More Than Friends

Com certeza você vai se apaixonar por “More Than Friends” de Jason Marz e Meghan Trainor.

A música gostosinha de ouvir, ganhou um clipe que mostra uma singela história de amor. Enquanto os dois gravam, surge um casal nos bastidores.

Sobre a parceria o cantor conta “Meghan Trainor é foda! Ela mistura Funk, Soul, Caribbean, estilo, feminismo e prazer com uma voz que vence prêmios e brilham como diamantes. Ela sabe como cantar!”

E sobre a criação da canção, Jason revela “Mehghan e eu criamos ‘More Than Friends’ juntos em uma tarde junto com Andrew Wells, que produziu nossos mais recentes álbuns. ambos queríamos criar um dueto simples e moderno com toque de eternidade. Eu já tinha um trabalho divertido em andamento, com o mesmo título baseado em coisas fofas que a minha esposa diz, e então trabalhamos nele para que se tornasse algo mais sobre uma conversa adulta e contemporânea”.

O novo single faz parte do álbum “Know”, o mais recente de Jason Mraz.

Anúncios

Head Above Water

A espera acabou finalmente! Depois de cinco anos, temos o novo single de Avril Lavigne, “Head Above Water”.

A música surgiu quando a cantora estava tratando da Doença de Lyme. A doença além de trazer dores de cabeça, no corpo e musculares, deixa marcas vermelhas pelo corpo e mal estar. A transmissão acontece através do contato com carrapatos que causam inflamação bacteriana.

Sobre o tema Avril conta “Escrevi da minha cama durante um dos momentos mais assustadores da minha vida. eu tinha aceitado morrer e conseguia sentir meu corpo se desligando. E sentia como se estivesse me afogando. Era como se eu estivesse mergulhada na água e precisasse emergir para respirar”.

Preparada para a nova fase de sua carreira, a artista falou para a E! sobre o novo álbum. “É um álbum muito poderoso. Eu tenho trabalhado nisso por três anos, e agora posso realmente dizer que finalizarei o álbum em duas semanas e vou lançar neste ano”.

Avril conclui “Eu tenho escrito músicas que são poderosas, verdadeiras, honestas e sinceras e acho que as pessoas vão se identificar. Eu passei por muitas coisas pessoais nós últimos dois anos, e tirei muito disso. Digo, eu sempre faço isso, mas com este álbum foi diferente. Estou produzindo também. é mais vocal que o último álbum e tem muito piano também”.

Sem dúvida, esta música é uma das melhores da carreira de Avril Lavigne e consegue passar toda emoção e dor que ela passou durante a doença.

E já está no ar o lyric video desta faixa, com imagens de lindas paisagens oceânicas e fundo do mar, enquanto a letra é escrita na tela.

Agora nos resta esperar o novo álbum que com certeza será um dos melhores da carreira de Avril Lavigne.

Inácio da Catingueira

Um dos melhores Rappers do Brasil Emicida acaba de lançar o contudente “Inácio da Catingueira”, um manifesto a favor da igualdade e que chama atenção para a luta diária dos negros em nossa sociedade.

A música escrita pelo próprio Emicida ganhou um clipe dirigido por André Maciel que também foi responsável pelas ilustrações. A animação de Bruno Mazzilli ajuda a contar a história da música enquanto aparece a letra da pressão.

A música ganhou este nome em homenagem a Inácio da Catingueira o escravo da Paraíba e poeta, que se tornou livre 18 anos antes do fim da escravidão,através do diálogo com o senhor Romano Caluete.

Esse novo single de Emicida através de uma letra forte e ideias que efletem a realidade de nossa sociedade, nos faz refletir sobre as mazelas sociais e nosso papel no mundo.

Bumbum No Ar

A tão aguardada parceria de Lia Clark com Wanessa Camargo já está no ar. E estamos muito felizes e animados com “Bumbum No Ar”. O clipe foi gravado em São Paulo com direção de Felipe Sassi.

Muito empoderadas, Wanessa e Lia se vingam em nome de todas as mulheres, gays e pessoas que sofrem preconceito, de um político corrupto, homofóbico, sexista e racista.

O plano não dá totalmente certo e elas continuam com a perseguição para concluírem o seu objetivo. No final do clipe aparece a palavra ‘continua’.

Sobre a parceria, Lia conta “Sempre fui muito fã da Wanessa e nós duas nos identificamos com a Cultura Pop. O ‘Bumbum No Ar’ tem o objetivo de unir o Funk e o Pop ao mundo mágico do cinema. O público pode esperar um roteiro de tirar o fôlego, aliado a muita coreografia e energia boa. A narrativa do videoclipe é envolvente do início ao fim”.

Animada Wanessa conclui, “Amo muito a Lia Clark! Uma das artistas mais pé no chão e real que eu já conheci. Participar dessa música dela foi e será uma honra”.

É muito incrível ver as duas atuando com muita desenvoltura e transmitindo as emoções das personagens de forma tão bacana e verdadeira. Além disso, o novo single é contagiante e cheio de atitude, prometendo ser um dos maiores hits do ano.

Projeto Rivera e o “Bonde Da Luz”

No domingo dia 9, quando eu estava passeando pela Avenida Paulista (em São Paulo) ouvi um som que me chamou atenção por sua sonoridade. Cheguei mais perto e parei para assistir. Era o projeto Rivera e simplesmente suas músicas me conquistaram.

Depois da apresentação conversei um pouco com Victor, o vocalista, que estava muito feliz com o acolhimento do público em plena avenida. Pude ver em seu olhar o amor que ele tem pela música, além de ser um cara super simpático e gente boa.

Resolvi ver no You Tube seu canal oficial e me deparei com o mais recente clipe “Bonde da Luz”. Uma produção com estética diferenciada e uma música muito gostosa de ouvir e com uma letra super positiva.

O vídeo foi gravado pelos próprios artistas com smartphones nos bairros Praia de Iracema e Passaré em Fortaleza.

A música foi inspirada no funk melody e Flávio Nascimento guitarrista revela “A música Tem uma Batida dos anos 1990, 2000, aquele beat bem Claudinho e Buchecha. A gente teve essa ideia porque tava sentindo falta de ouvir músicas apaixonadas com esta batida”.

O Grupo

O Projeto Rivera foi formado em 2013 em Fortaleza, Ceará com influências da MPB, do Baião e do Rock Alternativo. Suas letras são inspiradas nas histórias vivenciadas pelos próprios integrantes.

Em 2015 foi lançado o primeiro disco “Eu Vim Trazer O Sol”, inspirado nas viagens do grupo pelo interior do Nordeste e em fatos da região.

Já o segundo disco “Eu Vejo Você” teve o lançamento agora em 2018. Eles optaram pelo financiamento coletivo para produzir o disco, que tem como tema empatia, amor e respeito. O nome do disco é inspirado no termo de tribos sul-africanas “Sawabona” que significa “eu vejo você”.

A banda se auto-intitula como projeto e não uma banda. O guitarrista Bruno justifica “A a diferença está na necessidade da liberdade para abranger mais coisas dentro de um mesmo nome, de uma mesma ideia. cada integrante tem seu ponto de interesse e atuação fora da música, como teatro, produção audiovisual, arte manual etc. O Projeto Rivera tornou-se então, tudo que for feito por esse grupo. A banda é parte do projeto”.

O grupo é formado por Victor Caliope no vocal e violão, Bruno Silveira na guitarra e synth, Flávio Nascimento na guitarra e Matheus Brasil na bateria.

Abraço Forte

O DJ e produtor Bhaskar em parceria com Hungria Hip Hop lança o sensacional single “Abraço Forte” pela Austro Music (selo de música eletrônica da Som Livre).

O emocionante vídeo foi gravado em Brasília e Ceilândia onde os artistas nasceram e mostra os artistas pela região e também visitando o projeto social Lar São José de Brasília. Além disso vemos uma parede grafitada pela artista Camila Siren, e que ficou de presente para a região.

Sobre a música que mistura o pop com música eletrônica (do tipo House), o DJ conta “Eu e o Hungria temos linguagens bem diferentes. Um dia, em um evento na casa do empresário dele, ele começou a cantar algumas músicas e uma delas foi ‘Abraço Forte’. eu achei incrível. O próprio Hungria tomou a iniciativa e deu a ideia de trabalharmos nela juntos. Ele me encaminhou áudio gravado no celular, apenas com voz e violão, e eu trabalhei em cima disso”.

Para gravação do clipe os artistas passar uma tarde no Lar São José, para onde também doaram alimentos. Parte dos lucros com a música serão doados para o lar.

Para o Portal Pop Line, Bhaskar falou um pouco mais sobre a experiência, “Gravamos no Lar São José, que é uma ONG que abriga 70 crianças. E como a gente sabe, no nosso país esse tipo de instituição não é muito favorecida. Então, parte do trabalho deles é mantido por meio de doações. Podemos conhecer um pouco do que fazem em prol do próximo e os jovens de lá. Eles nunca tinham recebido visita de ninguém do meio artístico antes ou de alguém que fosse um pouco mais conhecido, sabe? E foi muito bacana ver a reação de todos”.

É muito bom ver artistas tão talentosos como Bhaskar e Hungria Hip Hop ajudando ao próximo e mostrando no clipe um pouco da rotina dos frequentadores do Lar São José.

Além disso a música tem uma mensagem muito positiva que nos faz acreditar em um mundo melhor.

El Peor

Mais uma vez J Balvin foi convidado para um dueto. Desta vez quem o escolheu foi Chyno Miranda logo em seu primeiro single solo, “El Peor”.

Gravado em Nova York, o vídeo dirigido pelo renomado Nuno Gomes mostra uma mulher obcecada que espia o seu ídolo, para poder chegar perto dele e invadir a sua casa.

Sobre a música Chyno conta “Relata perfeitamente o que muito de nós tem vivido, sobretudo em nossa adolescência, quando queremos ter uma relação curta mas sempre com verdade.” Ele ainda fala sobre a parceria “é uma canção que gravei apenas com guitarra e voz e compartilhei com Balvin e de imediato ele se juntou para a criação final do tema, uma fusão com pedaços de Rap e música urbana”.

J Balvin agradeceu o amigo, “Estou muito agradecido de que meu amigo e irmão Chyno tenha me chamado para este projeto, no qual só houve boas vibrações”.

Realmente o resultado ficou incrível. Uma música dançante, de fácil identificação e com uma letra divertida que fica em nossa cabeça.

Culpables

Karol G mais uma vez arrasa e muito no Rap e dessa vez acompanhado de Anuel Aa em “Culpables”.

A música dedicada à infidelidade dos amantes, que pagam na mesma moeda o seu par, ganhou um clipe todo sensual com direção de José Emílio Sagaró. Nele vemos os cantores em clima de sedução e romance, junto as escapadelas do cara.

Karol queria muito fazer uma parceria com o cantor em sua faixa “Ahora Me Llama”, porém não foi possível por problemas pessoais dele.

Sabendo do desejo de parceria, Anuel a procurou querendo participar do remix de “Pineaple”, porém ela informou que não tinha mais como, pois já havia outra parceria fechada.

A cantora propôs para ele gravar uma outra música. Anuel escreveu diversas letras, porém a cantora achou que nenhuma tinha sua cara. Foi então que ele resolveu escrever exclusivamente para ela “Culpables”, onde conseguiu fazer algo a ver com a personalidade. Os dois então gravaram. E o resultado ficou incrível.

Puntos Suspensivos

Um dos maiores e melhores grupos de música urbana, Piso 21 lança o seu novo single “Puntos Suspensivos” com um refrão que não vai sair da sua cabeça.

O novo clipe é totalmente em preto e branco e mostra cenas do show e dos bastidores da banda com momentos de diversão, emoção e brincadeiras.

Sobre a nova música eles contam em comunicado à imprensa “fala do amor e do vazio que fica quando termina uma relação que parecia que não acabaria. Uma relação ideal que depois de um tempo do término, deixa pontos suspensivos para um dos dois que mostra amor intenso, durante a canção”.

O single está no novo disco do Piso 21 “Ubuntus”.

Amor Falso

Depois de singles autorais, Di Ferrero acaba de lançar um cover que muita gente não imaginava.

“Amor Falso” que já foi sucesso de Aldair Playboy, Wesley Safadão e Kevinho, foi escolhida e ganhou uma versão acústica em voz e violão.

A canção ganhou um vídeo dirigido por César Vale que mostra de em estúdio de forma simples mostrando todo seu potencial vocal.

O cantor explica a escolha da música “A primeira vez que ouvi essa música já imaginei uma versão acústica. Então uma vez, em um show, peguei o violão e puxei a canção para ver o que iria acontecer. E deu super certo! então resolvi trazê-la para o meu mundo e fazer a minha versão”.

A produção da faixa foi por conta de Guiza Ribeiro que também tocou violão e aparece no clipe.

É muito bom ver um artista como Di mostrando sua versatilidade e que não tem nenhum tipo de preconceito contra qualquer tipo de música. ele arriscou sem se importar com a crítica e o resultado foi incrível. Di Ferrero está de parabéns.