La Cintura (Remix)

Após o sucesso do hit “La Cintura”, Alvaro Soler repagina a faixa que ganha um Remix com Flo Rida e Tini.

O clipe da nova versão é a cara do verão e foi gravada em Miami onde o cantor divide a cena com Flo Rida e em Cuba junto a Tini.

Alvaro relata “Foi muito divertido. Tive que viajar a ambos lugares, porque Flo Rida tinha muitos compromissos em Miami e Tini, em Cuba”.

O single faz parte do novo álbum de Alvaro Soler, “Mar De Colores” com lançamento previsto para 07 de Setembro.

Anúncios

Mira

Após seis anos longe da música, Jerry Rivera retoma sua carreira em grande estilo ao lado de Yandel em “Mira”.

O novo clipe mostra a história de um amor não correspondido em uma lanchonete com direção de Daniel Durán junto à Cacho Diaz.

Sobre a parceria Yandel conta “Nós somos bons amigos e sempre falamos sobre gravar juntos, mas estávamos esperando a canção perfeita”. A faixa mistura o Reggaeton com Cumbia e também existe uma versão em Salsa (que não ganhou clipe).

O single está no novo disco de Jerry Rivera ainda sem previsão de lançamento.

Movimento

Aretuza Lovi e Iza trazem a cultura cigana e muita alegria em “Movimento”.

As duas são ciganas e seus destinos se cruzam no clipe com direção de Felipe Sassi. No tarô, o encontro foi mostrado e se concretizou com muita dança e energia boa.

Aretuza conta “O clipe é especial pra mim por vários motivos. Estou dividindo essa canção e esse sonho lindo nesse projeto com a Iza, que é uma pessoa que admiro, que tem uma essência linda, e a gente tem uma amizade incrível”.

Sobre a cultura dos ciganos presente no vídeo, a cantora revela “O clipe também é uma forma de homenagear o povo cigano, que é um povo da dança, da alegria, do brilho, das cores, do ouro, um povo divertido. Tenho uma fé muito grande na força cigana. Então é um clipe para homenagear esse povo maravilhoso e agradecer também, ao lado da minha amiga Iza”.

Sobre a produção, Iza se anima, “A gente foi para um lugar completamente diferente. É quase como se eles tivessem criado um universo paralelo para esse clipe. Amei estar dentro dessa estética bucólica, com aquelas roupas maravilhosas, que eu acho que tem tudo a ver com o movimento e tenho certeza que os fãs vão gostar”.

Clandestino

Reafirmando o encontro de almas através da música e a química entre eles, Shakira e Maluma lançam “Clandestino”, o clipe da terceira parceria entre eles, que estão mais lindos do que nunca.

A produção foi gravada em Barcelona na Espanha com, mais uma vez, direção de Jaume De Lauguana mostrando os dois como um casal de clandestinos, que vive um amor proibido e luta pra não serem expulsos.

A música que foi escrita por Shakira e Maluma junto à Édgar Barrera em apenas um mês teve 48 milhões de streams no Spotify, ficando entre as 50 faixas mais ouvidas no mundo todo ficando com a posição de número 32.

Jogando Sujo

Em uma pegada totalmente futurista e empoderamento, Ludmilla arrasa muito em “Jogando Sujo”.

O clipe com direção de Felipe Sassi, mostra a cantora como bombeira em uma São Paulo no futuro em 2073. O mundo está dominado pelas mulheres.

Um único homem aprece na produção. Se trata do belo ator Luis Coppini.

Segundo o diretor “Queria misturar o Pop com o cinema. Pensamos muito bem em cada cena, para que tivesse uma cara mais hollywoodiana. Não existia nenhum cenário que queríamos. Então, recriamos todas as locações em um galpão”.

Sobre o Single composto por Ludmilla junto à Umberto Tavares e Jefferson Jr, a cantora revela “A batida de ‘Jogando Sujo’ é muito boa, é um Pop Funk que não vai deixar ninguém parado. O clipe tem muita coreografia. Estou acompanhada de doze bailarinas, uma tropa só de mulheres”.

Porque Amamos Claudinha Leitte

Há um bom tempo podemos notar como Cláudia Leitte vem deixando sua marca e definindo sua personalidade artística. E o Me Gusta vai analisar os motivos que fazem nós amarmos Claudinha.

A apresentação da artista no The Voice, na Terça (17), se mostrou um ótimo momento para isso. A loira arrasou e muito com a faixa dm inglês “It’s Hurt So Bad” (conhecida na interpretação de Susan Tedeschi) em uma apresentação digna de uma Diva internacional.

Foto: Divulgação

Bem em início de carreira, ainda no Babado Novo, a cantora era frequentemente comparada com Ivete Sangalo. Quase todos diziam que Cláudia imitava o furacão baiano, que cantava de maneira similar, aproveitando as vozes parecidas das duas e o fato de cantarem Axé Music.

Claudia ao sair do Babado, mais uma vez sofreu dos mesmos comentários, ainda mais que assim como Ivete, saiu de um conjunto para se jogar em carreira solo. Veio também os boatos de richa sntres as cantoras.

A loira não se abalou e começou a fazer seu trabalho sem dar atenção desnecessária aos comentários e continuou conquistando seu espaço. Cada vez mais Cláudia mostrava que tinha sua própria personalidade, trazendo elementos novos ao seu belo Axé.

Foto: Rodolfo Magalhães

Vocalmente sua voz se aperfeiçoou e mais afinada ficou. Até que começou a cantar também em inglês e espanhol, e com nomes internacionais, criando suas músicas com muitos ritmos diferentes. Reggaeton, Pop, elementos eletrônios, Axé e até tema de Copa do Mundo. Se mostrou sempre Dona da Parada Toda.

Em resumo um dos motivos para a amarmos é sua versatilidade combinada com ousadia, muito trabalho e muita dedicação. Além claro de sua linda voz e como a cantora sabe usar muito bem seu instrumento vocal, sem desafinar e sem firulas desnecessárias.

Em sua apresentação no The Voice ela pegou os jurados se passando por candidata e encantou demais, tendo todas as cadeiras viradas por seus companheiros (Carlinhos Brown, Michel Teló, Lulu Santos e Ivete Sangalo).

Outro motivo que nos faz amar a artista é como ela soube mostrar que ela e Ivete não são rivais. A maneira foi simples, mostrar isso com naturalidade nos encontros das duas público e falando sobre só quando necessário.

Foto: Divulgação

Com a apresentação de Claudinha, ela mostrou que tem total domínio de sua voz e que técnica pode muito bem andar junto da emoção. Falo isso porque as vezes uma cantora não consegue muito demonstrar o que sente, pois isso é escondido pela técnica. Algo que com nossa arretada artista não acontece.

Ela também mostrou nesse dia que os artistas que passam pelo programa como técnicos são realmente mestres no que fazem e calou as bocas, de uma vez, dos que insistem em dizer que eles não sabem do que falam.

Durante a apresentação no The Voice Brasil 2018 – Foto: TV Globo

Concluindo os motivos de amarmos Cláudia Leitte, podemos dizer que ela é uma Diva dos palcos e que ela sabe transitar por todos os estilos como ninguém sem perder sua personalidade. Além disso todos amamos muito o repertório dela de cada disco, cada show.

Claudia Leitte ainda vai brilhar mais e mais e sem dúvida vai conquistar os povos do mundo todo com seu talento, seu carisma e sua luz própria que é tão especial e natural.

Apresentação disponível no site do G Show

Mariposas

Uma das melhores cantoras latinas dos últimos tempos, Paty Cantú lançou sua mistura de ritmos em “Mariposas”.

A música que mistura o Pop com Música Eletrônica com Cumbia Mexicana ganhou um clipe de visual moderno e muita sensualidade.

Neste trabalho a cantora teve muita inspiração na Cumbia Mexicana. A Cumbia é tocada em diversos países, cada um com sua maneira.

A artista explica “Estava trabalhando em Aruba, em Dezembro de 2016, quando a Cumbia não estava tão na moda quanto está agora, e saudade que eu senti de casa me inspirou a fazer algo que jamais havia pensado que fosse possível de produzir com minhas mãos e voz”.

Sobre o processo de composição Paty revela “Compus esta música em meio a muitas viagens durante as turnês fora de meu país, quando tive a oportunidade de observar meus companheiros latino-americanos mostrarem seu orgulho latino por suas raízes”.

Ela ainda completa “Eu tinha essa vontade de sair pelo mundo, não apenas dizendo que sou mexicana, mas também mostrando o momento em que me encontro como artista. ‘Mariposas’ fala de um amor caprichoso e diferente, mas também nos lembra que o amor deve ser sentido com as borboletas no estômago, a emoção e todo o leque de novas possibilidades que ele nos abre”.

Ioiô

Dilsinho chamou Ivete Sangalo para dar uma apimentada em seu Pagode em “Ioiô” e o resultado ficou incrível.

O lindo clipe foi gravado em Salvador, Bahia e usou como pano de fundo o mais que belo Farol da Barra, com direção de Bruno Fioravanti.

Dilsinho e Ivetinha interpretam um casal que vive uma história de amor cheia de idas e vindas, o famoso relacionamento ioiô.

Fotos: Bruno Carraf

O cantor revela “Só de ter a energia de Ivete com a gente, compartilhando não só música, mas experiência de vida, tenho certeza que vai ser um momento marcante na minha carreira. Tenho certeza que para ela também está sendo muito especial poder cantar e gravar essa música em casa. Estamos muito felizes com tudo que está acontecendo”.

Centavito

O Rei da Bachata Romeo Santos, no mês de seu aniversário de 37 anos nos deu de presente o belo clipe de “Centavito”.

A produção dirigida por Joaquín Cambre foi gravada parte na cidade do México e parte em Acapulco.

No vídeo vemos uma moeda com a assinatura de Romeo que gira em torno da vida de diversas pessoas, influenciando na sorte de cada um.

O single faz parte do CD “Golden” e seu clipe foi lançado um ano após o lançamento do álbum.

Zooted

Um dos mais recentes fenômenos da música é a cantora latina americana Becky G que vem com tudo em “Zooted”.

Com participação de French Montana e o astro Farruko, o clipe com direção de Daniel Martín mostra uma festa de arromba em casa pra lá de animada.

Foto: Emilio Sanchez

A produção foi gravada no bairro de Inglewood, onde a cantora cresceu e participaram do vídeo familiares de Beck G, o que torna o produto final mais espontâneo. Uma ótima sacada!

Bandida

Cléo vem com tudo e inspirada na obra prima “Tempos Modernos” de Charles Chaplin no clipe maneiro de “Bandida”.

O empoderado vídeo cheio de coreografia com direção de Leandro Lime, mostra a artista em uma fábrica de Cerveja liderando uma revolta junto às suas amigas de trabalho e elas causam muito, cheias de personalidade.

Foto: Caio Ciuccio

A ideia do diretor era mostrar que as atitudes não devem ser julgadas de maneiras diferentes por conta de gênero.

Fotos: Caio Ciuccio

No Instagram, Cléo escreveu “Ahh que felicidade que eu tô meu God! Espero que vocês curtam esse trabalho que foi feito com muito amor e carinho, com uma equipe foda que tá sempre do meu lado pro que der e vier”.

Un Poquito

Dois dos maiores nomes da música Latina se juntam em “Un Poquito”. Diego Torres e Carlos Vives mostram a afinidade que só grandes amigos tem e contagiam a todos.

No clipe gravado em Buenos Aires com direção de Rubén Martin, os dois lutam por uma vaga em uma audição de música e se interessam pela diretora, vivida pela atriz Natalie Pérez. Então, os amigos fazem de tudo para chamar a atenção dela.

Sobre a letra composta por Torres junto à Yadam González, o cantor conta “A letra fala que, neste mundo de abundância em que nos vendem que temos de ter tanto é de tudo, eu acredito que com apenas um pouco estamos bem e também somos felizes”.

Diego completa “É um Reggae com muito ritmo, delicioso para dançar, com uma letra muito, muito direta. Estamos em uma boa época para falar que vale a pena se apaixonar e viver plenamente um amor e poder acompanhar a vida de alguém e ter alguém que acompanhe sua vida”.