Xuchá, o Xou da Xuxa

Na madrugada de Sexta (2) para Sábado (3) tive uma das experiências mais emocionantes de minha vida. Realizei um dos meus maiores sonhos, o de assistir o show do maior ídolo da minha vida. Nada mais, nada menos do que minha eterna Rainha, a Xuxa!

Após ter feito apresentação no Rio de Janeiro foi a vez de São Paulo receber o ‘Xuchá’. Este nome faz referência à festa ‘Chá Da Alice’, no qual o show foi apresentado. Esta festa surgiu na cidade maravilhosa em 2009 através de Pablo Falcão e Pedro Nercessian e nela havia inspiração no tema do filme ‘Alice No País Das Maravilhas’ da Disney e com muita música pop nacional e internacional tocando enquanto artistas circenses se apresentavam. Com o tempo, em 2012 começaram a durante a festa apresentar show de artistas renomados. Passaram pelo palco da atração Preta Gil, Alinne Rosa, Kelly Key, Anitta e Ivete Sangalo. Após participar do show de Ivete, Xuxa foi convidada a ter seu próprio espetáculo.

“Assim como todas as manhãs em que foram ao ar o ‘Xou Da Xuxa’, nossa loira começou o show descendo da nave espacial e cantando ‘Amiguinha Xuxa’. Me lembro como se fosse ontem, eu cantarolando ‘Bom dia amiguinhos, já estou aqui’. Nunca imaginaria que eu veria esta descida da nave. Foi uma grande emoção, onde veio toda uma infância feliz na mente com uma artista que sempre me ensinou a não desistir dos meus sonhos.

A apresentação, que se tornará especial de fim de ano da Rede Record, fez o CitiBank Hall lotar e os fãs estavam muito animados e transmitindo muita energia positiva e alegria entre eles e para a própria apresentadora. Foi lindo ver todos cantando e dançando as coreografias de mega sucessos como ‘Festa Do Estica e Puxa’, ‘Brincar de Índio’, ‘Tindolelê’ e ‘Marquei Um X’. Destaque para o momento em que Xuxa cantou a música  ‘Canto de Paz’, que pelo pelos para mim foi um hino. Muito representativo a loira puxando o refrão após o fim da canção sem a parte instrumental e todos respondendo ao cantar de volta. Foi de arrepiar a cada pelo de meus braços.

Também não faltaram canções que vieram após o fim da ‘Era Xou Da Xuxa’. A super positiva ‘Tô De Bem Com A Vida’ que sempre me animou, ‘Planeta Xuxa’ que tocava no programa de mesmo nome e que resume o alto astral de Xuxa, ‘Giro Do Planeta’ que ao ritmo do funk, ritmo que a artista tanto ama agitou a todos e ‘Xuxaxé’ uma que eu amo de paixão e nunca imaginei que seria incluída, o que me fez delirar de tanta empolgação.

Não sou de chorar, mas após ela dizer sobre a diversidade do ser humano  e que ela deve ser respeitada, não consegui resistir e as lagrimas vieram a tona quando ela começou a interpretar ‘Arco Íris’. A letra desta sempre me remeteu a como a vida pode ser alegre, linda e colorida. Além disso era o principal tema do meu filme mais que favorito da filmografia de Xuxa, o ‘Super Xuxa Contra O Baixo Astral’. E claro que o maior hino que representa a ligação especial entre a loira e seus fãs, o inesquecível ‘Ilariê’ também não ficou de fora. Todos cantaram bem alto e dançaram a coreografia mais famosa, conhecida e decorada de todas.

A parte que mais me emocionou foi a última música de todas, ‘Lua De Cristal’. Antes de a cantar, muito emocionada, Xuxa agradeceu todos os fãs, disse que todo esse amor e carinho por ela eram coisas que no começo nunca imaginou, lembrou a importância daquele momento aos 53 anos de idade e como sempre fez frisou que não devemos desistir nunca de nossos sonhos e que eles sempre podem se tornar reais. Terminou a fala com sua frase mais famosa e marcante, ‘Querer, Poder e Conseguir’. Esta canção em particular é a minha favorita de todas e considero ela a música da minha vida. Ela me lembra sempre que tudo que a gente quer, a gente pode e que isso depende de nós além de sonharmos, irmos em busca das realizações com muita luta e se esforçando ao máximo, dando o melhor de si mesmo. Mais uma vez fui as lágrimas que só pararam de cair após minutos em que ela deixou o palco entrando naquela linda nave!

Este show foi simplesmente lindo. Foram escolhidas realmente as melhores e mais significativas músicas da discografia de Xuxa Meneghel. O cenário não podia ser mais que perfeito. Um grande telão atrás do palco onde lindas imagens eram transmitidas, além da famosa nave ao fundo mais a direita do palco e na frente do palco ao lado a réplica de doces gigantes como balas e bengalas. Para completar a viagem ao passado e à minha infância, também teve a presença dos personagens Praga e Dengue e obviamente das Paquitas e seu figurino divertido e belo. Fora as roupas da Rainha que eram lindas e alegres, acompanhadas de chapéus e de perucas que remetem aos penteados de Xuxa no final da década de 80 e começo da de 90. Foi simplesmente uma das maiores emoções da minha vida e nunca, nunca mesmo vou esquecer. Com muito orgulho, sou um eterno Baixinho da eterna Rainha dos Baixinhos!

 

OBS:

Três primeiras fotos – André Rossanez

Três últimas fotos – Manuella Scarpa (retiradas do Facebook de Xuxa)

Anúncios

Um comentário em “Xuchá, o Xou da Xuxa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s