Não Olha Assim Pra Mim

Os meninos talentosos do Outro Eu lançam junto ao seu novo EP, o single “Não Olha Assim Pra Mim”.

A canção acústica que fala sobre se apaixonar, ganhou um clipe dirigido por Bruno Trindade e gravado em São Paulo. Nele, enquanto a dupla interpreta o tema vemos dois casais início de paixão.

Em entrevista para o site Dammit, Mike fala da escolha do primeiro single. “Porque ela foi a primeira de todas a ficar pronta e nós acabamos pegando um lance com ela, um carinho”.

Para o mesmo site Guto conta que também um dos motivos para a escolha do primeiro single é o fato de ser uma música que lembrava bem o som do disco anterior e que tinha muito a ver com a identidade do duo.

O novo EP “Encaixe” possui cinco faixas e já está disponível nas plataformas digitais pela Universal Music.

Edredom

Um dos maiores nomes da música atual, Vitão se junta a MC Davi em “Edredom”.

O clipe do single foi dirigido por Léo Ferraz, os dois cantores cantam em um estúdio e também aparecem em jogo de luz e sombra. Também bailarinas fazem uma coreografia incrível.

A produção da nova canção é do trio Pedro Lotto, Caio Paiva e Pedro Dash. A letra foi escrita pelos próprios Vitão e MC Davi.

Mais uma vez, temos um hit de Vitão envolvente e muito gostoso de ouvir. Uma música que fala de algo que muitos de nós já vivemos ou viveremos, o fim de uma relação que até a mãe da gente ficou sentida.

Que Pretendes

J Balvin e Bad Bunny chegam envolventes e fazendo a festa em “Que Pretendes”.

No clipe com direção de Colin Tilley, os cantores chegam em um carro para uma festa cercada por um pântano e cheia de beldades e animação.

Depois de anunciarem a música, os dois prometeram novidade caso uma foto no Instagram chegasse a 500 mil comentários. Com a meta alcançada, Balvin e Bunny anunciaram o álbum conjunto “Oasis” com oito músicas. Isso mesmo, teremos um disco dos dois juntos. Muito massa!

Bad Bunny definiu o novo trabalho como “Um álbum transcendental e refrescante; um resgate, um alívio”. E J Balvin completa “Tenho orgulho de dizer que amo o Bad Bunny. Nós sempre parecemos estar no mesmo comprimento de onda. Ele gosta do que eu gosto”.

“Oasis” já está disponível nas plataformas digitais pela Universal Music.

Quando a Bad Bater

Luan Santana vai te conquistar ainda mais com o seu novo hit “Quando a Bad Bater”.

O single é o primeiro divulgado do seu próximo DVD “Viva”, gravado em Salvador. E o vídeo com o trecho dessa música já está no ar e dá um gostinho do novo trabalho de Luan. Ele também mostra algumas partes de durante o show.

O mais bacana é que a letra da nova canção foi composta apenas por Luan Santana, sem parceiros. Tô muito feliz! ‘Quando a Bad Bater’ é uma composição só minha, minha e minha! Imaginem o quanto tô agradecido por ser ela! Espero que curtam muuuuito!”, declara o cantor.

Foto: Kadu Fernandes

Para o novo projeto Luan não chamou outros artistas para participar e ele explica o motivo, “Tudo é muito eu em cenário, repertório, identidade mesmo, então eu queria que fosse um momento entre eu e meus fãs”.

O novo DVD de Luan Santana pela Som Livre está previsto para ser lançado em Agosto. No dia da gravação o público era de 20 mil pessoas. Grande, o palco media 100 metros de largura e o público se impressionou com tanta tecnologia usada.

Uma Nora Pra Cada Dia

Bem safadinho, MC Kevinho se joga no funk 150 bpm em “Uma Nora Pra Cada Dia”.

A música ganhou clipe dirigido por Mateus Rigola e que conta com a participação de Sueli Azevedo, a mãe do funkeiro.

Na produção gravada em São Paulo, ostentando um carrão, Kevinho arranja uma garota por dia da semana como nora de sua mãe. E arruma aquela confusão.

MC Kevinho participou até da edição final de seu videoclipe, além de ter ajudado no roteiro.

Me Gusta Entrevista : Erick Roza

Texto e entrevista por André Rossanez

Uma grande aposta musical do Portal Me Gusta é o cantor e compositor Erick Roza, que canta uma música deliciosa de ouvir e com letras que encantam a gente.

Nesta sexta, dia 28, é o lançamento de “Porto Seguro”, o novo EP de Erick com músicas que falam de diferentes formas de amor. E essa semana o Me Gusta teve a oportunidade e a felicidade de conversar com o artista por telefone para falarmos do novo trabalho e de sua carreira.

EP “Porto Seguro”

Agora você vai ter a oportunidade de conhecer melhor Erick Roza e suas inspirações, além de saber mais detalhes do novo trabalho dele. Fique por dentro de tudo que conversamos, na íntegra.

Portal Me Gusta: Como surgiu o amor pela música?

Erick Roza: Diria que desde sempre, desde que nasci. Meu pai era músico e me apresentou essa arte. E minha mãe também conta uma história de que eu subia na mesa da sala de aula e fingia que tocava guitarra e fui algumas vezes para a diretoria, mas tudo bem! Agora eu mesmo como músico tocando instrumento, o primeiro que toquei foi flauta na terceira série, na primeira banda com meu irmão e alguns amigos. Eu diria que foi a minha introdução na música.

Me Gusta: Como foi a escolha de repertório do novo EP “Porto Seguro”?

Erick: Para escolher as seis músicas que o pessoal vai ouvir eu compus mais de 20. Se você ver a história de muitos músicos e muitos CDs que foram gravados, se grava muitas músicas e depois a gente seleciona, dá uma enxugada. Eu fui escolhendo as melhores, as que se encaixavam melhor, até no final chegar nesse número reduzido. Então teve uma filtragem antes de serem escolhidas e eu escolhi justamente aquelas que mais me tocavam, que mais mexiam comigo, com meu sentimental. Porque música é emoção e aquilo que realmente te conecta com as pessoas.

Me Gusta: Como se dá o seu processo de composição?

Erick: Não é uma resposta pronta, não é um ritual que eu sigo ou uma fórmula. Qualquer lugar pode me servir de inspiração. Então eu escrevo sobre aquilo que eu vivo, o que vivencio e o que acontece na minha vida. Mas não só necessariamente a vivência. pode ser um livro, um filme, algo inspirado no que eu fiz e no meu caso específico, cada música tem um processo de composição. Mas para mim vem a qualquer hora e em qualquer lugar. Às vezes eu olho para o violão, ele olha para mim e eu faço uma música ou um trecho. Ou às vezes eu tô na rua e me veim uma letra na cabeça e tô sem o violão e não consigo cantar e aí quando eu chego em casa, corro para o violão. Para você ver como essa não é uma ciência exata, tem música que eu compus em uma noite e tem música que eu demorei mais de um ano para terminar. São coisas da vida que eu nem sei ao certo como explicar. Só vem. Eu escolhi o horário e não escolhe dia.

Me Gusta: uma música que chama muita atenção e é linda é “Beija Flor”. Qual foi a inspiração para ela?

Erick: Eu gosto muito da história dela. Eu trabalhava em outra área e em paralelo lutava pelo meu sonho e batalharlva pela minha carreira. A minha chefe também desenha e fez uma mandala que era um beija flor e antes dela me entregar, contou que a história do beija flor no sentido místico desse animal é que ele traz mensagens de fé e amor do céu para terra e vice-versa. Então ele é esse ‘carteiro’ entre o céu e a terra. Se você for analisar a música, é justamente isso. Eu peço para o beija flor trazer amor, trazer felicidade e tudo que é de bom e levar embora algo que de alguma forma nos machuque, que nos faz ficar tristes.

Me Gusta: Na canção “Porto Seguro”, sua irmã Naná Roza canta contigo. Como foi escolher qual canção cantariam juntos?

Erick: Desde sempre a minha irmã canta e sempre busquei essa oportunidade de trazer ela para um projeto meu ou uma música. E quando veio essa inspiração, essa música e compus ela, tinha certeza que eu precisava de alguém para cantar comigo e fazer um dueto e por consequência já pensei na minha irmã. Até porque seria uma voz feminina e minha irmã, era um sonho gravar com ela. Então foi oportunidade perfeita. Se você for observar a música inteira, a forma que eu escrevi, digo que é meio unissex e encaixa tanto para voz de um homem como a de uma mulher. Se só um dos dois for cantar ela inteira, ela não perde o sentido e não precisa mudar e nem precisa alterar nada. Essa música nasceu com isso, então não demorou muito para decidir qual.

Me Gusta: O clipe da sua música “Perto de Mim”, diferente dos outros foi uma animação. Como essa ideia surgiu?

Erick: Cada música e cada clipe é um mundo diferente e tem uma mensagem, uma maneira de contar ao público. Quando a gente estava decidindo, por ser uma música fofa, Eu queria um clipe que conversasse com a música e que ambos conversassem com o público nesse sentido e passassem a mensagem dela. Então a ideia foi de fazer um desenho, porque o desenho transmite essa pureza, essa fofura como posso chamar. Ele conversa com a música. Quando surgiu essa ideia, achei super bacana e era algo diferente do que fiz nos outros clipes e essa foi a ideia, conectar as pessoas, e essa era a melhor forma.

Me Gusta: Quais são as suas maiores influências na música?

Erick: Vou te dizer a resposta em duas perguntas. Como fui inserido na música, seria o rock clássico. É o que comecei a ouvir. Ouvia muito rock nacional, mas aquele mais antigo como Legião Urbana e Raul Seixas e também o rock mundial. E o que mais influencia hoje. Essa galera da nova MPB: Tiago Iorc, Anavitória, Maria Gadú.

Me Gusta: Você trabalhou na bolsa de valores e faz faculdade de direito. Como isso influencia na sua carreira artística?

Erick: Eu trabalhava na bolsa, na parte jurídica dela e stou no último ano de direito. Sobre esse trabalho eu diria, que mesmo eu não use isso de certa forma, como pessoa lá me engrandeceu muito. Nos dois anos tive lá, me mostrou como me portar e me fez amadurecer. Na minha vida ajudou nas finanças, e na parte musical também. O direito me ajuda na parte de contratos.

Me Gusta: O que fez você colocar o nome da música “Porto Seguro” como nome do EP?

Erick: Sendo bem sincero, acho que essa foi a música mais bonita e mais madura do EP. Por isso que eu quis ela como cargo chefe. As outras músicas eu adoro, na minha visão são muito boas, mas essa tem o dom para ser cargo chefe do EP.

Me Gusta: Como é sua relação com os fãs?

Erick: Sempre que possível faço a conexão mais direta possível. Então, sempre quis tiver ao meu alcance, vou responder os comentários e mandar mensagens. Eu tenho um grupo no whats app exatamente para isso e para ter essa conexão. Faço Live toda semana no Instagram e gravo vlog semanais no YouTube contando a minha vida. Quero que as pessoas me acompanhem, acompanhem passo a passo da minha carreira e quero manter essa conexão direta. Música isso, é conexão e é sentimento.

Me Gusta: Quais são os próximos passos da carreira que você pode nos adiantar?

Erick: Nas frentes de divulgação do EP, as redes sociais é uma forma de divulgar, também tenho assessoria de imprensa que divulga e me ajuda e vou fazer o meu show de lançamento (dia 29). Também sempre procuro parcerias. E resumindo a divulgação tem várias frentes e formas de ser feita. Sou músico e quero que meu trabalho chegue ao máximo de pessoas possível e que as pessoas recebiam as mensagens que quero passar. O YouTube também é uma forma de divulgação. E os próximos passos além do EP, vou fazer os meus shows e começar a pensar em outros lançamentos, mas focando mesmo nesse EP nas redes sociais.

Me Gusta: O que você diria para os cantores que estão começando?

Erick: Diria que não é fácil e que vai dar trabalho. Mas se a pessoa tem um sonho, ela precisa correr atrás do seu sonho. Se ela se esforçar e tiveram realmente isso como objetivo de vida, um dia ela alcança. De uma forma ou de outra chega lá.

Segunda Temporada de Clube da Anittinha

Enorme sucesso entre as crianças, animação “Clube da Anittinha” em breve entrará em sua segunda temporada e com certeza vai repetir o sucesso.

A cantora Anitta revelou que nessa nova temporada do desenho transmitido pelo canal à cabo Gloob, sua infância serviu de inspiração e será retratada na série.

“Eu não tinha muitos brinquedos, então fingia que o esmalte da minha mãe era um boneco. Em cada episódio tento trazer algo da minha infância ou passar uma mensagem que eu gostaria de passar”, revelou a artista.

Anitta também falou um pouco sobre a diferença entre trabalhar para o público adulto e o infantil. “Acho que adulto procura cabelo em ovo em tudo, tem que ter cuidado com tudo o que você fala e estar atento 100%. Com criança você tem que ser prático, objetivo e passar as mensagens de maneira fácil e dinâmica”.

Na produção destinada às crianças, Anitta se preocupou em passar mensagens que gostaria de passar aos seus filhos. E ela também conta “Na segunda temporada, a gente vem muito profissional, com psicólogos e tudo. Estudando o que deu certo e o que podemos melhorar. A gente vem muito mais aprimorado e com ganchos pra envolver as crianças de maneira saudável e e positiva, sempre com mensagens que às vezes elas não querem escutar dos pais. Mas quando a criança vê o artista falar, o desenho falar, ela acaba ouvindo mais”.

Uma preocupação da cantora é a qualidade das músicas que fazem parte da trilha sonora e tocam durante os episódios. Para que a qualidade sempre seja elevada, os produtores responsáveis pelas canções, são os mesmos da carreira de Anitta.

Pizza e Guaraná

A cantora Aramà se junta ao talento de Boss In Drama na deliciosa “Pizza e Guaraná” pra fazer você dançar.

A canção ganhou um clipe gravado em São Paulo no bairro do Bexiga com cenas no restaurante italiano Cantina C Que Sabe. Ambientada na década de 50, a produção divertida mostra um divertido almoço na pizzaria e muita coreografia.

A direção do vídeo foi por conta de e nele participam o ator e apresentador Thiago Adorno e o modelo e nadador profissional, Felipe Martins. A coreografia é um espetáculo à parte e foi coreografado pela dançarina Bruxa Cósmica.

Aramà conta um pouco mais sobre as influências e inspirações do novo single. “Tudo surgiu do relacionamento lindo que tenho com Brasil e a Itália, minha terra, sempre me influencia. Nessa música mesclamos o popular com o house, tem o sabor e o carinho de casa e a internacionalidade da terra brasileira. Tem o bandolim típico da Itália, onde se sente o ar de casa. Dos limões da Sicília. O cheiro da Amatriciana como fala a musica. O spaghetti e a pizza! O bairro do Bixiga foi teatro disso… recriar uma atmosfera italiana em São Paulo, com mulheres lindas, ar e música leve como a energia que a Itália tem”.

O produtor Boss In Drama revela “A ideia da Pizza e Guaraná veio quando Aramà me chamou para produzir essa música. Eu vinha buscando algo que representasse nós dois. Ela, como essa cantora italiana e com toda a referência latina e eu, como produtor musical brasileiro. E logo, ambos percebemos que o tema era perfeito. Ela representando a pizza, uma comida típica italiana, que se tornou pop e tomou o mundo. E eu sou o guaraná. O conceito da música sou eu e ela trazendo nossas referências e vivencias para essa música. Fazendo uma música animada e divertida, porque nós somos assim.”

A composição da faixa é de Aramà e Gaël Carman e conta sobre uma mulher que frustrada com os fracassos da vida amorosa, desconta tudo na comida.

Milu

Gusttavo Lima lança “Milu” e mais uma vez mostra que é o brasileiro que mais domina o ritmo latino da Bachata.

O novo single ganhou um clipe com direção de André Caverna. Na produção, Gusttavo interpreta a canção sobre uma mulher encantadora e que ilude, chamada Milu. Muito bacana ver o domínio que o artista da Bachata e toda sua desenvoltura e harmonia com a sua banda.

Milu” é uma composição de Denner Ferrari, Felipe Goffi, Jimmy Luzzo, Edu Braga, Fabrício Fafa e Rick Monteiro.

Make It Hot

Junto com Major Lazer, Anitta lança “Make It Hot”, um vídeo contagiante e colorido e também um dos melhores de sua carreira.

O novo clipe tem a direção de Jovan Todorović e foi gravado na Costa Rica, em parceria com a Bacardi. Anitta dança e se diverte junto às bailarinas
Sara Bivens e Helen Gedlu e aos meninos do Major Lazer (Diplo e Walshy Fire) pelas ruas e belas praias do país.

Segundo o diretor, “O vídeo tem um visual bastante específico. No espírito de ‘passing the beat’ (passando o som), nós usamos movimentos rápidos de câmera entre os dançarinos, destas e artistas diferentes, que você não vê muito nos vídeos de agora”.

Ele completa “Durante todo o processo, o Major Lazer, a Anitta e os dançarinos tiveram que aprender essa nova linguagem de câmera e como brincar com ela – tudo funcionou lindamente e estamos animados com o produto”.

Sobre a parceria, Anitta revela “Já trabalhei com o Major Lazer antes. Então, me unir a eles para criar ‘Make It Hot’ foi como me reunir com a família”.

God Control

Defendendo leis para restringir acesso à armas e contra a violência, Madonna lança “God Control”.

No clipe dirigido por Jonas Åkerlund, a Rainha do Pop mostra um massacre violento contra pessoas em uma boate (referência à Pulse em Orlando onde um atirador agiu em 2016) e imagens reais de protestos. Tudo isso para protestar a favor da paz. Além disso um coral infantil menciona recentes protestos de estudantes pedindo mais restritas após massacres em escolas americanas.

Um detalhe muito bacana é que a balada que aparece no clipe, é inspirada na famosa Studio 54, a primeira que a artista visitou em Nova York quando se mudou para lá na década de 1970.

Sobre o contexto do vídeo Madonna diz “É irônico, porque nós costumávamos frequentar lugares como boates para nos divertir juntos, sermos livres. Agora, mesmo esses lugares não são mais seguros”.

Na produção, Madonna em texto pede que o acesso de armas seja restrito.”A violência com armas desproporcionalmente afeta crianças, adolescentes e comunidades marginalizadas. Em memória das vítimas, nós exigimos o controle de armas. Agora”, diz a mensagem. Em seguida vemos uma lista de acesso à instituições que lutam contra a violência armada.

Realmente Madonna também é rainha na hora de se engajar política e socialmente. E mais uma vez, uma produção com ares cinematográficos e que nos faz refletir e nos emocionar.

Neste vídeo, a música acabou ficando em segundo plano e para muitos não foi valorizada como devia, como se ela tivesse sido desmembrada em partes ao longo do clipe. Também tem quem ache que a cenas, por mais que sejam muito bacanas, ficaram um pouco bagunçadas e chatas de assistir por não serem mostradas na ordem cronológica exata. Por mais que vemos os horários na tela, essa impressão para alguns foi passada.

Independente da conclusão de cada um sobre essas críticas, é inegável que mais uma vez a nossa diva impactou todos nós e soube como ninguém fazer o seu protesto para uma sociedade mais justa e humana. Viva Madonna!

Lançamento “Pra Todo Mundo Ver”

Nessa terça, dia 25, a talentosa dupla Juan Marcus e Vinícius reuniu a imprensa, amigos e fãs para o lançamento do projeto “Pra Todo Mundo Ver” com um pocket show em São Paulo na sede da Universal Music.

Antes da apresentação, os convidados puderam confraternizar com direito a churrasco, refrigerante e chop a vontade. Tudo para comemorar o novo trabalho ao vivo da dupla.

Nas plataformas digitais, a primeira parte (de três) do projeto já pode ser ouvida com sete músicas. E foi com o primeiro sucesso do álbum “Cortesia” dois cantores abriram a noite. E o mais bacana foi ver que todo mundo já tinha a letra na ponta da língua e os acompanhou em coro.

Eles também apresentaram sua versão para “Regime Fechado” que já foi sucesso na voz de Simone e Simaria, além de ser uma composição deles. A canção que ficou a cara deles levantou o público.

E claro que eles não poderiam deixar de cantar “Alguns Defeitos” e “Saudade Pura”. A primeira é um dos grandes sucessos da dupla, desde o projeto passado e foi cantada em coro por todos presentes. Já segunda é um novo sucesso que emocionou a plateia.

https://m.facebook.com/story.php?story_fbid=3352021208157031&id=100000475548041&sfnsn=mo

“Amor De Confusão” e “Hit Do Ano” também foram apresentadas e mostraram porque são já algumas das favoritas dos fãs, com tão pouco tempo de lançadas.

Outro ponto forte da noite foi quando Juan Marcus e Vinícius cantaram o hit “Cancela Essa Briga”, escrito por eles e que se tornou sucesso nacional na voz de Julia e Rafaela.

Atendendo a pedidos da platéia, “Hit do Ano” e “Cortesia” ganharam um belo bis, que fez todo mundo cantar com eles.

Novidade e Pedido de Fantine

Nesse final de semana, no dia 23 em São Paulo rolou mais uma edição da parada LGBTQ+. No evento a cantora Fantine, do Rouge, se apresentou em cima do trio.

No stories do Instagram, a cantora lembrou uma novidade em vídeo gravado no aeroporto. Eu Agosto, ela irá se apresentar na cidade de São Paulo com seu show.

Além disso, infantil que estava voltando para Holanda fez um pedido à imprensa. “Quero pedir para a imprensa não me chamar de ex-Rouge. Fui, sou e sempre serei Rouge. ‘Fantine, do Rouge’. Pode falar à vontade”.

Muito bacana, não é? É lindo ver o orgulho e o amor de Fantine pelo Rouge. Ficamos ainda mais encantados com ela.

Sobre o show de 3 de Agosto, Fantine conta “O que mais amo nesse trabalho que faço de voz e violão é que posso subir num trio elétrico, no palco de uma balada, num tapete de yoga, na casa de alguém… música é linguagem que leva a gente da mente para o coração como ser humano”.

AmarElo

Emicida, um dos maiores nomes do Rap nacional, cada vez mais traz canções impactantes e que refletem a nossa sociedade. E não é diferente em “AmarElo” com a participação de Majur e Pabllo Vittar.

A canção ganhou um clipe que nos incentiva a seguir em frente retirando as pedras do nosso caminho. A produção dirigida por Sandiego Fernandes foi gravado no Rio de Janeiro no Complexo do Alemão.

Sobre o novo single, Emicida conta “No primeiro passo desse processo, a nossa intenção era que as pessoas se sentissem grandes ao olharem no espelho. Agora, a ideia é que elas observem ao redor e se enxerguem maiores do que os seus problemas, independente de quais sejam”.

Sobre a força dessa música, Pabllo Vittar conta “A música é cheia de mensagens importantes, atuais e que retratam a diversidade, a luta e a força que vivemos todos os dias. O valor social que ‘AmarElo’ carrega é enorme e vai promover reflexões que precisam, cada vez mais, ser levantadas”.

Logo no começo ouvimos e depoimento de uma pessoa próxima ao rapper que tentou suicídio e isso logo é quebrado com trecho da canção “Sujeito De Sorte” de Belchior, para lembrar e hoje pode ser melhor do que ontem. Essa foi uma grande sacada do cantor e deu maior força à sua composição.

E foi muito bacana o fato de Emicida escolher duas figuras com grande representatividade na população negra e na comunidade LGBT para cantarem com ele.

É uma forma de protesto à situação atual do nosso país. Por aqui a cada 23 minutos um jovem negro é assassinado e a cada 20 horas um LGBTQ+ morre violentamente (73% assassinados e 24% por suicídio). Já está na hora de lutarmos para mudar essa situação.

Esse é o segundo single do novo álbum pela Sony Music, que Emicida chama de ‘experimento social’. Segundo ele, “apesar de ser nobre conduzir uma experiência sonora por, mais ou menos, uma hora, é preciso ter cuidado para cultura da música não ser engolida pela cultura das plataformas”.

Titãs Em Serra Negra

Uma das bandas mais amadas do Brasil, o Titãs vai fazer a festa em Serra Negra/SP. E você que é da cidade ou região não pode perder esta oportunidade.

No no show da turnê “Titãs, Trio Acústico”, os roqueiros vão relembrar os seus maiores sucessos no dia 12 de Julho no Centro de Convenções do Circuito das Águas, às 21h.

Com um clima mais intimista, o espetáculo com direção de Otávio Juliano, conta com as participações de Mário Fabre e Beto Lee.

Você não pode perder essa chance de cantar junto com eles hits como “Epitáfio”, “Porque Eu Sei Que É Amor”, “Isso”e Toda Cor”.

Lembrando que esse show é também uma comemoração dos 20 anos do grande sucesso deles, o “Acústico MTV”que será lembrado através de suas canções.

O Show

Quando: 12 de Julho de 2019 às 21h

Onde: Centro de Convenções do Circuito das Águas – Rua Nossa Senhora do Rosário, 1 – Centro – Serra Negra/SP

Mais Informações: http://www.alphatickets.com.br/