupo e se pronunciam no dia Mundial do RBD.

Yo digo R! Tu dices BD! RBD, RBD!

Top 5 – RBDs

Neste Dia Mundial do RBD, o Me Gusta vai fazer um TOP 5 pra lá de especial. Como todos sabem dos seis ex-integrantes do RBD, Alfonso Herrera é o único que deixou a música de lado e atua apenas como ator. Nesta seleção, será escolhido o melhor vídeo de cada um dos cinco que continuaram na música (Anahí, Christian Chávez, Maite Perroni, Christopher Von Uckermann e Dulce Maria)  e com eles será feito o rank por ordem de preferência. O resultado você confere agora.

  • 5ª Posição – Sinfonia : O vídeo de Christopher Von Uckermann trás uma música animada sobre a junção de música e das pessoas formando uma linda sinfonia. No vídeo, o cantor aparece como se estivesse em um mundo mágico com pessoas que vivem felizem em harmonia e que amam a música. No You Tube, são cerca de 1 milhão e 169 mil visualizações.
  • 4ª Posição – Adicta : O vídeo mais sensual da carreira de Maite Perroni trás a cantora junto a um bailarino em cenas pra lá de sexys e cheias de sedução. O clipe é todo coreografado e junto à bailarinas a artista dança pelos becos da cidade, remetendo aos ritmos urbanos presentes na canção. Possui cerca de 4 milhões e 600 mil visualizações no You Tube.
  • 3ª Posição – Libertad : O vídeo de Christian Chávez conta com a participação de Anahí, sua ex companheira de grupo. Uma música dançante que pode ser tocada em todas as baladas e que fala sobre a liberdade de ser quem você é sem medo e sem se preocupar com o julgamento do outro. Um hino à liberdade de expressão e à liberdade de ser você mesmo sempre. Nele o cantor aparece aos beijos com um garoto, o que mostra que a canção também é um hino LGBT, contra o preconceito. O vídeo tem cerca de 10 milhões e 600 mil acessos no You Tube.
  • 2ª Posição – No Se Llorar : O vídeo mais maduro até o momento da carreira de Dulce Maria. Nele a cantora interpreta uma mulher que sofreu uma desilusão amorosa e que não se deixou abater pela tristeza, por ser uma mulher forte e segura. Lançado em Maio já tem cerca de 5 milhões de visualizações.
  • 1ª Posição – Amnesia : Um clipe lindo de Anahí para uma das canções mais lindas que ela já gravou. Nele a mexicana aparece dançando ballet em uma coreografia linda. Um vídeo sensível e visualmente muito belo, que emociona a quem o assiste. No You Tube oficial de Anahí, o vídeo já teve cerca de 6 milhões de acessos.

Dia Mundial Do RBD

 

Tendo os melhores fãs do mundo, o RBD ganhou o ‘Dia Mundial do RBD’ e este dia é hoje, 4 de Outubro. Criado pelos fãs do grupo, o dia foi oficializado pelos próprios integrantes do grupo e por Pedro Damián, o produtor do RBD. E porque em 4 de Outubro? A resposta é fácil. Neste dia em 2004 foi ao ar o primeiro capítulo da novela mexicana Rebelde, de onde o grupo foi formado, data também em que o México conheceu os seis integrantes do conjunto.

Todo dia neste dia histórico para os fãs, no mundo todo acontecem encontros de fãs simultaneamente. Cidades como São Paulo, Rio de Janeiro, Buenos Aires, Nova Iorque e Cidade do México são algumas das participantes. E nesta data o Me Gusta não poderia deixar de celebrar o RBD e sobre este fenômeno pop latino é que vamos falar, relembrando alguns fatos da carreira do sexteto.

Juntos, Alfonso Herrera, Anahí, Christian Chávez, Christopher Uckermann, Dulce Maria e Maite Perroni visitaram 23 países, 116 cidades e ao todo venderam cerca de 6 milhões de discos, 17 milhões em vendas digitais, 4 milhões de DVDs e mais de 2 milhões de ingressos. Em 2006 o grupo foi considerado o artista internacional que fez a maior turnê no Brasil visitando 12 capitais. E lembrando que após o México, o Brasil é o país em que o grupo fez mais sucesso com o maior número de fãs do RBD.

Mesmo com o fim da novela em Junho de 2006 o grupo decidiu continuar e durou até o fim de 2008. O grupo foi mais forte do que a novela em termos de popularidade, Tnto que permaneceu após o fim da mesma. Muitos fãs gostam muito mais do grupo do que da novela, há até alguns que curtem suas músicas, mas não a novela. Em nosso país o sucesso foi tanto que os três primeiros álbuns da banda ganharam versões com músicas em português cantadas por eles mesmos. O primeiro disco Rebelde vendeu no México cerca de meio milhão de cópias e o primeiro DVD ‘Generación RBD Em Vivo’ foi o terceiro DVD mais vendido no Brasil no ano de 2005. Em apenas um mês após o lançamento no Brasil a soma da venda do primeiro disco e da versão em português do mesmo foi de 500 mil cópias. O segundo disco ‘Nuestro amor’ no México vendeu 127 mil cópias em apenas 7 horas após o lançamento.

Não só de alegrias viveu o RBD. Em 3 de fevereiro de 2006 em São Paulo quando vieram ao nosso país, iam fazer uma tarde de autógrafos em um estacionamento de um supermercado, porém a organização desastrosa do evento permitiu que entrassem mais pessoas do que o local permitia e assim houve tumulto no qual morreram três pessoas pisoteadas, sendo duas crianças, além de quarenta feridos.

Em 2006 no Brasil o DVD mais vendido do ano foi o ‘Live In Hollywood’ do RBD, no qual seus sucessos ganharam uma roupagem acústica. No mesmo ano também teve o lançamento de ‘Rebels’, o primeiro e único disco do grupo em inglês e este no mundo  vendeu 1 milhão e 200 mil cópias, sendo 225 mil só nos Estados Unidos. O amor do Brasil pelo grupo é tão grande que três de seus DVD foram gravados em nosso país (um no Rio de Janeiro, um em Brasília e um em São Paulo) e um clipe (‘Ser O Parecer’) foi gravado em são Paulo. Nosso país em 2009 também ganhou um CD, oficial pelaa gravadora deles, lançado exclusivamente por aqui, com remixes feitos por DJs brasileiros e que se chama ‘RBD Remixes’.

O RBD no dia 15 de Agosto de 2008 anunciou em nota oficial que o grupo iria se separar e que iriam fazer shows até Dezembro, bem como lançar um CD inédito em Fevereiro de 2009. O último show do grupo foi no dia 21 de Dezembro de 2008 em Madrid. Além do último disco (‘Para Olvidarte De Mí’) foi lançado no mesmo ano o DVD ‘Turnê do Adeus’, gravado em São Paulo no dia 26 de Novembro de 2008.

O RBD é realmente o maior fenômeno pop da música mexicana no mundo e um dos maiores do mercado latino, perdendo apenas para os Menudos. A força dos rebeldes é tão grande que até hoje os fãs amam o grupo, ouvem seus discos e clamam pela sua volta, inclusive fazendo o nome RBD ser lembrado pelas redes sociais por diversas vezes e como alguns dos termos mais usados e buscados. Fenômeno como este raramente acontecem e os próprio ex-integrantes relembram com carinho do grupo na mídia, bem como cantam algumas canções do sexteto em seus shows solo.

A seguir, toda a discografia do RBD…

  • Álbuns em Estúdio:

Rebelde (2004) – Rebelde Edição Brasil (2005)

Nuestro Amor (2005) – Nosso Amor Rebelde [versão Brasil] (2006)

Celestial (2006) – Celestial Edição Brasil (2006)

Rebels (2006)

Empezar Desde Cero (2007)

The Best Of RBD (2008)

Hits Em Português – lançado apenas no Brasil (2008)

Para Olvidarte de Mí (2009)

RBD Remixes – lançado apenas no Brasil (2009)

  • Álbuns Ao Vivo:

Tour Generación RBD En Vivo (2005)

Live in Hollywood (2006)

Hecho en España – CD duplo (2007)

  • DVDs

Tour Generación RBD En Vivo (2005)

Live in Hollywood (2006)

Live In Rio (2007)

Hecho en España – DVD duplo (2007)

Live in Brasília (2009)

Tournée do Adeus (2009)