Nada Ficou No Lugar

Nós amantes da MPB ganhamos um belo presente. Um tributo à cantora Adriana Calcanhoto, que tanto adoramos.

Com diversos estilos musicais como o Eletrônico, o Pop, o Brega, a Bossa Nova, o Rap e o Pagode, artistas da nova cena musical lançam suas versões para canções de sucesso e do lado b.

Com lançamento pela Xirê com a Sony Music, 21 músicas fazem parte do projeto “Nada Ficou No Lugar”. O lançamento será dividido em três partes e a primeira já está nas plataformas digitais desde o dia 21.

Nesta parte inicial temos gravações de Johnny Hooker, Mahmundi, Priscila Tossan, Rubel, O Quadro e Ava Rocha. a segunda parte será lançada no dia 18 de Janeiro e a terceira em 15 de Fevereiro com artistas como Alice Caymmi, Preta Gil, Jaloo e Taís Alvarenga.

Adriana Calcanhoto fala sobre a homenagem Eu não vejo muita graça de alguém pegar uma canção minha e gravar do mesmo jeito que fiz. Assim como eu gosto de pensar as músicas de outros compositores como um material para ser trabalhado, modificado e apropriado, é isso que espero que façam com coisas minhas. No caso deste projeto, eu fiquei muito satisfeita em saber que o desrespeito é total.

A curadoria do disco foi feita por Zé Pedro e Andreia Franco.

Segundo Zé Pedro, “A gente escolheu artistas de muita personalidade, o que deu um resultado bem interessante para o projeto. Cada um teve total liberdade para acrescentar mais acordes, e até modificar a melodia e reconstruir a canção com sua assinatura”.

Foto: Léo Aversa

Ele completa, “Isso tem tudo a ver com Adriana que sempre despejou uma carga autoral muito forte mesmo quando grava outros compositores”.

Andréa Franco contaA ideia do álbum se chamar ‘Nada Ficou No Lugar’ surgiu exatamente pelo fato dos intérpretes se apropriarem das canções e darem uma roupagem ao seu modo e para seu público, de acordo com sua identidade musical. Acho que este álbum renova e apresenta a obra de Adriana para uma outra geração de uma forma muito especial”.

O Me Gusta torce para que outras iniciativas como esta possam trazer grandes cantores da música brasileira para as novas gerações e também aquecendo os corações de todos os fãs da boa música.

Cinema e Música

Nem acabou ainda 2018 e uma das mexicanas mais amadas do Brasil já tem novidades para 2019.

A atriz e cantora Maite Perroni, vai estrelar um filme no cinema e lançará clipe e música com uma das maiores bandas do Brasil, Roupa Nova.

A música do grupo com a cantora ia ser lançada em Novembro, porém foi adiada para Março. “Destino O Casualidad” foi gravada em outubro quando a cantora esteve aqui no Brasil e promete ser mais um grande sucesso do Roupa Nova.

Maite gravando com o Roupa Nova e junto ao integrante Ricardo Feghali – Fotos: Instagram

Além disso, Maite que está noiva de Koko Stambuk, vai ser a protagonista de “Doblemente Embarazada”, novo filme escrito e dirigido por ele.

Sobre a produção cinematográfica, a artista conta “Koko escreveu a ideia original e dirigiu o projeto. Diego Ayala é co-roteirista, e juntos trabalharam nesse projeto”.

Maite Perroni com Koko Stambuk – Foto: Instagram

Sobre trabalhar com seu grande amor, ela revela “É incrível poder compartilhar um projeto juntos. É algo muito especial dentro do que estamos vivendo. Deixando de lado a parte romântica, acho que é importante admirar a pessoa e poder ver o que implicou esse trabalho”.

O filme vai contar a história de uma jovem chamada Cristina, que após sua despedida de solteira, dorme com seu ex-namorado e depois fica grávida sem saber quem é o pai. Para sua surpresa, os exames mostram que serão gêmeos e ela pensa na possibilidade de cada bebê ser de um pai.

Lembrando que no dia 31 de Agosto foi lançado nos cinemas do México, o filme “Dibujando En Cielo” estrelado pela Maite.

Não resta dúvida que assim como este ano, o próximo será cheio de realizações e sucesso para Maite Perroni, que cada vez mais inova em sua carreira e e nos encanta com sua música.

Bastidores da gravação do filme “Doblemente Embarazada” – Foto: Instagram

Epitáfio

“Epitáfio”, uma das músicas mais lindas e emblemáticas do Titãs ganhou uma bela versão da banda junto ao DJ e produtor Alok. E o melhor, essa versão vai fazer o bem.

Convidados pelo programa “Caldeirão do Huck”, os veteranos e o DJ se juntaram para dar uma nova cara a esta música positiva e que nos faz pensar sobre as coisas boas da vida, que estão na simplicidade.

Toda a renda conseguida pela faixa será revertida para a ONG “Instituto Anelo” de Campinas (SP), que promove a cidadania através da música. A música foi produzida por Alok, Adriano Machado e Bhaskar.

Sobre a nova versão, gravada em São Paulo no Estúdio Mosh, Branco Mello afirma “Foi um reencontro instigante, divertido e mostrou mais uma vez que a música não tem limites”.

Para Sérgio Britto, “Foi incrível ter participado de um projeto como esse. Ainda mais sabendo que é em prol de uma causa tão nobre”.

Tony Beloto reflete “Unir a tradição titãnica à modernidade do Alok, sob a sensibilidade do Luciano (Huck) em prol do talento e da generosidade do Lucas e do pessoal da Anelo, num projeto divertido e criativo, comprova mais uma vez que só a educação pode transformar o Brasil”.

Foto: Avocado Agência

Alok comemora “Titãs foi sempre uma referência musical tanto pra mim quanto para os meus pais e trabalhar em algo com eles certamente faz parte da realização de um sonho que vivo agora”.

Ainda para DJ, “A singularidade de “Epitáfio” torna o sentimento envolvido ainda mais forte, uma música atemporal, repleta de nostalgia e poesia enraizada na vida de todo brasileiro. E nada poderia ser tão bom em prol de uma boa causa que esse combo de competência, profissionalismo e talento em união”.

Foto: Avocado Agência

Aonde Anelo foi criado em 1996 por Luccas Soares, que ensina música na comunidade onde nasceu para as crianças. Luccas, após se apaixonar por música resolveu que usaria o seu talento em prol ao seu povo, e após montar.

Você pode conferir um pouco mais do trabalho do Instituto Anelo através do site anelo.org.br

Linha do tempo da ONG Anelo – site oficial da ONG

Fafá Canta Chico

Você gosta de música boa? Curte MPB de qualidade? Então você vai adorar ver de perto Fafá Belém cantando as músicas do mestre Chico Buarque.

Se você é de São Paulo e região ou está passeando pela cidade não perca esta linda oportunidade. Em Janeiro nos dias 4, 5 e 6 a cantora irá apresentar o show da turnê “Fafá canta Chico” no Sesc Pinheiros.

Foto: Fábio Bartel

A artista estará acompanhada dos músicos João Rebouças no piano, Raul Mascarenhas no sax e na flauta, Ricardo Costa na bateria e Renato Loyola no contrabaixo.

No repertório inspirado no CD “Tanto Mar”, onde Fafá canta músicas de Chico, lindas canções como “As Vitrines”, “Gota D’água”, “Sob Medida”, “Construção” e “Mulheres de Atenas”. Um momento perfeito para os amantes da boa música e de Chico Buarque.

Sobre o show, Fafá de Belém conta “Este é diferente de outros shows. A música é a protagonista. Eu sou apenas a voz sentada em um banquinho, acompanhada de quatro músicos. é um espetáculo acústico e canto apenas canções do nosso grande poeta e compositor. O repertório dele é popular, qualitativo e não dá para escolher uma favorita. Foi difícil inclusive, chegar a essas 23 canções, pela beleza e qualidade da obra dele”.

Foto: Vânia Toledo

O Show

Onde: Sesc Pinheiros / Teatro Paulo Autran – Rua Paes Leme, 195 – Pinheiros, São Paulo/SP

Quando: Janeiro nos dias 4 e 5 às 21h e dia 6 às 18h

Valor: R$ 40,00 e para credenciados plenos R$ 12,00

CDs Que Amamos : Red Pill Blues

Há um pouco mais de um ano atrás, no dia 3 de Novembro de 2017, era lançado o disco “Red Pull Blues”, o sexto do Maroon 5.

A produção foi por conta de Jacob ‘J Kash’ Hindlin, o vocalista Adam Levine e parceiros por 222 Records e Interscope Records com distribuição pela Universal Music.

Com dez músicas na versão standard, a Deluxe (com mais quatro faixas) já de cara estreou em primeiro lugar no ITunes Brasil.

O primeiro single “Don’t Wanna Know” com participação de Kendrick Lamar é uma das melhores faixas do disco e uma das queridinhas do público. A segunda música de trabalho “Cold” conta com a participação de Future e mais uma vez traz o agudo de Adam Levine usado com maestria.

“What Lovers Do” é o terceiro single e também mostra o agudo do vocalista que todos gostamos de ouvir. SZA participa dando um toque todo especial com sua voz forte ao mesmo tempo leve, de tão gostosa de ouvir. Uma baladinha eletrônica daquelas.

O quarto sucesso “Wait” traz a voz de Adam com efeito eletrônico. Uma daquelas músicas gostosinhas de ouvir que fala sobre a luta para recuperar o amor perdido. O último single “Girls Like You” para falar da garota dos sonhos, possui um ritmo um pouco mais gingado. A música ganhou uma versão com a cantora Cardi B, disponível nas plataformas digitais.

Destaque para as duas músicas com tom mais lírico sobre um amor perdido, “Denin Jacket” e “Plastic Love”.

“Best 4 U”é mais uma música bem eletrônica e sensorial que traz um balanço todo gostoso, daqueles que faz você mexer o corpo ao ritmo da canção. “Whiskey” é uma música leve sobre um romance que começou em Setembro, em que o vocalista canta com um tom um pouco mais baixo e não menos belo, com participação de A$AP Rocky.

Não podemos deixar de destacar “Visions” que é a faixa mais Pop de todas e que ganhou um toque de Reggae. E também “Lips On You” uma das mais lindas e românticas e que ao mesmo tempo é bem sensual.

“Help Me Out” é outra canção onde o agudo de Adam Levine é bastante explorado. E se é agudo que você quer, nesta faixa é isso que você vai ter já que a cantora Julia Michaels participa trazendo ainda mais agudos. Claro que também, muito bem executados.

Vale vale ressaltar que a versão Deluxe ainda vem com um CD extra, com seis faixas ao vivo gravadas em Manchester em 2015.

Este álbum é um marco na carreira do Maroon 5. Com um integrante a mais na banda, eles renovaram o seu som, com o disco mais eletrônico de todos usando bastante baixo sintetizado, porém sem perder sua essência.

É um daqueles discos que você começa a escutar e não quer que acabe tão cedo. Quando acaba fica aquele gostinho de quero mais.

Com certeza foi um álbum que serviu para que o Maroon 5 se firmasse ainda mais no mundo da música e mostrasse que esta banda nunca fica velha.

Um dos melhores trabalhos da carreira de Adam Levine e sua turma.

Kelly Key, O Retorno

A boa filha à casa torna. Kelly Key acaba de assinar contrato com a gravadora Warner Music, a mesma que a projetou em 2001 com seu primeiro álbum.

A dona de hits como “Baba”, “Cachorrinho”, “Sou a Barbie Girl” e “Adoleta” em 2009 se dedicou mais à apresentações de televisão e em 2014 anunciou sua volta na música com o disco “No Controle”, que foi lançado no ano seguinte.

Foto: Karyme França

Com uma repercussão menor do que a esperada, Kelly se dedicou ao seu Instagram, à vídeos no You Tube e no mercado fitness.

A Warner, nesta nova contratação anunciou que eles farão em parceria um grande projeto com gerenciamento de Pablo Falcão, que também cuida da carreira do Rouge.

Foto: Karime França

Ansiosa para voltar aos palcos Kelly Key comenta “Estou de volta à família Warner Music Brasil, se é que em algum momento deixei de fazer parte dela. Me senti tão querida por todos quando entrei na sala de reuniões para assinar o contrato, que naquele momento tive a certeza de que todos ali estavam prontos para fazer o trabalho dar certo”.

Fotos: Karime França

Estamos ansiosos para o novo projeto de Kelly Key que será lançado em 2019. Com certeza será um enorme sucesso e trará a cantora novamente ao topo da música Pop e da música nacional.

Vogue Do Gueto

Com muita personalidade e empoderamento Karol Conká lança “Vogue do Gueto”. o título faz referência tanto a revista como ao movimento artístico, Vogue.

O clipe faz uma celebração à diversidade e assim como a canção, mostra que a maior riqueza do ser humano esta diversidade que tem de ser respeitada e não podemos deixar que ela seja abalada.

Fotos: Bruno Trindade

A produção com direção do trio We Are Magnólia, representa com muito amor e classe a cultura e a arte dos negros, bem como a valorização de termos orgulho de sermos nós mesmos.

No vídeo temos a participação de As Irenes e dos movimentos ‘Estaremos Lá’, ‘Mooc’ e ‘Batekoo’, os dois últimos responsáveis pela coreografia.

Com muita alegria Karol celebra “Que experiência maravilhosa fazer esse clipe lado de tantas pessoas lindas e talentosas. Estou feliz que a vida nos conectou ainda mais”.

Universo Paralelo

Capital Inicial, uma das maiores bandas do Brasil acaba de lançar “Universo Paralelo”, com participação de Lucas Silveira (do Fresno).

Dirigido por Douglas Mendes o clipe mistura imagens distorcidas e difusas com momentos da banda e de Lucas.

Sobre o trabalho com o diretor, Dinho Ouro Preto, vocalista, conta “Ele parecia a pessoa certa, porque a música tem essa questão meio abstrata, tem uma pegada grunge, introspectiva. Eu tinha visto o trabalho do Doug pelo Lucas. E eram umas coisas absolutamente lisérgicas, parecia algo surreal. Havia um quê de etério. Pedi para que ele reproduzir se isso no vídeo da canção. Ele parecia o nome perfeito. O convidei e ele topou na hora. Acho que esse é o clima que o vídeo passa”.

A música é uma das 11 faixas de “Sonora”, o novo disco da banda. Pela primeira vez, o Capital Inicial terá todas as músicas de um disco, transformadas em clipe.

Sobre o disco, em nota à imprensa, a assessoria da banda define “trata-se de um trabalho feito de forma colaborativa e orgânica, em que a banda consegue se equilibrar entre manter-se fiel a sua personalidade, e ao mesmo tempo, apresentar novas sonoridades”.

“Universo Paralelo” é uma composição de Dinho Ouro Preto com Lucas Silveira.

Caderas Blancas

Mon Laferte mostra todo seu gingado e seu talento para a dança e o canto com o colorido e coreografado “Caderas Blancas”

O clipe dirigido por Sebastian Soto Chacón e com coreografia de Brigitte Kattan, mostra mulheres de estilos e físicos diferentes dançando para celebrar o amor e a diversidade.

Sobre o vídeo, Mon conta “No vídeo podemos ver esta diversidade de mulheres com quadris brancos, morenos, largos, firmes; todo tipo de quadris e de mulheres”.

Sobre a faixa do disco”Norma”, ela diz “É uma declaração de amor e liberdade, de querer desfrutar o amor com alguém, um par e gozar a vida. Disso se trata a canção”

Bumbum Gourmet

O produtor e DJ J Brasil teve uma ótima sacada e se juntou a rainha do bumbum Gretchen em “Bumbum Gourmet”.

A mistura do Dance com o Funk ganhou um belo clipe produzido por Robinson Barbosa e Thaís Mendes.

Na produção a cantora aparece em um cavalo branco, como uma verdadeira rainha, com visual inspirado no look usado por Lady Gaga em 2008. Ela é seguida por seus súditos e o DJ tentar chegar até ela.

Com muita coreografia, os bailarinos da cantora e do grupo Squad arrasam. Um belo trabalho da coreógrafa Taty Mytsue.

Sem dúvida J Brasil e Gretchen são os responsáveis por um dos grandes sucessos desse verão.

Bem Melhor

Lorena Simpson realmente se entregou ao português e está arrasando cada vez mais. Seu single “Bem Melhor” está incrível.

Com direção de Bruno Bessa e coreografia de Mickael Ramor, o clipe gravado em São Paulo mostra a cantora dançando pelas ruas e mostrando o poder da mulher de atitude.

A composição da música foi feita pela própria Lorena junto aos mestres Pablo Bispo, Ruxell e Sérgio Santos.

Fotos: Nicolas Calligaro

Lorena Simpson conta “É uma música muito empoeirada e que fala da mulher segura, que consegue se amar e sentir prazer sozinha. Às vezes a gente se envolve em relações que não são tão boas para nós, e ficamos bem sozinhas. Essa música vem para dizer o contrário, que é super tranquilo e bem melhor estar sozinha, do que estar mal acompanhada”.

Fotos: Nicolas Calligaro

A nova fase da cantora é um marco e agora chega mais um lacre, que fala de amor próprio, de ser segura de si mesma e de liberdade.

Clichê

Ludmila e Felipe Araújo chegam sensualizando em “Clichê” e vão te seduzir.

O clipe gravado em São Paulo e dirigido por Os Pra (Fernando Moraes e João Monteiro) mostra um garçom e uma cliente que já se conheciam e começam a se envolver.

“O clipe e a música trazem essa história de amor de duas pessoas que já se conheciam e se gostavam, mas se evitavam com medo de se jogarem no sentimento. Mas o amor vence e é nessa hora que eles permitem o momento clichê acontecer”, conta Ludmilla.

Fotos: Rodrigo Magalhães

Sobre a música Ludmilla revela “Eu queria apresentar algo completamente diferente tudo que já havia lançado numa pegada em que as pessoas pudessem ver outra versão minha e que eu também pudesse explorar a minha voz’

Felipe comemora “Sempre fui fã da Ludmila. Apesar da pouca idade, ela já conquistou bastante no meio da música e do pop brasileiro”.

A música entrou para a trilha sonora da novela “O Sétimo Guardião”, como tema do casal principal, Gabriel e Luz, interpretados por Bruno Gagliasso e Mariana Ruy Barbosa.