Que Tira Pa’ Lante

O gigante do Reggaeton, Daddy Yankee chega pra abalar rodas as estruturas com o contagiante “Que Tira Pa’ Lante”.

O novo single ganhou um clipe incrivel, onde o cantor faz a festa em uma batalha de dança cheio de dançarinos muito talentosos.

O cantor define a nova música como um “Reggaeton dos anos 70 em combinação com o ano 5000”. Particularmente ao escutar o hit me veio à cabeça, “Caramba, esse vai ser um dos maiores sucessos do mundo todo”.

Além de toda a energia de Daddy, o tema tem a mesma força e refrão chiclete, de sucessos como “Despacito” (Luis Fonsi), “Calma” (Pedro Capó) e até de “Gasolina” e “Con Calma” do próprio Yankee.

Runaway

Para “Runaway”, sua primeira música que mistura inglês com espanhol, Sebastian Yatra convoca uma equipe de peso. Daddy Yankee, Natti Natasha e os Jonas Brothers.

Esta equipe faz a festa em um clipe para lá de animado com muitas cores e convida os povos para se unirem. As gravações aconteceram em Nova York com direção de Daniel Duran.

Segundo o diretor, “Trabalhar com o Daddy Yankee, Natti e Sebastián sempre me deixa feliz. E me deixa ainda mais feliz ver, como a cultura latina continua a se expandir, assistindo os Jonas Brothers cantarem em espanhol. É bom fazer parte dessa história”.

Sebastian estava planejando há algum tempo, ter uma colaboração de peso no mercado internacional, durante a criação single. Um belo dia, os produtores Andrés Torres e Mauricio Rengifo receberam a ligação de Joe Jonas.

A princípio apenas Joy iria participar e ele gravou sua parte. Depois veio a voz de Natti Natasha. Veio então a ideia de um pouco de Hip Hop e então foi chamado Daddy Yankee, que aceitou e realizou um grande sonho de Yatra. Ao enviar para Joe, os outros dois irmãos gostaram tanto que quiseram participar e então também gravaram.

O resultado ficou incrível. Com toda certeza será sucesso no mundo todo e vai incentivar as pessoas a se unirem e conhecerem novas culturas.

No Lo Trates

A junção de uma grande cantora pop e dois astros do Reggaeton não poderia ter resultado melhor. Pitbull, Daddy Yankee e Natti Natasha lançam a contagiante “No Lo Trates”.

A faixa ganhou um clipe com direção de Andrew Sandler. Na produção, Natti é uma mulher independente que se diverte junto aos amigos Pitbull e Yankee.

A canção que fala de dois homens que querem conquistar a mesma garota que é totalmente independente e decidida, foi inspirada no grande sucesso “No Me Trates De Engañar” do cantor dominicano El General.

É usada no refrão parte da letra do hit que inspirou a canção. O resto é totalmente distinto. E o ritmo e acordes das duas canções são bem parecidos.

Outra curiosidade é que Natti Natasha chama “No Lo Trates” de a canção ‘mais caliente de todas as calientes’. E podemos dizer que se não for a mais, com certeza é uma das mais.

Conheça o hit de El General:

Agora compare com o hit de Pitbull

Daddy Yankee No Topo

Todos já sabem que Daddy Yankee junto à Luis Fonsi, é o cantor mais acessado da história mundial do You Tube com mais de 6 bilhões de acessos com “Despacito”.

Ele que sempre arrasou no Reggaeton, acaba de conseguir mais alguns feitos muito importantes para a Música Latina. Ele conseguiu ao mesmo tempo alcançar o primeiro lugar global no Spotify, no You Tarde e no Deezer.

E o melhor tudo isso aconteceu ao mesmo tempo e com a mesma música. O sucesso da vez é “Con Calma“, junto ao cantor Snow. A música já possui mais de 446 milhões desenhos no You Tube, mostrando que realmente é um grande fenômeno.

E teve mais arraso com este single. Precisou de apenas sete dias, após o lançamento, para faixa alcançar o primeiro lugar da parada da Billboard e do Shazam.

Essa é a prova de que a Música Latina Reggaeton continuam muito em alta, não só na América Latina mas também no mundo inteiro. Arrisco dizer que tudo isso se deve ao alto astral do povo latino e de sua musicalidade e também pelo fato de termos tantos ritmos diferentes na Música Latina, que expressa tão bem tanto o amor como a alegria e o viver leve e feliz.

Aqui no Brasil, Daddy Yankee começou a fazer sucesso logo com a primeira música com a qual teve êxito, o sucesso “Gasolina” de 2004.

Vale também ressaltar, que agora com 42 anos, Daddy Yankee foi o primeiro artista de língua espanhola a se apresentar no programa “The Late Late Talk” do entrevistador James Corden. A apresentação aconteceu no dia 21 de Março.

VIDA

Sem dúvidas “Despacito” é o maior fenômeno da música latina dos últimos anos. O resultado, mais de 5,9 bilhões de visualizações no You Tube e a maior quantidade de visualizações da história mundial. Um feito e tanto de Luis Fonsi com participação de Daddy Yankee.

Depois veio outro fenômeno, “Échame La Culpa” com Demi Lovato. Finalmente o nono álbum de Luis Fonsi com estas duas canções e outros sucessos já está entre nós desde 2 de Fevereiro de 2019.

Capa

E sobre este disco com quinze faixas e produção dos renomados Maurício Rengifo e Andrés Torres, que vamos falar.


Devido aos primeiros singles serem bem agitados, as pessoas pensavam que neste trabalho lançado pela Universal Music, Fonsi abandonaria suas baladas e romantismo. O cantor então declarou na época “muitas pessoas pensam que eu me afastei desse lado romântico, e eu sempre dizia ‘eu não vou a lugar nenhum’. Eu ainda sou um cantor romântico. Eu ainda falo essa linguagem romântica, mas ao mesmo tempo gosto de fazer as duas coisas. Não gosto de ser limitado”.

Ele ainda completou “eu quero ser capaz de dançar, fazer as pessoas se alegrarem e às vezes, cantar uma balada com muita letra, muita emoção”. E esse álbum reflete tudo isso que ele contou. Ele é bem equilibrado em termos de músicas agitadas e baladas típicas deste cantor sensacional.

Luis Fonsi com Daddy Yankee

Na mesma linha de “Despacito” e “Échame La Culpa”, outros dois singles colocaram o mundo inteiro para dançar. Foram “Calypso” com participação de Stefflon Don e “Impossible”com a colaboração de um dos maiores expoentes do Reggaeton atual, Ozuna.

Ao mesmo tempo romântico e dançante temos também o hit “Sola” que mistura o Pop com o R&B, numa mistura única e muito bacana, gostosa. Destaque também para “Más Fuerte Que Yo”, uma música forte e cheia de personalidade sobre não conseguir se afastar de quem se ama.

Luis Fonsi e Demi Lovato

Foi muito gostoso ouvir “Apaga La Luz”, uma canção alto astral, cheia de vida que fala sobre aproveitar a vida ao máximo. A ouvir me fez lembrar do show de Fonsi no Brasil em Maio de 2018. Na ocasião ele cantou esta música, para mostrar antes de lançar o álbum, como um presente aos fãs. Um lindo momento.

Ozuna e Luis Fonsi

Trazendo a origem romântica de Luis Fonsi com muita emoção temos duas lindas faixas. A oração por um amor verdadeiro “Le Pido Al Cielo” e a visceral e intensa “Dime Que No Te Iras”. Também destaco “Tanto Para Nada” com uma batidinha leve e bem marcada, compassada, falando sobre desilusão após muita dedicação ao amor.

Não tem coisa mais bonita do que amor de pai por um filho. E esse amor foi transformado em canção. “Ahí Estas Tu” foi escrita para Rocco, quando ele ainda estava na barriga da esposa de Fonsi. Além da linda declaração de amor, a faixa tem o arranjo que começa com um “violãozinho delícia”e no final ouvimos um belo arranjo de cordas para fechar com chave de ouro. Emocionante, de arrepiar.

Também está presente no álbum os remixes de “Calypso” e de “Despacito”. O primeiro com participação de Karol G, Andrés Torres e Maurício Rengifo e a segunda com participação de Daddy Yankee e Justin Bieber. Vale lembrar que no refrão, Justin canta em espanhol, o que foi um pedido dele mesmo. E a pronúncia ficou muito boa. Também temos a versão em inglês de “Sola”.

Luis Fonsi explica porque o álbum se chama “Vida”: “Essas músicas vem de lugares muito honestos e reais. Muitos tem haver comigo, muitos não. Mas senti que minha vida está aí, em cada música”. O título também foi escolhido pois para ele o álbum é uma espécie de raio-x de sua vida e pois quando ele começou a gravá-lo, sua esposa estava grávida. Para ele, o amor como o pai e a empolgação com a gravidez refletiram muito em suas músicas e em sua comunicação.

Luis Fonsi e Stefflon Don

Esse é o álbum mais pop de Fonsi, que soube muito bem dosar com perfeição as músicas mais animadas com as baladas, que sabe fazer como ninguém.

Sem dúvida um dos melhores álbuns da carreira de Luis Fonsi. O artista conseguiu reinventar seu trabalho e sua arte, sem deixar de lado as suas raízes. A espera pelo novo disco foi grande, mas valeu muito a pena. Um disco que o fã não pode deixar de ter em sua coleção.

Já no lançamento do CD, Luis Fonsi recebeu o certificado de disco de diamante duplo nos Estados Unidos, pela venda de 1,3 milhões de cópias no país.

Aqui no Brasil a versão física do álbum será lançada em breve.

Com o certificado de disco de diamante duplo EUA

Con Calma

O maior nome do Reggaeton, Daddy Yankee acaba de lançar junto ao canadense Snow a eletrizante “Con Calma”

Uma das melhores músicas da carreira do cantor, ganhou um clipe com direção de Marlon Pena, que também é um dos melhores da trajetória dele. As gravações aconteceram em Los Angeles e no Canadá.

Destaque para os dançarinos que com muita sincronia executa uma coreografia muito bacana. Toda esta dança junto ao ritmo contagiante da faixa nos faz querer dançar juntos.

A música é uma releitura do sucesso “Informer” do próprio Snow de 1992.

Sobre o novo single, Daddy Yankee revela “Queria transmitir a melhor energia e frescor dentro da dança e da música; unificando a música de minha adolescência com a sonoridade moderna de hoje”.

O vídeo já é sucesso e em 48 horas alcançou a marca de 7 milhões de visualizações no You Tube.

5 Bilhões!

Dia 04 de Abril de 2018 foi um dia histórico tanto para Luis Fonsi e Daddy Yankee quanto para a Música Latina.

O vídeo do mega sucesso “Despacito”, após um ano e três meses do lançamento da canção, conseguiu alcançar a marca de 5 Bilhões de visualizações no You Tube.

Foi a primeira vez no mundo, que o clipe de uma música chegou a esta quantidade de views. Feito maravilhoso para uma música em espanhol, que mais do que nunca vem conquistando o mundo.

A produção foi gravada em Porto Rico no bairro La Perla de Old San Juan, passando pelo bar local La Factoria com participação da Miss Universo 2006 Zuleika Rivera. A direção foi por conta de Carlos Perez.

“Despacito” chegou a ser primeiro lugar nas paradas de sucesso de países como Estados Unidos, Canadá, Austrália, França e Suíça.

Para comemorar Luis Fonsi postou em seu Instagram um vídeo comemorativo dos cinco milhões de views.

Azukita

Já pensou em ouvir uma mistura de Música Eletrônica com Reggaeton? É exatamente isso que Steve Aoki e Daddy Yankee fizeram junto àElvis Crespo e Play-N-Skillz.

No clipe gravado em Miami e Los Angeles com direção de Tyler Dunning Evans e direito a efeitos especiais, vemos Daddy e Steve entrando em um jogo de dança através de óculos especiais.

Sobre sua primeira música em espanhol Aoki contou “Sempre me interessei pelos artistas latinos, já conhecia Daddy, Balvin e Bad Bunny, admiro o que fazem”.

Daddy Yankee revelou, “Tem sido super genial. Steve Aoki é muito criativo. Play-N-Skillz e eu tínhamos uma pista, a enviamos para Aoki, e quando nos devolveu a canção e a escutamos, sabíamos que tínhamos uma canção especial”.

Com este tiro certeiro, Daddy Yankee com ajuda do DJ e produtor Aoki, trás uma grande inovação para a Música Latina e vai fazer o mundo inteiro dançar.

1 Ano de Despacito e Grammy

1 Ano De “Despacito”

Nós que acompanhamos a Música Latina sabemos o quão, muitas vezes é difícil, que ela chegue ao mundo todo e se torne tão popular e com tanta força, como aconteceu com “Despacito” de Luis Fonsi junto à Daddy Yankee.

Em 13 de Janeiro tivemos o aniversário de 1 ano do lançamento desse single, que inclusive ganhou uma bela arte da Universal Music. Nesses 12 meses foram inúmeras as vezes que a canção foi executada nas rádios de diversos países além de ficar na cabeça das pessoas independente delas gostarem ou não do que ouviam.

A popularidade de “Despacito” foi tanta que atualmente já são um pouco mais de 4 bilhões e 767 Milhões de visualizações no You Tube, sendo o vídeo mais executado da história da plataforma.

Arte da Universal Music para o 1 Ano de “Despacito”

Foram ao todo 8 versões além da original, todas com Fonsi participando. A primeira de todas foi a colaboração de Justin Bieber cantando sua parte em inglês. Tivemos também o Remix feito por Major Lazer e MOSKA e outras sem Daddy Yankee.

Sem Daddy foram: a Versão Salsa (com Victor Manuelle e Victor M. Ruiz), Versão Pop (com Mauricio Rengefo e Andrés Torres), a Versão em Português (com Israel Novaes), a Versão Banda com ritmo regional (junto à La Bandononona Clave Nueva de Max Peroza) e por último a nova roupagem com JJ Lin e seus trechos em Mandarim.

Grammy Awards

Fechando o ciclo de fenômeno com chave de ouro e muito prestígio, no dia 29 de janeiro Luis fonsi e Daddy Yankee se apresentaram na cerimônia da premiação do Grammy cantando “Despacito”. Apresentação com direito a muita dança foi completamente animada e levantou toda a plateia.

Os ver no Grammy é algo incrível, ainda mais se tratando de artistas latinos. Sabemos o quanto é difícil um Latino se apresentar no palco ainda mais cantando em espanhol, na versão original da premiação, sendo que existe o específico Latin Grammy.

Fazendo uma análise dos dois artistas no palco vemos em seus olhos a sensação de realização e como os dois têm uma bela cumplicidade. Sabe aquele olhar de “não acredito que eu estou aqui” e aquela cara de criança deslumbrada com o que vê? Foi justamente isso que as expressões de Luiz e Yankee passaram para nós.

A emoção deles no palco, garanto, fez com que eu me sentisse bem emocionado ao assistir. Além disso, particularmente, faz quase 13 anos que acompanho o trabalho de Luis Fonsi e aquele momento me deixou muito realizado e orgulhoso como admirador dele, como amante da música latina e claro, como um latino que sou. Não se esqueçam gente, o brasileiro também é latino.

Luis Fonsi e Daddy Yankee no Grammy – Fotos: Divulgação

A versão com Justin Bieber foi indicada para algumas categorias, mas infelizmente em nenhuma Luis levou o prêmio para casa. Mas só de ser indicado já foi uma tremenda vitória.

Nos resta agora ver o que mais Luis Fonsi irá trazer para a gente e como será seu novo disco que saíra em 2018 ainda sem data definida.

Em menor escala, temos que lembrar que “Échame La Culpa”, o novo hit do cantor com Demi Lovato, também vem se tornando um fenômeno em números e popularidade. Algo que logo o Me Gusta mostrará em alguma matéria.

Viva Luis Fonsi! Viva Despacito! Viva a Música Latina!

Dura

Um dos maiores responsáveis pelo sucesso do Reggaeton no mundo todo foi Daddy Yankee. O artista acaba de lançar “Dura”, o seu novo clipe que celebra este ritmo envolvente e que o mundo todo ama.

Gravado em Los Angeles sob a direção de Carlos Pérez (também responsável por “Despacito”), a superprodução em algumas horas chegou à marca de um milhão de visualizações no You Tube, se tornando o oitavo vídeo mais assistido da plataforma.

O clipe é todo colorido e cheio de dança, onde cada dançarina mostra o seu estilo próprio e sua coreografia. Ele também pretende incentivar as mulheres a lutarem pelo seu espaço dentro das pistas de dança e principalmente na sociedade.

O porto-riquenho conta “Saímos com a verdadeira essência do Reggaeton. Celebrando esse gênero com todos vocês, a nível Mundial”. E para a Billboard declarou “uma canção divertida que inclui sonoridades do Reggaeton da velha escola, fundidos com a influência da música atual”.

Todo Comienza En La Disco

Após alguns anos da separação de Wisin y Yandel, pela segunda vez vemos a dupla se reunindo. Porém agora com o reforço de um dos precursores do Reggaeton atual, Daddy Yankee.

Ano passado Yandel chamou Wisin para o hit “Como Antes” e agora foi a vez de Wisin retribuir o convite. O resultado de “Todo Comienza En La Disco” foi de arrasar, o que já era de se esperar se tratando dos três reis magos.

Foto: Oscar Mena

O single ganhou um clipe gravado em Miami e dirigido por ninguém mais ninguém menos, do que Jessie Terrero. Nele vemos um futuro apocalíptico onde três crianças encontram um disco de vinil e ao resolverem verificar como funciona, revelam a parceria entre os três artistas, como uma memória do próprio disco.

Para nós que somos fãs do Reggaeton, é muito animador ver Wisin e Yandel juntos novamente. Esperamos que essa parceria se repita por muitas e muitas vezes e até mesmo, quem sabe, eles resolvam se tornar novamente uma dupla, nem que seja por algum tempo determinado, para um novo trabalho e até uma turnê.

4 Bilhões

‘Despacito’ de Luis Fonsi e Daddy Yankee acaba de bater a quantidade de 4 Bilhões de exibições no You Tube, depois de ser o vídeo que demorou menos tempo para alcançar 2 Bilhões de visualizações, de ser o de maior quantidade de views da história, de se tornar a música com mais estreamings da história e ficar doze semanas no topo da lista da Billboard americana.

O vídeo mais assistido da história do You Tube foi dirigido por Carlos Perez em Porto Rico em Dezembro do ano passado. O single produzido por Andrés Torres e Maurício Rengifo também ganhou uma versão com Justin Bieber e uma em português com o cantor Israel Novaes.

Luis Fonsi pela primeira vez se arriscou no Reggaeton e resultou em todo esse fenômeno. Sem dúvidas é um dos maiores cantores da história da música latina e em breve lançará seu próximo álbum pela Universal Music.

Mais Recorde Para Despacito

Luis Fonsi e ‘Despacito’ estão com tudo mesmo. O cantor bateu mais um recorde com sua música, firmando mais ainda o status de fenômeno do ano.

A versão da música com o cantor Justin Bieber está em primeiro lugar da lista ‘Hot 100’ da Billboard americana pela 16ª semana seguida. Assim o single do próximo álbum de Fonsi, ficou empatado com ‘One Sweet Day’ de Mariah Carey com o grupo Boyz II Men que era a detentora da marca entre 1995 e 1996.

Muitos duvidavam que após 21 anos, uma canção latina pudesse empatar com o sucesso da diva pop. Isso é prova que a música latina está em seu melhor momento e conquista o mundo todo com sua energia, suas letras e sua mistura de ritmos.

A Billboard americana tem esta lista de cem maiores sucessos há 59 anos e antes de Mariah Carey, nunca uma faixa tinha ficado por tanto tempo sem sair da primeira posição. Assim Luis Fonsi deixa a expectativa para sabermos se ‘Despacito’ será a primeira a ficar em 17 semanas ou até mais em primeiro lugar da Billboard americana.

A versão original sem Bieber também é um mega sucesso mundial e seu vídeo no You Tube já passou a marca de 3,35 bilhões de visualizações e é o vídeo com maior número de acessos da história do You Tube, deixando para trás ‘See You Again’ de Wiz Khalifa e Charlie Puth e ‘Gangnam Style’ de Psy.

3 Bilhões

‘Despacito’ de Luis Fonsi e Daddy Yankee mais uma vez conseguiu um grande e inédito feito para a música latina.

O vídeo do sucesso se tornou o mais acessado da história do You Tube com a marca de 3 Bilhões de visualizações. Isso mesmo, impressionantes 3 Bilhões.

Antes o cargo de mais acessado era de ‘Gangnam Style’ do coreano Psy com pouco mais de 2 Bilhões e 900 Mil.

O mais incrível é que o último bilhão de acessos de ‘Despacito’ foi em menos de um mês e meio.

O clipe que foi dirigido por Carlos Perez foi lançado em 12 de Janeiro de 2017. Logo foram 3 Bilhões em cerca de apenas quase sete meses. Algo incrível!

Despacito – 2 Bilhões

Des-Pa-Ci-To!

Com participação de Daddy Yankee, o vídeo do maior fenômeno latino pop dos últimos tempos, ‘Despacito’ atingiu a impressionante marca de 2 bilhões de acessos no canal do You Tube de Luis Fonsi. Um feito inédito na história da música latina.

Com direção de Carlos Perez, o clipe de ‘Despacito’ foi lançado em Janeiro de 2017  e em dois meses já era o vídeo mais acessado do ano com cerca de 577 milhões de visualizações. O indício de que seria este fenêmeno foi o número de 11 milhões de acessos em 48 horas.

‘Despacito’ é o vídeo que chegou mais rápido aos 2 bilhões de visualizações na história do You Tube. Foram 154 dias, deixando para trás o vídeo de ‘Sorry’ de Justin Bieber que demorou 395 dias.

O sucesso da canção foi tanto que o astro Justin Bieber participou de um remix da canção e este foi o primeiro sucesso em espanhol em 20 anos a entrar no top 10 da Billboard americana, feito antes alcançado pela faixa ‘Macarena’ do grupo Los Del Rio.

Em Abril a versão com Bieber era a faixa mais escutada pelo Spotify no mundo e também no Brasil. Já a edição original com Daddy Yankee estava em quinto lugar das mais executadas em nosso país.

Neste momento, no Spotify o remix está em primeiro lugar das mais tocadas do mundo e em segundo no Brasil. A original está na primeira posição no Spotify mundial e em oitavo no Brasil.

Realmente ‘Despacito’ veio para conquistar o mundo e levar o nome de Luis Fonsi nas alturas e mostrar toda a força que a música latina tem.