Live do Rouge

Hoje foi um dia muito importante para todos os fãs do grupo Rouge que celebrou através do “Chá Rouge” os 15 anos da formação do conjunto. Pelo Facebook e canal do You Tube da Sony Music Brasil aconteceu uma live com as 5 garotas mais amadas do país.

Logo de cara as meninas compartilharam a maior das novidades. A partir desta Sexta Feira todos os álbuns do Rouge estarão disponíveis nas plataformas digitais pela Sony.

Após a revelação as integrantes lembraram que isso e o retorno do grupo só foram possíveis através dos pedidos dos fãs e Aline disse “Nossos fãs são os melhores. Muito obrigada, muito obrigada”.

Karin lembrou que no dia 2 terá em São Paulo o último “Chá Rouge” que encerra essa primeira parte da comemoração dos 15 anos da formação da girl band e garantiu “Em 2018 a gente volta com um show novo e a gente está à mil, com as emoção a flor da pele”.

Fantine contou que hoje em dia a forma de fazer música e como o mercado está atualmente mudaram muito desde que encerraram as atividades do Rouge e que elas estão aprendendo tudo isso com a ajuda da Sony e de todos.

Elas revelaram que foram apenas 15 dias para ensaiar todo um show e Luciana contou sobre esse momento, “A gente veio de um sonho e é sempre bom sonhar alto”. Fantine completou dizendo que nos shows do Chá elas tiveram “a sensação de que o tempo não tinha parado” e que havia do público uma “onda de pureza e inocência”.

Li Martins revelou que no passado quase não participavam da criação dos shows e contou sobre a nova etapa do próximo ano, “Nossa expectativa é de participar dessa criação. A gente nunca teve a chance de acompanhar tudo”.

Elas contaram que os fãs fazem muitos pedidos, entre eles locais para shows, musicas novas e versões novas dos sucessos, e que elas tentam atender ao mauor número deles.

Sobre o que o Rouge pretende levar ao público de agora em diante, Fantine explica “Verdadeiros sentimentos. Mensagens alegres e de substância para atingir aos corações independente de rótulos, estilo e idade”.

Um fã perguntou para Luciana, que voltou ao grupo, após o ter deixado em 2003, se ela estava feliz e a resposta foi linda. ” Estou muito feliz. É importante que essa experiência seja feliz, se não não tem sentido”.


Destaque para o momento em que elas telefonaram para o fã Lucas de 20 anos que falou sobre o seu amor pelo Rouge e ganhou delas o direito de assistir ao show em São Paulo no dia 2 na faixa. E foi muito bonito ver todas elas emocionadas ao falarem com o rapaz.

No final da live, após a #RougeNaSony entrar em primeiro lugar no Trending Topics do Twitter, Karin aproveitou para falar do single novo “Bailando” que foi gravado na semana passada. Ela revelou que ainda não sabe se este será mesmo o nome da canção e que até o momento foi montada apenas a coreografia do refrão.

Para encerrar o Rouge cantou um de seus maiores sucessos “Hoje Eu Sei” com muita emoamor e amor.

Anúncios

Me Beija

A espera terminou! Sofia Oliveira e Dulce Maria lançaram o tão aguardado clipe de “Me Beija” e com certeza você vai se apaixonar por ele.

Como Dulce está gravando a novela “Papis Muy Padres” da Imagén TV não foi possível que as duas gravacem juntas. A parte da Mexicana foi rodada no México, enquanto Sofia gravou suas cenas em um resort em Salvador junto ao grupo Fit Dance. 

Lançado pela Warner Music, o single foi produzido por Umberto Tavares e Mãozinha e já está disponível em todas as plataformas digitais. 

Sofia conta “Nesse ano comecei a me descobrir mais, conquistei muitas coisas e com certeza o que aconteceu de melhor foi essa oportunidade de poder gravar com a Dulce, que eu acompanho desde muito pequena e tenho grande admiração. Espero muito que vocês gostem do clipe de Me Beija, tem uma pegada bem verão e fizemos tudo com muito carinho!”

As duas se conheceram em Abril quando a brasileira dividiu o palco com Dulce Maria em São Paulo ao cantarem juntas o tema “Antes Que Ver El Sol”.

Maravilhosa

Lindas, sexys e ousadas. Assim vemos as meninas do Ravena em seu novo vídeo de “Maravilhosa”, o delicioso hit com participação de Rany Money (do Cone Crew).

Produzido pela Movie3, o clipe ficou Impecável e visualmente muito lindo. A direção foi do mega talentoso Mess Santos que junto ao incrível fotógrafo Gustavo Arrais, na direção de arte, usaou jogos de luzes e sombras que deram um toque todo especial à produção. Assim como as meninas, Rany Monney arrasa no vídeo com todo seu talento.

Foto: Gustavo Arrais

Segundo Júlia “O clipe transmite muita sensação de liberdade, representa mulheres delicadas e ao mesmo tempo fortes. Além de retratar de forma crua a beleza de cada uma. Não é preciso muita coisa pra se sentir maravilhosa”.

Para Laís “Nesse clipe vestimos a camisa de uma mulher poderosa, que sabe o que quer, mesmo sem roupa nenhuma”. Por sua vez, Jackie diz “O clipe representa puramente a mulher como ela é independente da sua tribo ou estilo pessoal. A nudez desmistifica o que é considerado vulgar porque é como se fosse uma tela e você interpreta de acordo com a sua mente. Pode significar liberdade de ser quem somos e isso é ser maravilhosa”.

Sem dúvida este clipe é uma das coisas mais bonitas que eu já vi na música pop atual. Um trabalho primoroso e inesquecível.

Por Favor

Pitbull acaba de trazer as meninas do Fifth Harmony para o Reggaeton em espanhol no seu novo vídeo.

O clipe de ‘Por Favor’ é cheio de referências da cultura e vestimenta orientais e investe na sensualidade para dar um clima de sedução entre o cantor e uma japonesa.

As meninas do Fifth Harmony aparecem na produção em um cenário à parte.

Já de cara o vídeo nos dá a entender que teremos uma continuação deste. Lembrando que além desta versão toda em espanhol do Single há uma que mistura a língua com o inglês.

Me Gusta Entrevista : Jão

No dia 14 de Novembro, o Me Gusta teve o prazer de conversar com o cantor Jão na sede da Universal Music em São Paulo.

Ao chegar para a entrevista fui recebido com muita simpatia pelo cantor que ao me comprimentar me deu um abraçou bem forte e carinhoso. Ali já percebi o quanto Jão é gente boa e sabe lidar com o público.

Também percebi que ele é um cara um pouco tímido mas que quando se solta é muito desenvolto. Isso fez com que eu me identificasse com ele por ter também esta personalidade.

Jão me contou detalhes muito interessantes de sua carreira e você vai ficar por dentro de tudo que conversamos e se tornará ainda mais fã do cantor.

Música e Inspirações

A música apareceu na vida de Jão quando ele ainda era uma criança “mais esquisitinha assim”, segundo ele. Seus ídolos eram seus amigos, ainda que ele ainda não tivesse a noção exata do que significava ídolo.

Falando em inspiração, atualmente The Weekend é o artista que Jão admira pelo seu som, sua estética e por ser no palcoum cara que se entrega bastante e sem ser engessado.

You Tube e Universal Music

Aos 16 anos Jão começou no YouTube e fez um canal bem precário, porém não gostou do resultado e deixou isso de lado. Depois de um tempo viu que era o momento de voltar a produzir, já que curtia mais suas composições e se sentia mais seguro, pois era muito crítico em relação à qualidade.

Seu primeiro cover foi o da música “Bang” da Anitta. Jão era o único inscrito em seu canal, até que um dia um fã clube da cantora achou o vídeo e começou a divulgá-lo. Anitta inclusive chegou a elogiar a versão em entrevistas. A partir de então vieram vários vídeos de cover.

O sucesso do cover de “Medo Bobo” de Marília Mendonça no YouTube, chamou atenção de Pedro Dash que através do assessor de Jão, o convidou para conversar em sua produtora.

Foram aproximadamente 4 a 5 meses de negociações para Jão assinar o contrato com a gravadora Universal Music. Era medo do artista ficar enjaulado e perder a sua liberdade artística. Ao ver que isso não aconteceria e que teria uma estrutura boa e apoio para bancar suas ideias, fechou o contrato.

Foto: Vitor Manon

Processo de Composição

Na hora de compor o que mais influencia Jão são as suas vivências e as histórias de seus amigos. Festas, faculdade, conselhos amorosos, tudo isso pode ser transformado em canções.

O cantor tem a vibe de falar com a nossa geração, conversar com ela. É uma geração muitas vezes perdida e que precisa de diálogo.

Jão em certos momentos se força para sentar e compor. Mas em qualquer momento pode aparecer uma canção. Muitas nascem, por exemplo, debaixo do chuveiro.

O que mais Jão gosta é quando a letra vem em sua cabeça, junto com a melodia e em cinco minutos já tá pronta. Quando menos eles espera, já está pronta.

Singles “Álcool” e “Ressaca”

Jão lançou os seus dois singles “Álcool” e “Ressaca”. Ambos foram inspirados em seus amigos e festas em que se divertiram juntos.

“Álcool” foi composta a mais ou menos um ano e meio, tempo que ficou na gaveta até ser escolhida. Já “Ressaca” nasceu através de um palpite. No computador de um amigo tinha a palavra ‘ressaca’ que seria um nome forte para uma música e através disso e com inspiração nos momentos com amigos é que surgiu a letra.

Jão está “muito, muito feliz” com a repercussão e resultado das faixas. As pessoas vêm nitidamente que ele está muito feliz, que foi algo muito genuíno e feito com grande entrega. Sobre gravar os dois clipes, segundo o artista foi “Pauleira, tentava descansar e não dava”. Porém “o resultado ficou lindo”.

Dificuldades e Metas

Para Jão, a maior dificuldade que enfrenta é ser “um cara do Pop”, pois é um desafio, já que no Brasil não tem muita referência masculina neste estilo e há um nicho diferente onde ele não se encaixa. As pessoas geralmente esperam num cantor que ele seja Sertanejo Folk ou Funk.

A importância da música na vida do cantor é muito grande. A música o moldou e trouxe muitos ensinamentos. Jão disse “os Ídolos me criaram tanto quanto a família me criou”.

Como artista ele quer “chegar até aonde der e trabalhar muito até a última gota”.

Foto: Vitor Manon

Próximos Passos

E quais os próximos passos na carreira?

O cantor já está pensando nos próximos clipes e já tem alguns roteiros prematuros. Ele quer também fechar algumas parcerias e está fechando alguns shows.

Em breve Jão também lançará o seu primeiro EP ainda sem data definida e que segundo ele, será “o quanto antes possível”. O cantor está ansioso e com uma satisfação muito grande com o rumo de sua carreira.

Novos Artistas

Perguntei a Jão o que diria para os artistas que estão começando. Ele disse que é muito importante importante estudar e ver o quanto a carreira é difícil e descobrir como lidar com um pouco de medo de dar errado.

É um trabalho que requer dedicação total e se deve conhecer os cenários para assim ver o tipo de som que quer fazer e o mais genuíno possível. Também é importante despertar e ter um lado mais malicioso de mercado.

É muito gostoso ver o brilho nos olhos de Jão ao falar da carreira de cantor, sobre suas composições e a importância da música em sua vida.

Jão é o tipo de cantor que o Pop Nacional precisa. Talentoso, com canções muito boas e que trazem grande identificação com seu público, simpático, super afinado, com ótima presença de palco e muito receptivo.

Com fãs apaixonados e fiéis, com certeza o artista já está no caminho de ser um dos maiores e melhores cantores do Pop Brasileiro. E por que não, do mundo?

Com Jão após a entrevista

Entrevista e Texto por André Rossanez

Oi Sumido

Totalmente seduzente e muy caliente Dream team do Passinho acaba de lançar o vídeo de “Oi Sumido”.

Com direção de Rafael Dragaud, o clipe gravado no Vidigal no Rio de Janeiro mostra o amor em tempos de redes sociais.

Participaram da gravação com duração de um pouco mais de 12 horas, cerca de 30 pessoas (entre elas amigos). Vemos no clipe o ator Ícaro Silva, o cantor Matheus VK, a modelo plus size Juliana Andrade, o dançarino Wallace Coutinho, a bailarina Luana Bezerra e a drag Éder Ferrero , além da pequena Elis Mc.

O diretor conta “Rodamos o clipe no Vidigal porque é uma favela que tem muito significado para todos do grupo. Além da influência cultural que o lugar carrega, sua atmosfera charmosa era exatamente o que estávamos buscando”.

O roteiro foi feito por Joana Swan (codiretora) que mostrou na telinha a energia de uma festa de rua com muito estilo. A vocalista Lellêzinha brinca “A gente queria falar de amor de um jeito alegre e com humor. Quem nunca ficou na internet atrás de uma emoção?”. A partir desta ideia surgiu uma canção perfeita para se dançar a dois. “A música resume as emoções nos dias atuais. É quando a gente não aguenta mais e manda um Oi, Sumido”.

O figurino é assinado pela marca africana MaxHosa by Laduma e temos um painel da grafiteira Criola com 18 metros, que a partir de agora enfeita a comunidade do Vidigal. Uma mistura de cores que representa toda a diversidade do Brasil.

Com composição de Pedro Breder, Rafael Mike e Lellêzinha, o single tem uma batida pop latina com o ritmo dançante que só o Dream Team do Passinho tem.

Me Gusta Entrevista : Jehanne Saade

No dia 17 em São Paulo na sede da Universal Music conversei com a talentosa e muito simpática Jehanne Saade. Saiba tudo o que ela me contou nesta bela entrevista.

Ao chegar para a entrevista fui recebido com muito carinho por Jehanne com um belo sorriso e um abraço caloroso. A conversa foi muito dinâmica e era evidente o brilho no olhar da cantora ao falar de sua carreira e seu trabalho.

A Música

Aos 11 anos em Nova Friburgo, o pai de Jehanne a deu um violão e ela autodidata, aprendeu a tocar. Ela me contou que em sua casa sempre teve música e que ela teve acesso à filósofos, bailarinos e outros artistas.

A artista que também já fez teatro teve aulas de música com Wilton Prado e um dia ao sair de uma balada conheceu um hitmaker que depois apostou em seu talento.

Após uma crise pessoal e profissional, a cantora começou a escrever canções. “Era um momento muito meu”. E nesse cenário que sua primeira música nasceu. A letra era toda em Francês, uma língua que a trás uma memória afetiva muito grande.

Seu violão foi seu companheiro em um momento em que ela se sentia desestruturada, despedaçada. Um momento regressivo em que havia uma busca por algo que a fizesse sobreviver. Para Jehanne música é vida e pulsa no coração e transmite emoção.

Influências

Perguntei a Jehanne quais são suas influências na música. A artista admira o trabalho de Tiê, Malú Magalhães e Tulipa Ruiz que conversam com seu disco “Exótica”, Ana Carolina, Maria Gadú, se inspira na MPB, no Tropicalismo e em Baby do Brasil (que admira no palco e como artista e mulher) e no Pop que está muito presente em seu novo trabalho.

Para ela o Pop manifesta bem a feminilidade, que segundo ela, está presente em todo mundo independente de gênero, através da intuição, da sensibilidade e no jeito amoroso com as pessoas.

Um sonho de Jehanne como artista é compor com Nando Reis. “Sua fala permeia o lúdico infantil e o romântico”.

Foto: Fernanda Vasconvelos Gouyou

Acrobacia e Intrépida Trupe

Jehanne Saade fez aulas de acrobacia, além de fazer parte da companhia de teatro Intrépida Trupe. Perguntei a ela qual a influência dessas experiências em sua vida e em sua carreira.
Para ela a acrobacia foi “algo incrível”. Jehanne tinha dificuldade em se concentrar e estudar, e a acrobacia ajudou em ter disciplina. “Era um momento de criação e de expressão do corpo” e onde ela se sentia livre.

Participar da Intrépida Trupe, foi muito importante para seu trabalho. O teatro faz enxergar as peças por cima, além de ajudar como alicerce cênico no palco.

Morada

Além de morar no Brasil, nossa querida cantora morou na França, no Libano, na Suíça e na Venezuela. Eu quis saber como foi a experiência de morar fora e como isso refletiu em sua vida e carreira.

Sua estadia na Suíça foi bem difícil por morar com uma família muito regrada e onde a mulher “não pode isso, não pode aquilo”. Percebeu que tanto lá como no Libano, a mulher tem que cumprir normas e condultas, com pouco ou sem nenhum dinamismo e sem precisar ter idéias fixas.

Na Venezuela a mesma música é recebida de forma diferente do que no Brasil, porém a música é vista com a mesma emoção. Já na França os musicais influenciaram muito sua arte, assim como os clássicos infantis franceses (da coleção de sua tia).

Je Né Veux Plus

No álbum “Exótica” ganhamos de presente uma faixa em francês, a primeira composição de Jehanne e eu quis saber mais sobre esta canção.

Sua letra foi escrita junto à melodia criada ao violão em cima de uma base e em tons menores. Ainda com uma fala presa foi para ela, “um encontro de coração para restabelecer” seu ser. A estética dessa música é mais simbólica e tem uma pureza, sem uma forma exata.

Sobre o seu processo de composição no geral, Jehanne tenta encontrar uma palavra que se encaixa na melodia e em sua emoção.

Exótica

Perguntei também como foi o processo de gravação e escolha de repertório para o disco “Exótica”.

O álbum nasceu em um momento difícil e foi um processo duro, angustiante e de perseverança. Algo muito bonito foi que as filhas de Jehanne acompanharam as composições da mãe e viram o processo de formação dessas canções.

O processo de gravação foi demorado e preciso. Toda quinta feira, a cantora estava em estúdio e participou de todo o processo de gravação e produção. Ela dançava suas músicas para ter certeza de que elas estavam como gostaria.

Havia um medo da recepção das pessoas ao disco, mas Jehanne tinha certeza de que era preciso realizar o seu trabalho e que estava no caminho certo. Muita gente desacreditava, mas ela não desistiu e sabia que “todo o artista passa por isso”.

Divulgação de “Exotica”

Fuego

Não podíamos deixar de falar sobre o novo single de Jehanne Saade, “Fuego”.

A faixa foi composta de forma muito precisa. Sua letra ficou pronta em duas horas e foram feitas três versões, na qual uma foi escolhida.

Sempre foi um sonho de Jehanne gravar um clipe no Líbano e ela deu sorte de cair nas mãos certas de seu gerente artístico Miguel, que foi muito importante para a realização desse sonho e soube entender muito bem o que ela queria.

Esse single é mais alegre e reflete a felicidade em dançar para seu público e passar suas mensagens para as pessoas. Além de contar com elementos eletrônicos.

Seguir Em Frente

Será que em algum momento Jehanne pensou em desistir? Ela contou tudo para a gente.

Por vários momentos passou pela cabeça da cantora desistir, pois o meio artístico é muito difícil e muitas vezes se baseia no senso comum. Além disso falta a regularização da profissão e quanto mais informal for a profissão mais chances dela dar errado.

Porém ela lembrou que “quanto maior o risco, maior é o sucesso” e percebeu que se sentia melhor fazendo o que gostava e que acreditava no que fazia independente do resultado. E tudo isso, junto a sua intuição não a deixou desistir de seu sonho. A música a faz se sentir viva.

Próximos Passos

Para finalizar perguntei quais são os próximos passos da carreira de Jehanne.

O álbum “Exótica” foi pensado como musical e a cantora planeja levar o disco para o teatro em um projeto mais intimista. Uma realização pessoal.

Além disso a artista continuará a produzir o seu novo álbum e criar novas músicas com uma produção internacional, bem como procurar investidores.

Outro projeto é expor seus quadros com fotos inspiradas em “Exótica”. E claro apresentar suas canções ao vivo.

Jehanne Saade é daquelas artistas que sabem o que querem e que ama e muito a sua arte e a música. Ver, através de seu brilho no olhar, o como ser artista é importante em sua vida, nos inspira a seguir nossos sonhos e nunca desistirmos.

Tudo isso junto a sua linda voz, seu carisma e músicas incríveis com ótimas letras e arranjos, fazem dela uma cantora para lá de especial. O Me Gusta tem certeza de que ela será sucesso nacional e aposto minhas fichas de que ela vai também conquistar o mundo.

Com Jehanne Saade após a entrevista

Texto e entrevista por André Rossanez

Energia

O duo eletrônico Sofi Tukker nos apresenta mais um single. Desta vez, eles atacaram de música em Português, que reflete o amor dos dois pelo nosso país.

“Energia” tem um ritmo eufórico e envolto pelo sim do Charango, um instrumento tipicamente indiano.

A dupla conta “Com ‘Energia’ retomamos às nossas raízes como amantes da música brasileira. Essa música, como ‘Drinkie’ e ‘Matadora’, é uma colaboração com o poeta brasileiro Chacal. Esperamos que nossos fãs amém tanto quanto amamos fazê-la”. Para quem não sabe as duas faixas citadas por eles são em Português.

Sofi Tukker está bombando muito e atualmente está em fim de turnê com o duo eletrônico Odesza pelos Estados Unidos e Canadá.

Foto: Divulgação

Em 2018 a dupla estará nos festivais ‘Estéreo Picnic’ na Colômbia e ‘Lollapalooza’ no Brasil. Além disso no começo do ano farão turnê pela Europa.

Tu Novia

Como não amar Lali? Mais um single foi lançado no mundo todo e ele é simplesmente incrível, daqueles que ficam em nossa cabeça.

“Tu Novia” é bem Pop e a cantora aposta nas batidas eletrônicas e efeitos na voz. Tudo isso resulta em uma música contagiante e que com seu ritmo nos leva em sua frequência e nos faz viajar.

No dia 10 de Novembro, mesmo antes do lançamento, a argentina de surpresa cantou a nova faixa em seu show no estádio ‘Luna Park’ em Buenos Aires levando a #TuNovia ao Trending Tópicos mundial.

Lali revela “É uma música que brinca com a fantasia de ser solteira, com a sensação de fazer o que quer sem julgar, com a sinceridade de uma mulher em chamas, com humor e sem perder a ironia! Musicalmente, é um passo adiante para a batida, para a base e para a melodia. É renovação e busca para mim”.

O novo single foi composto por Lali, Peter Akselrad, Luis Burgio e Nando Movello com produção de 3Musica e estará no próximo projeto discográfico de Lali.

Dance

A cantora e atriz Sophia Abrahão lança nas plataformas digitais seu novo EP “Dance”.

Com três faixas produzidas por Bruno Costa, temos um trabalho Pop e dançante com direito a elementos eletrônicos que não vai deixar ninguém parado.

Dando uma ideia do que teremos neste trabalho, ‘Corre’ é bem sensual e com batidas eletrônicas tem uma batida gostosa e é digamos, safadinha na medida certa.

A faixa ‘Bom Demais’ mostra toda a potência vocal de Sophia e cheia de atitude representa a mulher decidida e que sabe muito bem o que quer, bancando seus desejos e vontades.

E claro a já conhecida ‘Rebola’ com participação do DJ mais que Top, Boss In Drama não podia ficar de fora. Mais uma música de muita atitude e que fala em ‘robolar’ e muito para conseguir reconquistar alguém após algumas digamos, mancadas.

Capa do EP

Para o Jornal O Globo, Sophia Abrahão contou “Agora, sou 100% dona do meu nariz, estou envolvida em cada parte do projeto, da composição à produção”.

É muito bom ouvir Sophia tão Pop e mostrando todo o seu talento e poder perceber como ela está mais madura vocalmente e como artista e mulher. A cantora encontrou seu caminho no Pop misturado com batidas eletrônicas e com certeza vai conquistar ainda mais fãs e ganhará ainda mais prestígio.

Ouça e se apaixone por ‘Dance’. Um EP para ouvir muitas e muitas vezes.